Nos acompanhe

Paraíba

Coronavirus: Vacinação do SUS no Cariri da Paraiba é destaque na National Geographic

Publicado

em

“Boa noite, quem é? Eu não sei ler.” Essa foi a resposta que chegou por áudio no meu Whatsapp – vinha do Brasil rural para o Brasil da metrópole. Esta repórter – que vive em São Paulo – havia enviado uma mensagem de texto a uma das pessoas retratadas pelo fotógrafo autor das imagens desta reportagem, que acompanhou uma equipe de vacinação no interior da Paraíba. Em tempos de pandemia de covid-19, fazer contatos com possíveis entrevistados à distância acabou se tornando – devido a óbvias questões sanitárias – quase uma norma.

No entanto, esses momentos escancaram a gigantesca distância – geográfica e social – entre as capitais e o interior do país. Uma distância que foi rapidamente vencida pelo coronavírus e que agora tem que ser superada pelas vacinas na corrida para salvar vidas.

A resposta era da filha de um senhor de mais de 100 anos, que, desconfiado, não quis gravar entrevista. Ele foi um dos primeiros a ser vacinado contra a covid-19 em Prata (PB), cidade com cerca de 4 mil habitantes a 130 quilômetros da capital João Pessoa. Lugar tranquilo, onde pouco chove, e cuja maioria da população vive na zona rural. Por lá, todos os profissionais da saúde e idosos já foram imunizados e já fazem parte dos cerca de 11% da população brasileira integralmente protegido contra o coronavírus, informa publicação da National Geographic.

A chegada da vacina em Prata é a última etapa de uma operação logística extraordinária, que começa com a partida do insumo farmacêutico ativo (IFA) de Pequim, na China, a mais de 17 mil quilômetros de distância do Brasil. Chegando aqui, o IFA é utilizado na produção dos imunizantes no Rio de Janeiro ou São Paulo, num processo que dura no mínimo 15 dias. Só então os frascos embalados viajam mais alguns milhares de quilômetros até as centrais de distribuição estaduais, onde as doses são separadas proporcionalmente de acordo com a população de cada local. Dali, partem até os braços dos cidadãos dos 5.568 municípios brasileiros.

Entre esses braços está o de Severino Espiridião de Freitas, 70 anos, que, ao lado de sua plantação, de óculos escuros e com um sorriso no rosto, levantou a manga da camiseta da seleção brasileira para receber uma dose de esperança, como a vacina já foi chamada por outros entrevistados. Nascido em Costado, a um quilômetro de Prata, Severino estudou até a 4ª série e diz que “graças a Deus, praticamente o que eu sei é ler bem meu nome e já estou achando demais”. Aos 20 anos, após casar-se, Severino migrou de ônibus para São Paulo. Contratado como soldador, função que exerceu durante boa parte da vida, passou dois anos na metrópole antes de ser enviado pela empresa em que trabalhava para trabalhar em estados do nordeste brasileiro. “Eu nem sabia o que era soldar, mas um colega me convidou e fui, fiquei anos trabalhando com isso”, conta.

 

Clique AQUI e confira a reportagem completa

Continue Lendo

Paraíba

Prefeito recebe alunos que vão representar JP nos Jogos Escolares Brasileiros e nas Paralimpíadas

Publicado

em

A Rede Municipal de Ensino de João Pessoa vai contar com 18 representantes em competições esportivas escolares nos próximos dias. São 13 alunos com vagas garantidas nos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) 2021 e outros 5 nas Paralimpíadas Escolares 2021. O grupo foi recebido pelo prefeito Cícero Lucena na tarde desta quarta-feira (20).

“Esta é a prática de tudo aquilo que temos repetido, de que o esporte é essencial na formação do cidadão e na oportunidade de desenvolver talentos. É motivo de alegria que a escola municipal, com muita dedicação por parte dos professores, consiga preparar estes alunos mesmo nesse período de dificuldade. A meta é sempre ampliar esta atenção e este cuidar com nossas crianças e adolescentes”, afirmou o prefeito.

Os Jogos Escolares Brasileiros serão realizados de 29 de outubro a 5 de novembro, no Rio de Janeiro. Já as Paralimpíadas Escolares serão realizadas de 22 a 27 de novembro, em São Paulo. Os estudantes vão viajar com passagens pagas pelo Governo do Estado, que firmou parceria com a Prefeitura de João Pessoa. A hospedagem fica por conta dos governos responsáveis pela realização dos eventos.

