Nos acompanhe

Paraíba

Com contas reprovadas e débito de R$ 732 mil, Pollyana Dutra diz que TCE deturpa informação

Publicado

em

Chateada. A ex prefeita de Pombal, atualmente deputada estadual Pollyana Dutra, não recebeu nada bem a informação de que teve as contas reprovadas pelo TCE apontando como principais irregularidades a devolução junto ao Governo Federal de recursos de convênios gastos, e não comprovados, ressarcidos com recursos próprios, bem como diferença a menor no recolhimento de contribuições previdenciárias junto ao INSS, que acarretaram à ex prefeita o débito de mais de R$ 732 mil aos cofres púbicos.

Em contato com o RádioBlog, a ex prefeita disse que a informação divulgada pela própria Corte de Contas aos veículos de comunicação na Paraíba não corresponde com a verdade e teria sido deturpada.

Com a infeliz declaração, a ex prefeita se aproxima da mesma prática recorrentemente usada pelo presidente Jair Bolsonaro, quando insatisfeito pelas críticas e registros de seus mais absurdos atos, tenta rebaixar o trabalho da imprensa, sobretudo quando a notícia não agrada a seus interesses e passa a propagar ou dizer que é ‘Fake News’ publicações que evidenciam suas condutas irregulares em atos pretéritos.

Leia também

Atuação curiosa de conselheiro do TCE-PB durante sessão chama atenção e viraliza nas redes sociais

Entenda o caso

O Tribunal de Contas do Estado em sessão ordinária nesta 4ª feira (13), rejeitou as contas da Prefeitura de Pombal, na gestão do ex-prefeita Pollyanna Werton Dutra (proc. 05802/17), apontando como principais irregularidades a devolução junto ao Governo Federal de recursos de convênios gastos, e não comprovados, ressarcidos com recursos próprios, bem como diferença a menor no recolhimento de contribuições previdenciárias junto ao INSS.

O Pleno, à unanimidade, acompanhou o voto do relator, conselheiro Arnóbio Alves Viana, que na decisão imputou um débito no montante de R$ 732.775 mil à ex-prefeita, referente a despesas não comprovadas.

Consta nos autos que o Ministério do Turismo repassou os recursos por meio de convênio para a contratação de bandas e realização de carnaval fora de época em 2010, no entanto, verificou-se que os recursos não foram aplicados e devolvidos com receitas do município. Apontou ainda uma diferença no valor de R$ 11.616 mil na contabilização dos repasses à Previdência. Cabe recurso.

Em direito de resposta a assessoria de imprensa da deputada enviou o seguinte documento: Clique aqui.

Continue Lendo

Paraíba

“O que o Governo não deve fazer é aumentar impostos”, diz Efraim sobre crise econômica no Brasil

Publicado

em

O deputado federal paraibano Efraim Filho, ao analisar o cenário da grave crise econômica na qual o país inteiro está mergulhado, afirmou que este não é um momento ideal para aumento de impostos, mas, sim de diminuí-los.

Efraim afirma que só a partir da diminuição de impostos será possível proporcionar condições ideais para que empresas e empregadores tenham mais condições de manter os seus respectivos colaboradores empregados.

“Em momentos de crise econômica, quando o Governo arrecada menos do que deveria, o que o Governo não deve fazer é aumentar impostos, ele deve desonerar.
Com a desoneração, as empresas vão ter mais condições de se recuperar e manter os empregos”, disse Efraim.

Inflação

Recentemente, dados do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), confirmava, numa prévia, o aceleramento da inflação oficial para 1,14% no mês de setembro, configurando a maior taxa para o mês desde o início do Plano Real, em 1994.

Leia também: Prévia da inflação sobe 1,14% em setembro e chega a 10,05% em 12 meses

Leia também: Crise econômica: Brasil registra maior índice de inflação para o mês de agosto dos últimos 21 anos

Com o resultado de setembro, a prévia da inflação chegou a 10,05% no acumulado de 12 meses. Ou seja, ultrapassa a marca de dois dígitos.

Ainda no mês de agosto o Brasil chegou a registrar o maior índice de inflação dos últimos 21 anos.

Continue Lendo

Paraíba

Cabo Gilberto é impedido de entrar na Assembleia e participa de Sessão em banquinho na praça

Publicado

em

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva foi impedido de entrar na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na manhã desta terça-feira (19) e decidiu participar da Sessão sentado em um banquinho instalado na Praça dos Três Poderes.

O parlamentar, que só tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 há poucos dias, apresentou um teste negativo para o vírus da Covid-19, mas, só poderá se fazer presente no Plenário da Casa de Epitácio Pessoa, após tomar a segunda dose do imunizante ou se houver uma votação e, por maioria, for autorizada a entrada do deputado na Assembleia.

Confira imagem:

Leia também: Vacinado: Cabo Gilberto emite documento e cobra retorno imediato das sessões presenciais na ALPB

Cabo Gilberto Silva, mesmo do banquinho da praça, participando da sessão de modo remoto (online) pediu uma ‘Questão de Ordem’, mas, teve o pedido negado pelo presidente da Casa, deputado estadual Adriano Galdino (PSB), que considerou o assunto prejudicado e decidiu seguir adiante com a realização da Sessão normalmente.

Leia também: Cabo Gilberto continua proibido de entrar na Assembleia Legislativa mesmo estando vacinado

“É um assunto já vencido e espero que esse assunto não volte mais à Casa de Epitácio Pessoa”, enfatizou o presidente Adriano Galdino.

O Cabo Gilberto, por sua vez, acusou o presidente Adriano Galdino de persegui-lo publicamente.

Confira áudio:

 

Continue Lendo

Paraíba

Gervásio Maia solicita intensificação de medidas de segurança em Belém do Brejo do Cruz

Publicado

em

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) solicitou ao comandante geral da Polícia Militar da Paraíba (`PMPB), cel Euller Chaves, a intensificação de medidas de Segurança Pública em Belém do Brejo do Cruz.

De acordo com o parlamentar, a população desta região vem sofrendo diuturnamente com um aumento substancial de uma onda de assaltos.

Gervásio Maia recebeu a denúncia vinda dos prórios moradores de Belém do Brejo do Cruz e confiou a resolução do problema à PMPB.

“Confiamos nas forças de Segurança da Paraíba para resolver esse problema com a urgência que a situação pede”, enfatizou o deputado federal.

Mataraca

Gervásio Maia participou recentemente de uma Audiência Pública para discutir a instalação do Porto de Águas Profundas de Mataraca.

O parlamentar, que estava ao lado do prefeito Egberto Madruga (PSB), do deputado estadual Buba Germano (PSB) e de diversas outras autoridades e lideranças políticas da Região, afirmou se tratar de uma obra de extrema importância para o Estado que vai gerar milhares de empregos e desenvolver toda a Região.

“O projeto do Porto de aÁguas Profundas terá capacidade para receber até oito navios de forma simultânea, em uma área de 2.120 metros de atracagem”, frisou o deputado federal paraibano.

Continue Lendo