Nos acompanhe

Paraíba

Eliza Virgínia celebra vitória judicial contra PSOL

Publicado

em

A vereadora Eliza Virgínia (PP) usou a tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na sessão ordinária desta quinta-feira (14), para registrar sua felicidade porque o juiz da 70° Zona Eleitoral, Onaldo Queiroga, julgou improcedente a ação movida pelo PSOL, que pedia a cassação do seu mandato, por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2020. Na ação, o PSOL acusou Eliza de distribuir cestas básicas para pessoas carentes, em troca de votos e de beneficiar o segmento gospel com o auxílio emergencial do Governo Federal.

De acordo com a vereadora, na decisão, o magistrado entendeu que as acusações do partido não têm a menor procedência. “Segundo o juiz, ‘as provas carreadas aos autos demonstram que os fatos narrados na peça vestibular não têm a menor procedência. A documentação e prova testemunhal, colhida em audiência de instrução e julgamento, demonstram claramente que a investigada não praticou os atos de abuso de poder político e econômico descritos na peça inicial’”, destacou a vereadora, lendo parte da sentença do magistrado.

“Não poderia deixar de registrar minha segunda vitória contra o pessoal da esquerda, mais especificamente do PSOL, que tenta tirar meu mandato no tapetão. Não têm voto e ficam querendo desmerecer nosso mandato. O PSOL já falou que eu incentivo a pedofilia e o tráfico humano por não concordar com a ideologia de gênero nas escolas. Tentam, mas não conseguem porque eu não sou forte, mas forte é o que está em mim”, ressaltou. A vereadora desatacou que essa é a segunda tentativa de retirarem seu mandato. Segundo ela, o procurador do trabalho Eduardo Varandas denunciou-a por infidelidade partidária e a ação não foi acatada pelo Ministério Público Eleitoral (PMFE).

A parlamentar leu mais uma parte da sentença de Onaldo Queiroga: “Observa-se que as testemunhas informaram que tomaram conhecimento da do Projeto de Lei no 2180/2020, aprovado no âmbito da Câmara Municipal, onde indicam que a investigada falava sobre o benefício da citada lei, mas não se atendo apenas ao setor gospel, e sim, com relação a todos os setores musicais, bem como também explicitaram que a investigada não beneficiou com essa divulgação, no tocante específico de angariar votos para si” leu a vereadora.

Ela enfatizou que sobre a denúncia de uso eleitoreiro do auxílio emergencial, o juiz destacou que não ficou comprovada a ligação entre os beneficiados com auxílio emergencial pois não há nos autos qualquer prova que embase a procedência da ação. “A verdade sempre prevalece. Quero expressar e externar minha alegria pela vitória e triunfo contra os que querem retirar meu mandato. Graças a Deus. Aleluia!”, declarou.

Vereadora comenta vídeo da internet

Ainda nesse pronunciamento, a vereadora abordou um vídeo que viralizou na internet e dispensou apoio a agentes militares que durante uma ronda foram agredidos por uma mulher que joga cerveja na viatura e no rosto de um deles. “Foi errada a atitude dessa mulher e ela foi presa por resistência, desacato e injúria. Bem merecida a prisão dessa mulher que agiu como um vagabundo. Ser mulher não dá direito a ela de cometer atos criminosos”, asseverou a vereadora, que completou seu comentário alegando que as feministas estavam muito mais preocupadas em defender a libertinagem e a liberação sexual.

Continue Lendo

Paraíba

Outubro Rosa: Procon de Cabedelo divulga pesquisa de preços em clínicas e policlínicas locais

Publicado

em

O Procon de Cabedelo realizou, nessa segunda-feira (18), uma pesquisa de preço em clínicas e policlínicas do município em alusão a campanha “Outubro Rosa”. O levantamento buscou verificar os valores que estão sendo praticados em exames clínicos referentes à saúde da mulher.

