Nos acompanhe

Paraíba

Paraíba registra 18 mortes em 24 horas e 1.127 novos casos

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quinta-feira (13), 1.127 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 68 (6,03%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.059 (93,96%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 306.177 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 865.292 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 28 novos óbitos desde a última atualização, sendo 18 ocorridos nas últimas 24h. Os óbitos confirmados neste boletim, aconteceram entre os dias 18 de março e 13 de maio de 2021, sendo 02 deles em hospitais privados, 01 em residência e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 7.150 mortes. O boletim registra ainda um total de 213.399 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 423 novos casos, o que corresponde a 37,53% dos casos registrados nesta quinta. São eles: João Pessoa, com 228 novos casos, totalizando 81.918; Sousa, com 63 novos casos, totalizando 6.076; Campina Grande, com 52 novos casos, totalizando 27.443; Esperança, com 42 novos casos, totalizando 2.998; Cajazeiras, com 38 novos casos, totalizando 6.860.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 13/05/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta quinta, 215 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 28 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Barra de Santana (1), Brejo do Cruz (1), Caiçara (1), Cajazeiras (1), Campina Grande (8), Conceição (1), Cuitegi (1), Esperança (1), Gado Bravo (1), Gurjão (1), Ingá (1), Jacaraú (1), João Pessoa (6), Mamanguape (1), Pedras de Fogo (1) e Riacho dos Cavalos (1).

As vítimas são 19 homens e 09 mulheres, com idades entre 32 e 89 anos. Cardiopatia foi a comorbidade mais frequente e 08 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 63%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 57%. Em Campina Grande estão ocupados 69% dos leitos de UTI adulto e no sertão 88% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 77 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 770 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.122.616 doses. Até o momento, 743.101 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 379.515 com a segunda dose da vacina. A Paraíba recebeu um total de 1.487.110 doses de vacina e 1.408.168 já foram distribuídas aos municípios.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Continue Lendo

Paraíba

Ruy diz que é bom ter nome lembrado para disputa do Governo, mas destaca empenho na pandemia

Publicado

em

Após ser citado pelo governador de São Paulo, João Doria, como bom nome do PSDB para disputar o Governo da Paraíba, o deputado federal Ruy Carneiro agradeceu a lembrança, mas disse que o momento é de trabalhar pela Saúde e dedicar esforços na solução da pandemia.

Ruy apontou que o momento de falar sobre política é no próximo ano. “É sempre bom ter nosso nome para a chapa majoritária. No momento não estamos priorizando questão política, estamos deixando todos esses temas para o ano que vem.” disse.

O parlamentar lembrou que o Brasil registra autos números de mortes e disse que dedicação deve ser para salvar vidas. “Estamos num país que ainda milhões de pessoas morrendo todos os dias, então estamos priorizando vacina, saúde e fortalecer os hospitais e o sistema de saúde da Paraíba.”, concluiu.

Continue Lendo

Negócios

Abrasel-PB admite frustração com fechamento de bares e restaurantes no período junino

Publicado

em

O representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Paraíba (Abrasel-PB), Arthur Lira, admitiu que a expectativa de não flexibilizar o comércio durante o período de junino não é positiva para os empresários.

Arthur Lira disse lamentar que estabelecimentos continuem sendo penalizados em decorrência da pandemia provocada pelo vírus da Covid-19 e também pela falta de sensibilidade do Governo do Estado em trabalhar em prol do setor. Ouça:

Continue Lendo

Paraíba

CFO da Câmara de João Pessoa aprova remanejamento de R$ 23 mil

Publicado

em

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFO) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) foi favorável a dois projetos de lei do Executivo para o remanejamento de R$ 23.074.000,00 entre secretarias do governo municipal. Os parlamentares se reuniram nesta manhã de terça-feira (15) para apreciar, em regime de urgência, ambas as matérias.

O primeiro a receber parecer favorável foi o Projeto de Lei 453/2021. Trata-se do remanejamento ou transferência de recursos, por meio de dotações orçamentárias de uma categoria de programação para outra, de R$ 21.674.000,00 referente à cobertura de programas e despesas de caráter continuado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e no Fundo Municipal de Saúde (FMS). Desse total, R$ 80.000,00 serão empregados na manutenção e modernização da Semam e o restante será investido em atividades e ações da SMS e FMS, inclusive em atividades relacionadas ao combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Também teve parecer aprovado pela CFO o Projeto de Lei 413/2021, a respeito da realocação de dotações orçamentárias, também pelo remanejamento de recursos de uma categoria de programação para outra, na ordem de R$ 1.400.000,00. Esse será o valor remanejado da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) para a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). O montante será investido em ações de segurança alimentar desenvolvidos na Capital, a exemplo de cozinhas comunitárias e restaurantes populares.

“É próprio do trabalho do Legislativo acompanhar esses remanejamentos e ajudar a máquina administrativa a realizar suas ações, adequando seu orçamento”, enfatizou Carlão (Patriota). “No que se trata da Semam, os R$ 80 mil serão realocados para a própria Secretaria. Já os recursos que serão empregados na Saúde, servirão para ações de reforma, aquisição de equipamentos, fortalecimento de ações de vigilância do Zoonoses, atividades do complexo regulador, além de manter e implementar iniciativas referentes ao combate da Covid-19”, complementou o presidente da CFO, Bruno Farias (Cidadania).a

Continue Lendo