Nos acompanhe

Paraíba

João Azevêdo abre 33° Salão do Artesanato em João Pessoa e destaca importância econômica do evento

Publicado

em

O governador João Azevêdo abriu, na tarde desta quarta-feira (12), na Orla de Cabo Branco, em João Pessoa, a 33ª edição do Salão do Artesanato Paraibano. Ao lado da primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Ana Maria Lins, o chefe do Executivo estadual percorreu todos os estandes e ressaltou a importância do evento como oportunidade de geração de renda. Desta quarta-feira até o próximo dia 6 de fevereiro, a expectativa é que passe pelo Salão um público estimado em 100 mil pessoas, gerando um volume de negócios em torno de R$ 1 milhão.

Nesta edição, o tema do Salão é “Toda Arte que Vem do Mar”, em homenagem às artesãs dos municípios de Pitimbu, Cabedelo e João Pessoa que trabalham com matérias-primas do ambiente-marinho, a exemplo de escamas de peixe e conchas de marisco. O evento, tradicionalmente realizado duas vezes ao ano – em janeiro, em João Pessoa; e, em Campina Grande, no mês de junho – já faz parte do calendário de eventos do Estado, sendo uma grande oportunidade de reunir a família e amigos, pois, além das peças artesanais, verdadeiras obras de arte, conta com o melhor da gastronomia e com diversas atrações culturais.

A abertura do evento foi prestigiada pelo prefeito Cícero Lucena e primeira-dama de João Pessoa, Lauremília Lucena, vice-prefeito Leo Bezerra, pelos deputados estaduais Wilson Filho – que representou a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) – Eduardo Carneiro e João Gonçalves,  assim como pelos deputados federais Julian Lemos e Wilson Santiago, além de prefeitos de vários municípios paraibanos e pela população.

João Azevêdo elogiou a qualidade do artesanato paraibano e destacou a importância do segmento na economia do Estado. “O nosso artesanato é um dos mais belos do Brasil e temos que realizar eventos para promover esse segmento ainda mais. Neste caso retomando o Salão presencial agora, mas desde 2019 que a gente vem realizando eventos importantes: o Salão de Campina Grande, foi o Salão aqui neste local, em 2020, e agora retomamos em 2022. Espero que esta seja uma grande oportunidade não apenas de divulgação, mas também de negócios, para que o artesão possa ter renda, possa ter melhoria na sua condição de vida”, disse.

Já a presidente de Honra do PAP, Ana Maria Lins, afirmou que o momento é de celebração. “Essa pandemia deixou a vida do artesão, da artesã, muito difícil, mesmo com o apoio dado pelo Governo do Estado. E essa retomada significa novas possibilidades, uma superação para esses guerreiros e guerreiras. Desejo a eles muito boa sorte”, comentou.

Por sua vez, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, enalteceu a parceria com o Governo do Estado na realização do Salão e destacou a importância do evento como um intercâmbio para os artesãos de João Pessoa. “A minha fala é no sentido de dar o meu testemunho e agradecer a oportunidade que a cidade de João Pessoa está tendo, não apenas de sediar este grande evento, mas por participar também a convite de Ana Maria Lins, do senhor. Eu tenho certeza de que essa oportunidade é a demonstração de quem tem a correta visão de suas atribuições”, completou, lembrando as ações adotadas em conjunto com o Estado para conter a pandemia e, assim, retomar as atividades presenciais.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, ressaltou que o Salão presencial oferece aos artesãos um grande momento, o contato com o público. “Essa retomada é muito importante. O próprio artesão estava sedento pelo feedback do cliente, olhando in loco uma peça, pedindo uma opinião. É um momento muito esperado e que agora se torna realidade. Agradecer ao governador João Azevêdo o estímulo e o envolvimento pessoal, à presidente de Honra do PAP, Ana Maria Lins, aos nossos parceiros e aos nossos artesãos e artesãs”, disse.