Os preços dos referidos exames variaram de R$ 30,00 até R$ 150,00 nas clinicas e policlínicas de Cabedelo, no pagamento à vista. Dos estabelecimentos visitados, o único a oferecer a opção de pagamento com cartão de crédito foi a Policlínica Bem Estar.

“É importante sempre ressaltarmos que, em virtude da pandemia da Covid-19, recomenda-se, ao sair de casa, o uso da máscara, a higienização das mãos com água e sabão e o respeito ao distanciamento social.”, pontuou o secretário geral, Jeremias Dornelas.

Para esclarecer dúvidas e realizar denúncias, o consumidor pode acionar o Procon de Cabedelo através do canal de atendimento 151, que funciona em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Continue Lendo

Paraíba

Bruno Farias diz “Não” à PEC 5/21 que muda a composição do Conselho Nacional do Ministério Público

Publicado

em

O vereador Bruno Farias (Cidadania) subiu à tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa, na manhã desta terça-feira (19), para prestar solidariedade ao Ministério Público e se posicionar contra a Pec 05/21, que pretende mudar a composição do Conselho Nacional do Ministério Público, de forma que o próprio Congresso Nacional possa indicar o corregedor do MP.

Para Bruno, essa é uma tentativa clara de barrar a força do MP, uma instituição que, nos últimos anos, alcançou, junto à sociedade brasileira, a marca da credibilidade e da confiança. “Poucas instituições em nosso País tem o respeito e a confiança do povo brasileiro como o nosso MP, que é formado por pessoas dignas, com o compromisso de defender o interesse público, o interesse coletivo e os direitos difusos”.

Na visão do parlamentar, há, na sociedade, uma tentativa de interferência indevida na independência e na autonomia do MP no Brasil. “Quando o meio ambiente é ameaçado, quem barra é o MP; quando as crianças, as mulheres, os negros, os índios, a população LGBTQIA+ e pessoas em situação de vulnerabilidade são ameaçados, quem barra é o MP; quando a democracia é vilipendiada quem barra é o MP; quando colocam a mão nos recursos públicos, quem barra é o Ministério Público. E eu pergunto: A quem interessa barrar o MP? Que interesses são esses que pretendem colocar freios numa instituição reconhecidamente respeitada por todo povo brasileiro e que se põe como protagonista no combate à corrupção em nosso País?” questiona.

O vereador finaliza afirmando que não é possível que o Congresso Nacional indique quem vá fiscalizar o MP. “Essa é uma tentativa clara de cerceamento, de querer intimidar a autonomia dos representantes do Parquet. A todos eles, a minha solidariedade e a minha luta”.

Continue Lendo

Paraíba

De olho nas eleições de 2022: MDB reúne cúpula na próxima sexta-feira em João Pessoa

Publicado

em

A cúpula estadual do MDB na Paraíba emitiu convite oficial para que todos os integrantes da Comissão Estadual, bem como as presidências do JMDB e do MDB Mulher para participarem de uma reunião a ser realizada na próxima sexta-feira (22), na sede do partido, localizado no município de João Pessoa, Capital da Paraíba.

O convite foi feito por ordem do presidente estadual da sigla, senador Veneziano Vital do Rêgo, que também é vice-presidente do Senado, em Brasília, e marido da secretária Estadual de Articulação e Desenvolvimento Social, Ana Cláudia Vital que, por sua vez, foi pivô de um imbróglio político com o governador João Azevêdo (Cidadania) por não ter sido convidada para compor a mesa de honra durante entrega de um pacote de obras da gestão Estadual em Campina Grande.

Leia também: Veneziano e Ana Cláudia entram em ‘rota de colisão’ com João Azevêdo em Campina Grande

Leia também: Secretária Estadual Ana Cláudia não comparece à reunião convocada por Azevêdo após polêmica em CG

De acordo com informações que circulam nos bastidores da política, além de assuntos administrativos, a Presidência do MDB também deverá decidir se permanece como sigla aliada ao projeto de reeleição do governador Azevêdo ou se assume rompimento político com a gestão Estadual com vistas às Eleições 2022.

Confira imagem:

Continue Lendo