Nos acompanhe

Paraíba

‘Mão de milho’ será comercializada a partir de R$20 no Festival da Cecaf

Publicado

em

No período de 22 a 24 de junho será realizado o 5º Festival do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), mas desde a semana passada a procura pelo produto está a todo vapor no local. Dos 100 agricultores que trabalham na tradicional feira das quintas e sábados, 18 trabalham com a produção de milho e se preparam o ano todo para o período. Este ano, em especial, a empolgação dos produtores e consumidores é ainda maior, já que no ano passado o evento não foi realizado.

Bruno Igor é agricultor do município de Pitimbu e comercializa na Cecaf. De acordo com ele, desde o final do mês passado que os clientes têm procurado por milho. “Trabalho com agricultura desde criança, aprendi com meu pai e é a principal renda da minha família. A gente percebe o movimento maior, os clientes procurando em maior quantidade. Estou muito animado com o evento, porque é uma oportunidade da gente mostrar a qualidade do nosso milho, novinho, direto da nossa plantação e ajudar os colegas da feira, com mais clientes chegando”, explicou.

A Cecaf tem sido referência não só pela qualidade e variedade dos produtos comercializados a preços acessíveis, mas também pela higienização do espaço e cumprimento de todos os protocolos de prevenção a Covid. No Festival do Milho todas essas medidas serão reforçadas. “Quem vier conferir o festival vai constatar a inovação que adotamos no espaço. Seguindo todos os cuidados necessários orientados pela Organização Mundial da Saúde para este momento que vivenciamos, ainda de pandemia. Os preços também serão ainda mais acessíveis. Estamos em diálogo com os nossos produtores para oferecer um preço bom para os clientes. A mão de milho, com 52 espigas, vai variar entre R$20 e R$30 nos dias de evento. É importante enfatizar que teremos um pólo gastronômico e de artesana to todo voltado para a nossa comida regional e produtos da terra”, destacou Natália Beserra, diretora da Cecaf.

Variedades – Comidas regionais, pimentas raras, plantas, artesanato, queijos, bolos e pães artesanais, são só alguns dos produtos possíveis de encontrar na Feira da Agricultura da Cecaf e, durante o festival, esses produtos serão ofertados em maior quantidade. Sebastiana Lucena já é conhecida pelos seus tradicionais caldinhos, mas este mês de junho iniciou a produção de bolos e tem boas expectativas para o Festival do Milho para as vendas na sua ‘Barraca da Alegria’. “Temos bolo de milho, macaxeira, macaxeira com coco, a partir de R$6 o bolo completo, mas eu também trabalho com fatias. Também vou continuar com os caldos de mocotó, cabeça de galo, que os clientes adoram e sempre procuram”, explicou.

O evento – O 5º Festival do Milho da Cecaf está sendo realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), responsável pela administração do local, em parceria com a União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar (UNICAFES-PB) e a Confederação Nacional de Agricultores Familiares (CONAFER-PB) realiza mais uma edição do Festival do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf).

A abertura será no dia 22, com uma cerimônia a partir das 7h. Até o dia 24, o local vai contar com apresentações culturais locais, por meio de parceria com a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e serviços de saúde oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Continue Lendo

Paraíba

Ruy diz que é bom ter nome lembrado para disputa do Governo, mas destaca empenho na pandemia

Publicado

em

Após ser citado pelo governador de São Paulo, João Doria, como bom nome do PSDB para disputar o Governo da Paraíba, o deputado federal Ruy Carneiro agradeceu a lembrança, mas disse que o momento é de trabalhar pela Saúde e dedicar esforços na solução da pandemia.

Ruy apontou que o momento de falar sobre política é no próximo ano. “É sempre bom ter nosso nome para a chapa majoritária. No momento não estamos priorizando questão política, estamos deixando todos esses temas para o ano que vem.” disse.

O parlamentar lembrou que o Brasil registra autos números de mortes e disse que dedicação deve ser para salvar vidas. “Estamos num país que ainda milhões de pessoas morrendo todos os dias, então estamos priorizando vacina, saúde e fortalecer os hospitais e o sistema de saúde da Paraíba.”, concluiu.

Continue Lendo

Negócios

Abrasel-PB admite frustração com fechamento de bares e restaurantes no período junino

Publicado

em

O representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Paraíba (Abrasel-PB), Arthur Lira, admitiu que a expectativa de não flexibilizar o comércio durante o período de junino não é positiva para os empresários.

Arthur Lira disse lamentar que estabelecimentos continuem sendo penalizados em decorrência da pandemia provocada pelo vírus da Covid-19 e também pela falta de sensibilidade do Governo do Estado em trabalhar em prol do setor. Ouça:

Continue Lendo

Paraíba

CFO da Câmara de João Pessoa aprova remanejamento de R$ 23 mil

Publicado

em

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFO) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) foi favorável a dois projetos de lei do Executivo para o remanejamento de R$ 23.074.000,00 entre secretarias do governo municipal. Os parlamentares se reuniram nesta manhã de terça-feira (15) para apreciar, em regime de urgência, ambas as matérias.

O primeiro a receber parecer favorável foi o Projeto de Lei 453/2021. Trata-se do remanejamento ou transferência de recursos, por meio de dotações orçamentárias de uma categoria de programação para outra, de R$ 21.674.000,00 referente à cobertura de programas e despesas de caráter continuado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e no Fundo Municipal de Saúde (FMS). Desse total, R$ 80.000,00 serão empregados na manutenção e modernização da Semam e o restante será investido em atividades e ações da SMS e FMS, inclusive em atividades relacionadas ao combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Também teve parecer aprovado pela CFO o Projeto de Lei 413/2021, a respeito da realocação de dotações orçamentárias, também pelo remanejamento de recursos de uma categoria de programação para outra, na ordem de R$ 1.400.000,00. Esse será o valor remanejado da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) para a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). O montante será investido em ações de segurança alimentar desenvolvidos na Capital, a exemplo de cozinhas comunitárias e restaurantes populares.

“É próprio do trabalho do Legislativo acompanhar esses remanejamentos e ajudar a máquina administrativa a realizar suas ações, adequando seu orçamento”, enfatizou Carlão (Patriota). “No que se trata da Semam, os R$ 80 mil serão realocados para a própria Secretaria. Já os recursos que serão empregados na Saúde, servirão para ações de reforma, aquisição de equipamentos, fortalecimento de ações de vigilância do Zoonoses, atividades do complexo regulador, além de manter e implementar iniciativas referentes ao combate da Covid-19”, complementou o presidente da CFO, Bruno Farias (Cidadania).a

Continue Lendo