O deputado estadual Wilson Filho, representando a ALPB, falou da satisfação com o momento. “É um dia importante para o artesanato e para a cultura paraibana. Quero, em nome da Assembleia, incentivar. Agradecer ao governador João Azevêdo, aos que construíram esse espaço. Dificilmente se veem na iniciativa privada estandes tão bem cuidados, tão bem detalhados quanto estes, e agradecer aos artesãos e artesãs a oportunidade de apreciarmos tantas peças maravilhosas”, afirmou.

Já o deputado federal Julian Lemos destacou, em seu discurso, a capacidade administrativa do governador João Azevêdo. “Percebemos, governador, o quanto o senhor é um homem detalhista, gosta de fazer as coisas muito organizadas, e isso eu estendo à primeira-dama”, frisou.

Na solenidade de abertura do Salão, o governador João Azevêdo recebeu dos artesãos presentes de peça artesanais em agradecimento às ações do Governo do Estado a favor do segmento. Por sua vez, o chefe do Executivo estadual também distribuiu placas para homenagear cases de sucesso e lembrou que, de 2019 a 2021, foram distribuídos R$ 740 mil pelo Empreender-PB.

Falando em nome das artesãs homenageadas, Teresa Júlio, agradeceu o apoio do Governo do Estado na valorização da matéria-prima – escama de peixe – que antes era jogada fora. “Trabalho com escama de peixe há 15 anos, mas foi preciso que muitas mãos fossem dadas para a escama de peixe, a concha, o marisco chegassem aonde chegaram”, acrescentou, agradecendo pessoalmente ao governador João Azevêdo e à primeira-dama, Ana Maria Lins.

Prestigiaram ainda a abertura do 33° Salão do Artesanato o secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), pasta à qual o PAP é vinculado, Rômulo Polari; o secretário executivo do Empreender-PB, Fabrício Feitosa; o secretário de Estado da Cultura (Secult), Damião Ramos; a curadora do PAP, Janete Lins; a presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Naná Garcez; o secretário da Comunicação Institucional, Nonato Bandeira, entre outros auxiliares do Governo do Estado, além do diretor-técnico do Sebrae, um dos parceiros do evento, Luiz Amorim.

O Salão do Artesanato Paraibano é uma realização do Governo da Paraíba e do Sebrae-PB em parceria com o Empreender-PB; Empresa Paraibana de Comunicação (EPC); Companhia de Água e Esgotos da Paraíba  (Cagepa); Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB); Junta Comercial do Estado da Paraíba (Jucep); Procon-PB; Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc); Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep); Prefeitura Municipal de João Pessoa; e Arquidiocese da Paraíba.

Confira imagens:

 

Continue Lendo

Paraíba

Ômicron: Governo do Estado fecha o cerco e prepara medidas rígidas em novo decreto na Paraíba

Publicado

em

O avanço no número de infectados pela nova cepa do coronavírus na Paraíba tem preocupado as autoridades de Saúde do Estado. Na tarde de hoje, o secretário estadual de saúde, Geraldo Medeiros, admitiu a possibilidade de adoção de medidas mais rígidas a partir da próxima terça-feira.

Contudo, o secretário revelou, em entrevista ao Correio Debate, na tarde de hoje, que haverá reunião para definir novas regras com colegiado e o governador João Azevedo na segunda-feira. “Decidiremos, o colegiado junto com o governador, quais medidas serão adotadas para diminuir essa propagação do vírus”, ponderou Geraldo.

Para o secretário, o aumento de casos refletem as aglomerações que aconteceram nas festas de fim de ano e verão. “Esse reflexos são decorrentes de ações que uma parcela da população executou no final de dezembro e janeiro”, destacou.

O decreto estadual deve trazer novas regras para eventos, escolas, bares e restaurantes.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeita Fofinha de Bayeux já gastou mais de R$ 5,2 milhões apenas com apadrinhados na Prefeitura

Publicado

em

A prefeita Luciene de Fofinho (PDT), mais conhecida como ‘Fofinha de Bayeux’, gastou mais de R$ 5,2 milhões apenas com apadrinhados na Prefeitura de Bayeux nos sete primeiros meses de 2021, primeiro ano de seu mandato como gestora municipal.

