Nos acompanhe

Brasil

Luciano Bivar tem reunião para estreitar relação com Partido Comunista Chinês

Publicado

em

O presidente do PSL e deputado federal, Luciano Bivar, teve uma reunião on-line, nesta quinta-feira (13/05), com a vice-ministra Shen Belli, do Comitê Central do Partido Comunista Chinês (PCCH) para estreitar as relações políticas entre os partidos. No encontro, foi firmado um acordo de intercâmbio de jovens do PSL e do PCCH, assim como contatos diretos entre as duas legendas.

A vice-ministra Shen Belli também convidou o presidente Luciano Bivar a participar da comemoração dos 100 anos da fundação do Partido Comunista Chinês. O evento reunirá membros do partido, em junho.

“Foi uma reunião extremamente exitosa e, para a nossa felicidade, foi a demonstração de que a China considera o PSL com um papel importante no Brasil. Eles têm interesse em manter contatos regulares com intercâmbio de jovens pesselistas. Estamos no caminho de nos tornamos o maior partido do país”, destacou Luciano Bivar.

Aos chineses, o presidente do PSL ainda ressaltou que o partido será protagonista na próxima eleição, em 2022. O que chamou a atenção da vice-ministra e a deixou otimista sobre o futuro do Brasil.

“Não seremos coadjuvantes na próxima eleição e o PSL não tem simpatia com as turbulências políticas. A nossa postura rendeu elogios da vice-ministra e mostra que temos interesses em comum, embora com grandes diferenças do ponto de vista político”, pontuou Bivar.

Continue Lendo

Brasil

Wilson Santiago assina Nota de Repúdio contra ataques de Jefferson à integrantes da própria sigla

Publicado

em

O deputado federal paraibano Wilson Santiago (PTB) que, recentemente, foi punido com a destituição do cargo de presidente estadual da sigla na Paraíba, assinou, ao lado de outros membros da legenda, uma Nota de Repúdio endereçada ao presidente nacional do partido, Roberto Jefferson.

Os parlamentares, através da Nota, demonstraram plena insatisfação com as ‘posições políticas e institucionais’ defendidas e praticadas por Jefferson com interesse único de agradar e atender aos interesses do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ainda na Nota, a bancada externou apoio e solidariedade aos integrantes do PTB que vem sofrendo ataque sistemático por parte do presidente nacional da legenda.

Além do paraibano Wilson Santiago, também assinaram a Nota Eduardo Costa (BA), Emanuel Pinheiro Neto (MT), Luisa Canziani (PR), Marcelo Moraes (RS), Maurício Dziedricki (RS), Nivaldo Albuquerque (AL), Paulo Bengtson (PA), Pedro Augusto Bezerra (CE), Pedro Lucas Fernandes (MA).

Confira abaixo a íntegra da nota:

“A bancada do PTB na Câmara dos Deputados vem a público repudiar as posições políticas e institucionais do Presidente do partido, Roberto Jefferson, como também suas investidas e ameaças aos Deputados Federais e diversos Presidentes Estaduais do Partido, com o intuito de atender aos seus interesses particulares e as ordens da Presidência da República.

A bancada externa seu apoio e solidariedade aos que vêm sofrendo esse ataque sistemático do presidente nacional da legenda, em especial ao líder do partido, Deputado Nivaldo Albuquerque, que muito se empenha para manter a soberania e independência, prezando por uma convivência harmônica e respeitosa dos seus integrantes, dos demais partidos e entes do Estado Brasileiro.

Ressaltamos também, que nossa postura será sempre de responsabilidade com o povo brasileiro e suas principais demandas, com destaque para as ações de combate a pandemia e as reformas estruturantes que são necessárias e urgentes.”

Continue Lendo

Brasil

PL reduz testes em animais e obriga empresas a colocarem nas embalagens que não são cruelty-free

Publicado

em

O lançamento da animação “Salve Ralph” motivou uma série de debates sobre o teste em animais. O curta-metragem conta a história do coelho Ralph utilizado em testes para produtos de beleza ou farmacológicos em geral. Já na abertura, o narrador conversa com o bicho sobre os efeitos que os testes já causaram a seu corpo. Ele começa o filme cego de um olho, surdo e enfaixada, e com queimaduras pelo corpo que, segundo a narração, só doem quando ele respira.

A preocupação da população com testes em animais vem crescendo. As pesquisas com termos como “marcas que testam em animais”, “cruelty-free” e “testes em animais” chegou a crescer 9.900% no Google Trends em maio deste ano. Tendo como uma das mandeiras de luta do seu mandato a causa animal, o deputado federal Rafafá (PSDB) a presenteou o projeto de lei 2031/2021 que proíbe a utilização de animal em experimento científico quando houver metodologia alternativa e determina produto comercial cujo desenvolvimento fizer uso de experimento com animal deve oferecer essa informação ao consumidor no seu rótulo.

A matéria estabelece determina também que o animal utilizado em experimento que lhe possa causar sofrimento físico deve ser adequadamente sedado e proíbe a utilização de um bichinho em mais de um procedimento experimental. Não cumprir as normas estabelecidas pela propositura configura maus-tratos a animais, sujeitando o infrator a penalidades estabelecidas pela lei de proteção dos animais.

“Já temos muitas alternativas para substituir o teste em animais e com a evolução que temos hoje na ciência e na indústria de cosméticos e medicamentos, não podemos mais admitir tanta dor e sofrimento para os animais. Os animais possuem consciência e memória e são capazes de sofrer, sentir dor, ter medo e lutar tenazmente pela vida. Não se pode ignorar que muitos experimentos continuam sendo mal planejados e conduzidos, produzindo sofrimento inútil”, destacou o parlamentar.

Rafafá também afirma que o projeto também tem a missão de assegurar ao consumidor o direito de ser informado se o produto adquirido foi desenvolvido fazendo uso de algum experimento com animais. “A medida deve estimular as empresas a substituírem o uso de animais no desenvolvimento dos seus produtos sempre que houver método de pesquisa e desenvolvimento alternativo. Utilizar produtos que não testam em animais vem sendo uma preocupação crescente do consumidor”, disse.

Continue Lendo

Brasil

Gervásio sobre Bolsonaro e as máscaras: “aquilo que ele disse ontem foi mais uma barbaridade”

Publicado

em

O deputado federal paraibano Gervásio Maia (PSB), durante entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM, disse que a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre desobrigação do uso de máscaras para quem já foi vacinado e já teve Covid-19, é mais uma barbaridade cometida por ele.

“Todo mundo sabe que mesmo com a vacina, a pessoa imunizada, ela pode sim, contrair a Covid-19 e pode contaminar alguém. Então, o uso da máscara é imprescindível”, disse o parlamentar.

Gervásio Maia ainda lembrou vários episódios desrespeitosos protagonizados por Bolsonaro que contradizem o interesse em preservar a saúde de uma população. Ouça:

Continue Lendo