Nos acompanhe

Brasil

Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro para ser ministro da Casa Civil

Publicado

em

Presidente do PP, o senador Ciro Nogueira (PI) aceitou o convite de Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Casa Civil.

O anúncio foi feito pelo parlamentar no Twitter.

“Acabo de aceitar o honroso convite para assumir a chefia da Casa Civil, feito pelo presidente Jair Bolsonaro”, escreveu Ciro. “Peço a proteção de Deus para cumprir esse desafio da melhor forma que eu puder, com empenho e dedicação em busca do equilíbrio e dos avanços de que nosso país necessita”.

Pouco mais de dois anos depois, o discurso mudou radicalmente. “Eu nasci de lá [do centrão]”, afirmou Bolsonaro nesta quinta-feira (22), também em entrevista. “Eu sou do centrão.”

A aproximação do chefe do Executivo com o centrão ocorre em um momento de extrema fragilidade do governo, quando Bolsonaro se vê ameaçado por mais de cem pedidos de impeachment e pelo avanço da CPI da Covid, que tem jogado luz sobre supostos casos de corrupção na gestão.

Além disso, o presidente vem assistindo a uma escalada de impopularidade.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), hoje seu principal adversário, ampliou vantagem nas intenções de voto para 2022 e cravou 58% a 31% no 2º turno, segundo o mais recente Datafolha.

Para levar Ciro Nogueira para o governo, Bolsonaro teve de deslocar o general Luiz Eduardo Ramos para a Secretaria-Geral, e o atual titular da pasta, Onyx Lorenzoni, para o Ministério do Emprego e da Previdência, que será recriado a partir de um esvaziamento do Ministério da Economia, a superpasta de Paulo Guedes.

Continue Lendo

Brasil

Video: Senadores trocam “afagos” na CPI da Covid: “vagabundo é tu, ladrão, picareta”

Publicado

em

Debate acalorado e briga entre os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), relator da cúpula, e Jorginho Mello (PL-SC) marcou sessão da manhã desta quinta-feira (23) da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

Enquanto Renan Calheiros criticava as escolhas do governo de Jair Bolsonaro na compra de vacinas contra covid-19, quando foi interrompido por Mello. “Vá lavar a boca para falar do Luciano [Hang, dono da Havan], um empresário decente e um homem honrado”, disse.

Renan chamou o senador de “vagabundo”. Em seguida, houve troca de ofensas e os dois quase se agrediram fisicamente. A TV Senado cortou, momentaneamente, o áudio da sessão.

Confira trecho

O relator da CPI da Covid levantou da sua cadeira e foi em direção à Jorginho. Os dois senadores tiveram que ser contidos por outros parlamentares.

Após os ânimos baixarem, o presidente da CPI, Omar Aziz, retomou a sessão, pedindo que os parlamentares retirassem as palavras que foram ditas durante a discussão.

 

Continue Lendo

Brasil

Deputado debate sobre desoneração da folha de pagamento e critica aumento da carga tributária

Publicado

em

O deputado federal Efraim Filho concedeu entrevista à Rádio Bandeirantes, na manhã de hoje, sobre Desoneração da Folha de Pagamento e defendeu não só estratégias para manter os atuais empregos registrados no país como gerar novos postos de trabalho.

“São pais e mães de família que precisam do setor produtivo para colocar pão nas mesas de casa. É uma ação equivocada do Governo extinguir esse benefício pensando em arrecadar mais. Não é hora de pensar em aumentar impostos, aumentar carga tributária ”, defendeu Efraim.

Confira publicação

 

Continue Lendo

Brasil

Aguinaldo Ribeiro vota a favor da obrigatoriedade da Língua Espanhola nas escolas brasileiras

Publicado

em

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) afirmou que votará a favor do Projeto de Lei 3849/2019 que tem objetivo de tornar obrigatório o ensino de Língua Espanhola nas escolas brasileiras.

Em publicação nas redes sociais, Aguinaldo garantiu: “Votarei SIM no PL 3849/2019 que dispõe sobre a obrigatoriedade do ensino da língua espanhola nas escolas brasileiras, para que professores e estudantes possam garantir mais conhecimento e oportunidades.”

Confira publicação

Continue Lendo