Nos acompanhe

Paraíba

Opera Paraíba em Patos contabiliza a realização de 362 cirurgias de catarata

Publicado

em

O segundo mutirão do Programa Opera Paraíba em Patos terminou nessa terça-feira (23), depois de quatro dias seguidos de procedimentos, com a realização de 362 cirurgias de catarata em pacientes de 24 municípios da 6ª Região de Saúde do Estado. Estavam agendadas 400 cirurgias, mas 38 pessoas não realizaram o procedimento. Destas, seis faltaram no dia marcado e outros 32 pacientes estavam com seus exames alterados, o que impedia o procedimento, ou não apresentavam catarata, mas retinopatia, glaucoma ou pterígio.

No sábado (20), primeiro dia da ação, foram operados 90 pacientes. No domingo (21), mais 92 pessoas foram beneficiadas com a cirurgia de catarata. Na segunda-feira (22), outros 93 pacientes foram operados e, nessa terça-feira (23), quando foi encerrado o mutirão, mais 87 procedimentos foram realizados.

Os pacientes beneficiados com a ação foram encaminhados pela Central Estadual de Regulação, sob a supervisão da 6ª Gerência de Saúde. Além do procedimento cirúrgico, os pacientes também fizeram exames de ceratometria, biometria e fundoscopia. Os oftalmologistas Sidney Toscano, Manoel Frazão e Daniel Medeiros foram os médicos responsáveis pelos procedimentos deste mutirão, que contou com total apoio da equipe do Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro (CHRDJC), de Patos.

O diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, comemorou o sucesso da ação. “Realizamos todos os procedimentos sem nenhuma intercorrência e os que não foram feitos não dependeu da equipe, nem da unidade, de forma que só tenho a agradecer a todos os profissionais que se envolveram nesta ação que foi muito importante para essas 362 pessoas que foram beneficiadas e que agora têm mais qualidade de vida com a recuperação da visão”, disse o diretor.

“Foi uma ação excelente que fortaleceu ainda mais a parceria dos municípios e do Complexo Hospitalar de Patos com a Gerência Regional de Saúde. Não houve tumulto, não houve espera, todos os pacientes que vieram foram atendidos, em alguns momentos conseguimos até adiantar procedimentos, tamanha foi a organização e eficiência da equipe, e tudo aconteceu dentro do que era esperado. Os profissionais que atuaram estão de parabéns por terem realizado um Opera Paraíba que, de fato, cumpriu o seu papel e propósito”, disse a responsável pela 6ª Gerência Regional de Saúde, Liliane Sena.

Nestes quatro dias de mutirão, foram beneficiados pacientes das cidades de Areia de Baraúnas, Cacimba de Areia, Cacimbas, Catingueira, Condado, Desterro, Emas, Junco do Seridó, Mãe d’Água, Malta, Maturéia, Passagem, Patos, Quixaba, Salgadinho, Santa Luzia, Santa Teresinha, São José de Espinharas, São José do Bonfim, São José do Sabugi, São Mamede, Teixeira, Várzea e Vista Serrana. O Programa Opera Paraíba tem a meta de reduzir as filas de espera por cirurgias eletivas no Sistema Único de Saúde do Estado em um ano.

Continue Lendo

Brasil

João Azevêdo é escolhido por governadores como novo presidente do Consórcio Nordeste

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O governador da Paraíba, João Azevêdo, foi eleito, nesta quinta-feira (8), por unanimidade, presidente do Consórcio Nordeste para o ano de 2023. A escolha ocorreu durante encontro virtual entre os gestores da região, ocasião em que foi destacada a importância da entidade para a tomada de decisões que tem fortalecido o desenvolvimento regional e as políticas públicas sociais.

João Azevêdo agradeceu a confiança dos demais governadores e assegurou muito empenho para dar continuidade ao trabalho conjunto dos estados voltado ao crescimento da região. “Para mim será uma honra presidir o Consórcio em 2023, em um momento tão importante para o país. Nós sempre tivemos uma gestão compartilhada, com as decisões colegiadas e vamos manter as pautas em discussão com todos os governadores em reuniões permanentes. O Nordeste tem um papel político e administrativo muito importante e parabenizo Paulo Câmara, Rui Costa e Wellington Dias pelo trabalho, consolidando o Consórcio como ferramenta de planejamento e vamos dar continuidade ao que vem sendo construído e agradeço a confiança de todos”, frisou.

O governador de Pernambuco e atual presidente do Consórcio Nordeste, Paulo Câmara, fez uma balanço positivo de sua gestão e destacou a importância da entidade para o desenvolvimento regional. “O Consórcio Nordeste desenvolve um papel essencial e representa um forte aliado dos governantes dos estados, contribuindo para o desenvolvimento equitativo da nossa região, a partir de uma missão integrada e de cooperação entre os nove estados, sempre com união, buscando melhorias para a população nordestina. Tivemos a oportunidade de firmar acordos de cooperação com países europeus, avançarmos em áreas estratégicas dentro das câmaras temáticas, a exemplo da ciência, tecnologia e inovação, ações sociais, enfrentamento da pandemia com a menor taxa de letalidade da Covid-19, além do foco no turismo, meio ambiente, energias renováveis, agricultura familiar, no campo diplomático tornando a entidade consolidada e seguiremos trilhando o caminho do desenvolvimento e do respeito, tendo o nosso Consórcio muito bem representando pela Paraíba”, comentou.