A secretária municipal de Educação e Cultura, América Castro, destacou o acompanhamento feito nas escolas com estudantes que se destacaram nos esportes. “Os professores fizeram um acompanhamento especial com estes estudantes durante todo este ano e foram agrupados à equipe do Estado, garantindo a representação de João Pessoa”, declarou.

Nos Jogos Escolares Brasileiros, os alunos vão competir em modalidades como judô, wrestling, natação, ciclismo e xadrez. Já nas Paralimpíadas Escolares, haverá representantes nas disputas de Futebol de 5 e Parabadminton, entre outros. Marcos Vinicius, professor de ciclismo na Rede Municipal, agradeceu pela forma como a competição foi priorizada.

“Tivemos um acolhimento muito rápido por parte da Secretaria de Educação de João Pessoa. Toda a equipe foi muito eficiente e nos ajudou na preparação e, inclusive, providenciou a roupa adequada de competição, que é uma exigência”, atestou.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeito se reúne com reitor da UFPB e planeja parceria para conservação da barreira do Cabo Branco

Publicado

em

O prefeito Cícero Lucena se reuniu, na manhã desta quarta-feira (20), com o reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Valdiney Gouveia. O encontro aconteceu no Centro Administrativo Municipal, onde os gestores discutiram parcerias entre as instituições para a preservação e recuperação da barreira do Cabo Branco.

“Esta reunião aproxima a UFPB das demandas da cidade. A Universidade vai poder nos orientar nos principais problemas que identificamos, ajudando, entre outras coisas, na forma tecnológica para a questão da estabilização e proteção da barreira. Isso deve ser feito, inclusive, aproveitando experiências internacionais”, declarou o prefeito.

O reitor Valdiney Gouveia afirmou que a Universidade tem muito a contribuir com o processo. “Temos expertise, equipamentos e profissionais que podem somar e trabalhar junto à Prefeitura para que possamos reverter o quadro de deterioração naquela área”, disse.

Outras parcerias discutidas foram relacionadas a uma escola de ballet, uma escola de educação básica, e projetos voltados à preservação do Rio Jaguaribe. A oficialização dessas parcerias deve ser assinada pelos gestores no próximo dia 29.

Estiveram presentes na reunião os secretários municipais do Planejamento, José William Montenegro; da Infraestrutura, Rubens Falcão; da Ciência e Tecnologia, Margareth Diniz, e o coordenador da unidade gestora do Programa João Pessoa Sustentável, Antônio Elizeu.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeito acompanha primeira demonstração do projeto Campeões do Amanhã na Natação

Publicado

em

O projeto Campeões do Amanhã, que insere crianças da Rede Municipal de Ensino na prática esportiva, apresentou os primeiros resultados em sua retomada. Na manhã desta quarta-feira (20), um grupo de 100 alunos que se destacaram nas aulas de natação realizaram uma apresentação dos quatro estilos de nado. O momento, presenciado pelo prefeito Cícero Lucena e pelo vice-prefeito Leo Bezerra, também marcou o lançamento oficial do programa.

“Neste momento a gente revive parte da nossa história quando, há quase 20 anos, criamos este projeto. Kaio Márcio é um dos frutos e a nossa meta é que as crianças tenham a chance de descobrir e aflorar seus talentos e que possam ser trabalhados para serem campeões ou, se não, que se tornem cidadãos formados com valores positivos”, declarou o prefeito Cícero Lucena.

As aulas do projeto foram iniciadas há dois meses, sendo a natação a primeira modalidade adotada. “Em dois meses foi possível formar uma equipe com 100 alunos que já nadam os quatro estilos. Estamos no período de formação e a cada dia inserimos mais criança neste grupo”, explicou o secretário da Juventude, Esporte e Recreação, Kaio Márcio.

Ao todo 2.600 crianças se inscreveram na modalidade. Elas têm aulas na piscina do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria (onde a demonstração foi realizada nesta quarta) e também nas piscinas do Unipê.

Campeões do Amanhã – O projeto pretende ofertar a prática de 21 modalidades esportivas, a maioria delas incluídas no programa olímpico. Até agora, sete já tiveram aulas iniciadas: natação, canoagem, futebol, ginástica rítmica, ginástica olímpica, vôlei de praia e handebol de areia.

Continue Lendo