De acordo com o Sistema Sagres, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), o valor exato gasto pela prefeita com comissionados, do mês de janeiro até julho de 2021, foi de R$ 5.264.992,19 (cinco milhões, duzentos e sessenta e quatro mil, novecentos e noventa e dois reais e dezenove centavos).

O número surpreende, uma vez que, segundo dados mais recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o município de Bayeux, em 2019, registrava que, quase metade da população municipal (43,2%) sobrevivia com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa.

Ainda de acordo com o IBGE, por causa dessa situação o município de Bayeux ocupava a posição 215 dentre os 223 localizados na Paraíba.

A surpresa também impera uma vez que a prefeita foi eleita ao adotar um discurso que prometia melhoria da qualidade de vida do povo que viveu, na gestão anterior, uma fase política marcada por escândalos e investigações por indícios de corrupção.

Caso seja mantida a média de gastos, o valor que deve ser registrado pelo Sistema Sagres deverá ser correspondente a um gasto mensal de cerca de R$ 752.141,00 que, nos cinco meses que faltam, resultará num total de mais R$ 3,7 milhões que, por sua vez, somado ao valor já pago de R$ 5.264.992,19 alcançará uma cifra pouco superior a R$ 9 milhões que teriam sido dedicados apenas ao pagamento de comissionados em um ano.

Confira os números:

Gestão ‘Fofinha de Bayeux’ – 2021:

Janeiro – R$ 603.005,94
Fevereiro – R$ 811.109,49
Março – R$ 621.571,21
Abril – R$ 833.670,63
Maio – R$ 802.859,75
Junho – R$ 787.341,83
Julho – R$ 805.433,34
Total- R$ 5.264.992,19

Confira imagens:

 

 

 

 

 

 

 

 

Continue Lendo

Paraíba

Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba registra, nesta sexta, 3.354 casos de Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta (28), 3.354 casos de Covid-19. Entre os casos confirmados neste boletim, 43 (1,28%) são moderados ou graves e 3.311 (98,72%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 490.428 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, já foram realizados 1.309.635 testes para diagnóstico da Covid-19.

Também foram confirmados 14 novos óbitos desde a última atualização, sete deles ocorridos nas últimas 24h. Com isso, o estado totaliza 9.686 mortes. O boletim registra ainda um total de 369.583 pacientes recuperados da doença.

* Dados oficiais preliminares (fonte: SI-PNI, e-SUS Notifica, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h, do dia 28/01/2022, sujeitos à alteração por parte dos municípios.

Óbitos
Até esta sexta, 222 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os óbitos divulgados neste boletim ocorreram entre os dias 13 e 28 de janeiro, sendo um em hospital privado, três em residência e os demais em hospitais públicos. As vítimas são 05 mulheres e 09 homens, com idades entre 50 e 104 anos, residentes dos municípios de Bayeux (1); Cabaceiras (1); Campina Grande (3); Esperança (1); João Pessoa (4); Mamanguape (1); Ouro Velho (1); Queimadas (1) e Rio Tinto (1). Cardiopatia foi a comorbidade mais frequente e três não tiveram comorbidades informadas.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no Sistema de Informação SI-PNI, a aplicação de 6.515.188 doses. Até o momento, 3.136.220 pessoas foram vacinadas com a primeira dose (77,27% do total) e 2.718.185 completaram os esquemas vacinais, o que representa 66,97% da população total do estado. Do total de vacinados com o esquema primário completo, 2.625.556 tomaram as duas doses e 92.629 utilizaram imunizante de dose única. Sobre as doses adicionais, foram aplicadas 17.030 em pessoas com alto grau de imunossupressão e 643.753 doses de reforço na população com idade a partir de 18 anos. A Paraíba já distribuiu um total de 6.721.063 doses de vacina aos municípios.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), em todo estado, é de 35%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 51%. Em Campina Grande, estão ocupados 22% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 52% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 38 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo 276 pacientes estão internos nas unidades de referência pra Covid-19.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Continue Lendo