A reunião virtual que decidiu pela escolha do governador João Azevêdo como futuro presidente do Consórcio Nordeste também contou com a participação dos governadores Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte); Carlos Brandão (Maranhão); Regina Sousa (Piauí); Belivaldo Chagas (Piauí); Izolda Cela (Ceará); Paulo Dantas (Alagoas); além do governador eleito de Sergipe, Fábio Mitidieri. O governador da Bahia, Rui Costa, também manifestou seu voto favorável pela escolha do governador da Paraíba.

Continue Lendo

Paraíba

Adriano Galdino reforça importância da união entre Estado e municípios para fortalecimento do SUS 

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino, ministrou palestra, nesta quarta-feira (07), no VII Seminário Gilson Carvalho sobre emendas parlamentares e alocação de recursos considerando prioridades regionais e macrorregionais de saúde.

O evento, realizado pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB), aconteceu Pérola Recepções em Cabedelo-PB e este ano teve como tema “O processo de Regionalização e Governança no SUS no estado da Paraíba”.

Na oportunidade, Adriano afirmou que o COSEMS se constitui em importante espaço político no processo de construção do Sistema Único de Saúde (SUS), na medida em que representa e defende interesses loco-regionais de saúde onde ocorrem pactuações e projetos em disputa e, ganha legitimidade como força política capaz de agregação e representação do conjunto de todas as secretarias municipais de saúde nos 223 municípios da Paraíba;

Adriano também destacou a importância da união e parcerias entre o Conselho Nacional de Secretarias Muncipais de Saúde (Conasems), a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB), e os municípios paraibanos, por meio do COSEMS-PB, para o apoio e fortalecimento da gestão e atenção à saúde, bem como dos processos de pactuação e de qualificação da gestão do SUS na Paraíba.

De acordo com a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, o Conselho vem realizando o Seminário Gilson Carvalho desde 2014 com o objetivo de buscar a qualificação da Gestão do SUS na Paraíba e proporcionar discussões técnicas e políticas sobre os avanços e desafios na Política de Saúde.

“O evento teve por objetivo qualificar os gestores municipais e desenvolver competências técnicas para fortalecer o processo de Regionalização e Governança no SUS no estado da Paraíba”, pontuou Soraya Galdino.

Continue Lendo

Paraíba

Doulas participam de capacitação e retomam atividades no Instituto Cândida Vargas

Publicado

em

Por

Redação do Portal da Capital

Para oferecer um parto mais humanizado, o Instituto Cândida Vargas (ICV), administrado pela Prefeitura de João Pessoa, realizou uma capacitação com as doulas no seu Centro de Estudos. A atividade, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (07), marcou o retorno do Programa de Doulas Voluntárias no ICV, que por causa da Covid-19 não estava sendo realizado.

O diretor-geral do ICV, Quintino Régis, ressaltou que o momento é de alegria, pois as profissionais são importantes para a humanização do parto. “O objetivo desse momento é iniciar o curso de atualização de doulas, para que elas vejam as evidências atuais, se atualizam de acordo com as normas e rotinas da instituição. Realmente, o objetivo é ter um nivelamento”, destacou.

A importância das doulas na maternidade é promover apoio físico e emocional às mulheres, reduzindo as taxas de cesarianas, aumentando a sensação de satisfação, fazendo as mulheres se sentirem apoiadas. “A atuação dessas profissionais no SUS possibilitará às mulheres que vivenciam o ciclo gravídico puerperal o cuidado em saúde, proporcionando maior satisfação com a experiência de parto e nascimento, bem como colaborando para a melhora de indicadores como a redução das cesáreas e aumento da frequência da amamentação na primeira hora de vida”, contou a coordenadora das doulas do ICV, Bruna Grasiele Nascimento.

Segundo a diretora médica do ICV, Juliana Soares, as mulheres com suporte de doula têm menor probabilidade de cesarianas não indicadas do que aquelas que não tinham uma profissional do tipo, bem como aquelas que desejavam, mas não tinham apoio à doula. “Em uma meta-análise de ensaios clínicos randomizados, as mulheres que receberam apoio contínuo ao trabalho de parto relataram maior satisfação, tiveram taxas mais altas de parto vaginal espontâneo, pontuações mais altas de Apgar infantil, trabalhos de parto mais curtos e taxas mais baixas de anestesia regional, por exemplo, epidural,  parto cesariana e fórceps”, disse.

Na próxima segunda (12) e terça-feira (13), será ministrado o segundo módulo da atualização. A previsão é que a capacitação finalize em janeiro, com a apresentação do sexto módulo. Segundo a coordenação de doulas, as profissionais voltarão a atuar no parto após a conclusão da capacitação.

De acordo com o diretor administrativo da maternidade, Marcelo Melo, as doulas exercem um papel fundamental dentro do ICV, fortalecendo o parto humanizado. “Ter as doulas na maternidade é ter um olhar social no momento especial da mãe e da família”, contou.

Ouvindo atenta aos ensinamentos da palestrante, a doula Mariana Sanfer recebeu informações sobre a atuação no cadastro de doulas, termo de voluntariado, normas e rotinas da maternidade. “Esse momento é importante, pois reuniu as doulas novamente, onde elas puderam se comunicar. Ter esse momento de humanização novamente na maternidade é fundamental. Estamos com muita força de vontade para oferecer o serviço humanizado”, disse.

Doulas – Palavra que vem do grego e significa “mulher que serve”. Essas profissionais trabalham no suporte físico e emocional de outras mulheres antes, durante e depois do parto.

Antes do parto, a doula conversa com a gestante e o acompanhante, buscando esclarecer todas as dúvidas em relação à gestação, trabalho de parto, o parto, a amamentação e o pós-parto. Durante o parto, a doula fica o tempo todo se comunicando com a equipe e apoiando os desejos da futura mãe. O momento de chamar a doula será decidido pela gestante.

Continue Lendo