Nos acompanhe

Paraíba

Prefeito inicia entrega de cestas básicas do ‘Procon-JP Solidário’ para famílias em vulnerabilidade

Publicado

em

A gestão municipal iniciou hoje mais um programa que busca reduzir os danos econômicos e sociais trazidos pela pandemia da Covid-19. Trata-se do Procon-JP Solidário, projeto que vai distribuir cerca de 100 toneladas de alimentos que vão atender cerca de 12 mil famílias.

“Com muito esforço e com muito trabalho temos conseguido avançar para diminuir o sofrimento de tantos. A semente da vontade e do querer já dá frutos na nossa equipe. O Procon-JP tem o cuidar em sua origem, em sua função, e agora isso se amplia no caminho da solidariedade”, declarou o prefeito Cícero Lucena, que se emocionou durante o discurso.

A primeira-dama do Município e uma das idealizadoras do programa, Lauremilia Lucena, participou da solenidade e realizou uma entrega simbólica da primeira cesta. Ela convidou ao palco a representante da comunidade Bom Samaritano, Maria de Fátima Sousa para receber a doação. “Coração a mil. Obrigado a Deus e à gestão por este momento”, declarou Fátima.

As 12 mil cestas estão incluídas na primeira fase do programa. Elas foram doadas por empresas que possuíam processos administrativos em andamento junto ao Procon Municipal e que concordaram em transmutar os procedimentos em cestas. “São processos em andamento, ainda sem multas consolidadas e sem inscrição na dívida ativa, e por isso a transmutação não traz qualquer prejuízo ao Fundo Municipal de Defesa do Consumidor”, explicou o secretário do Procon-JP, Rougger Guerra.

Para efetivar a doação, o Procon vai elencar instituições cadastradas junto às secretarias do Desenvolvimento Social e dos Direitos Humanos e Cidadania. Elas serão definidas durante a semana e já devem receber as cestas a partir da próxima segunda-feira (17). Na segunda fase do programa a expectativa é que novas empresas sejam incluídas pela repercussão da iniciativa.

O vice-prefeito Leo Bezerra, afirmou que o dia era especial por poder estar aqui participando da ação. “Sempre sonhamos com uma João Pessoa melhor para sua população e este programa é uma boa nova para a cidade. Este é mais um símbolo de um trabalho que está sendo plantado em benefício de quem mais precisa. Estamos fazendo a nossa parte e temos certeza que teremos grandes resultados mais à frente”, declarou.

Ainda participaram do lançamento do programa os secretários municipais da Gestão Governamental, Diego Tavares; do Desenvolvimento Social, Felipe Leitão; dos Direitos Humanos e Cidadania, João Corujinha; e da Comunicação, Marcos Vinicius.

Continue Lendo

Paraíba

Ruy diz que é bom ter nome lembrado para disputa do Governo, mas destaca empenho na pandemia

Publicado

em

Após ser citado pelo governador de São Paulo, João Doria, como bom nome do PSDB para disputar o Governo da Paraíba, o deputado federal Ruy Carneiro agradeceu a lembrança, mas disse que o momento é de trabalhar pela Saúde e dedicar esforços na solução da pandemia.

Ruy apontou que o momento de falar sobre política é no próximo ano. “É sempre bom ter nosso nome para a chapa majoritária. No momento não estamos priorizando questão política, estamos deixando todos esses temas para o ano que vem.” disse.

O parlamentar lembrou que o Brasil registra autos números de mortes e disse que dedicação deve ser para salvar vidas. “Estamos num país que ainda milhões de pessoas morrendo todos os dias, então estamos priorizando vacina, saúde e fortalecer os hospitais e o sistema de saúde da Paraíba.”, concluiu.

Continue Lendo

Negócios

Abrasel-PB admite frustração com fechamento de bares e restaurantes no período junino

Publicado

em

O representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Paraíba (Abrasel-PB), Arthur Lira, admitiu que a expectativa de não flexibilizar o comércio durante o período de junino não é positiva para os empresários.

Arthur Lira disse lamentar que estabelecimentos continuem sendo penalizados em decorrência da pandemia provocada pelo vírus da Covid-19 e também pela falta de sensibilidade do Governo do Estado em trabalhar em prol do setor. Ouça:

Continue Lendo

Paraíba

CFO da Câmara de João Pessoa aprova remanejamento de R$ 23 mil

Publicado

em

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFO) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) foi favorável a dois projetos de lei do Executivo para o remanejamento de R$ 23.074.000,00 entre secretarias do governo municipal. Os parlamentares se reuniram nesta manhã de terça-feira (15) para apreciar, em regime de urgência, ambas as matérias.

O primeiro a receber parecer favorável foi o Projeto de Lei 453/2021. Trata-se do remanejamento ou transferência de recursos, por meio de dotações orçamentárias de uma categoria de programação para outra, de R$ 21.674.000,00 referente à cobertura de programas e despesas de caráter continuado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e no Fundo Municipal de Saúde (FMS). Desse total, R$ 80.000,00 serão empregados na manutenção e modernização da Semam e o restante será investido em atividades e ações da SMS e FMS, inclusive em atividades relacionadas ao combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Também teve parecer aprovado pela CFO o Projeto de Lei 413/2021, a respeito da realocação de dotações orçamentárias, também pelo remanejamento de recursos de uma categoria de programação para outra, na ordem de R$ 1.400.000,00. Esse será o valor remanejado da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) para a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). O montante será investido em ações de segurança alimentar desenvolvidos na Capital, a exemplo de cozinhas comunitárias e restaurantes populares.

“É próprio do trabalho do Legislativo acompanhar esses remanejamentos e ajudar a máquina administrativa a realizar suas ações, adequando seu orçamento”, enfatizou Carlão (Patriota). “No que se trata da Semam, os R$ 80 mil serão realocados para a própria Secretaria. Já os recursos que serão empregados na Saúde, servirão para ações de reforma, aquisição de equipamentos, fortalecimento de ações de vigilância do Zoonoses, atividades do complexo regulador, além de manter e implementar iniciativas referentes ao combate da Covid-19”, complementou o presidente da CFO, Bruno Farias (Cidadania).a

Continue Lendo