Nos acompanhe

Paraíba

Conheça a rotina de trabalho da atriz Isadora Cruz fora das telas

Publicado

em

Se engana quem pensa que a vida de um artista é só glamour e diversão. Atualmente, em um mundo que abre cada vez mais espaços para novos talentos, aprimorar os skills e buscar aprendizados em diversas áreas é fundamental para conquistar um mercado tão competitivo e desafiante. Isadora Cruz, atriz destaque em sua geração, é uma das que utiliza seu tempo para estudar e se praticar outras atividades que complementam a atuação. Além de se aperfeiçoar na teoria teatral, ela canta, toca instrumentos, pratica esportes diversos e aprende idiomas. Tudo para estar preparada para todo tipo de papel na TV, no teatro e no cinema.

Na infância, Isadora participava do coral da escola e tinha aulas de violão, porém quando se encantou pelo teatro mudou o seu foco e passou a dedicar-se a carreira de atriz, apesar de nunca ter deixado completamente o seu lado musical de lado.

Este ano, com a agenda um pouco mais livre por conta da pandemia, Isadora participou de alguns encontros com produtores importantes de música no Rio de Janeiro, recebendo feedbacks positivos sobre sua voz. Após esses encontros,  passou a mergulhar novamente no mundo da música com aulas particulares de piano e técnica vocal/musical com a cantora e orientadora de voz Monica Mello. Além disso, ela participa de um curso online de produção musical pela plataforma “MakeMusicNow” para compor canções.

O seu irmão que além de empresário também é artista por diversão, Tercilio Cruz, músico e DJ, vem ajudando ela nas produções musicais. “Tenho passado muito tempo com meu irmão aprendendo a usar a mesa de DJ e operar alguns programas como Serato e o Ableton. O meu irmão tem uma voz belíssima e sempre me ensinou sobre música por ser cantor e baterista desde pequeno, hoje ele é tem sua banda de Rock, a Velser, sou fascinada”, conta a atriz.

“A música nos faz acessar um lugar de reflexão íntima e de transformação interna muito profundo. Existem melodias que tocam a nossa alma e letras que falam com o nosso coração. Estou buscando entender esse processo de produção musical e a escrever as minhas próprias letras para conseguir fazer isso na minha música, passando a minha essência e sendo o mais autêntica possível.” Relata a atriz com olhos emocionados.

Além da música, Isadora começou a praticar Muay Thai com o professor Marcos Amik e capoeira e luta combate para filmes com o coach Charles David, que é formado pelo estúdio Marvel Entertainment e especialista em preparação de dublês para TV e Cinema. A atriz também passou a andar muito a cavalo, uma das suas grandes paixões “A minha infância em João Pessoa foi indo para fazenda do meu avô, onde eu tinha um contato imenso com a natureza e com vários animais, mas principalmente com os cavalos. Eu sinto uma conexão enorme com eles, me dão uma sensação de liberdade e força única. Sou muito grata de estar tendo tempo para fazer isso novamente.” A atriz conta que vem treinando para um teste que irá fazer em breve para uma personagem que cavalga bastante. “Acho que hoje em dia o artista tem que explorar todas as faces da arte, pode ser tudo que ele quiser se colocar o empenho e estudo que é necessário. Não precisamos ficar em um nicho só, principalmente em um mundo tão dinâmico e globalizado e que exige cada vez mais de nós.” comenta.

Sobre Isadora Cruz – Isadora é paraibana, nascida em João Pessoa e, com apenas 22 anos de idade, já coleciona elogios de produtores de cinema internacionais pelo trabalho árduo para deixar tudo perfeito para o telespectador. Atualmente, a atriz pode ser vista na reprise de Haja Coração, da Rede Globo, e nas telonas de cinema nos Estados Unidos, protagonista do longa hollywoodiano “The Mad Hatter”.

Continue Lendo

Paraíba

Justiça rejeita ação que pedia fim do ‘toque de recolher’ como medida contra avanço da Covid na PB

Publicado

em

A Justiça paraibana, através do juiz Gutemberg Cardoso Pereira, da 3ª Vara da Fazenda da Capital, decidiu rejeitar uma ação impetrada pelo deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) que pedia o fim do ‘toque de recolher’ como medida contra o avanço do número de infectados pela Covid-19 no Estado.

A proibição de circulação de pessoas em horário determinado pelo Governo Estadual foi uma medida emergencial expressa no Decreto publicado no dia 23 de fevereiro com validade entre os dias 24 de fevereiro de 2021 a 10 de março de 2021, durante o horário compreendido entre as 22h e as 05h do dia seguinte, para os municípios que estejam classificados nas bandeiras vermelha e laranja, de acordo com o Plano Novo Normal, estabelecido pelo Decreto Estadual 40.304/2020. (Clique aqui para conferir detalhes)

O parlamentar argumentava que o ‘toque de recolher’ “cria um verdadeiro estado de exceção, pois permite a redução de direitos garantidos pela Constituição” como, por exemplo, a “livre locomoção no território nacional em tempo de paz”.

Na petição encaminhada à Justiça o parlamentar ainda afirmava que a proibição da circulação de pessoas geraria na população “sentimentos de pânico, angústia, sofrimento, ódio e dentre outras patologias psicológicas”.

 

Continue Lendo

Paraíba

CMJP aprova PL que torna atividade religiosa serviço essencial em João Pessoa

Publicado

em

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou na sessão desta quinta-feira (4), um Projeto de Lei (PL), de autoria do vereador Carlão (Patriota), que torna atividade religiosa serviço essencial na Capital.

Uma emenda providenciada pelo vereador Bispo José Luiz (Republicanos) abriu caminho para que as igrejas sigam com suas atividades mesmo em meio à pandemia.

O autor do projeto, o vereador Carlão, comemorou a aprovação e se disse esperançoso quanto a aprovação do PL pelo prefeito Cícero Lucena (PP).

“Na prática esse projeto traz uma lição, que se deve existir uma harmonia entre as atividades civis e as atividades religiosas. Um Decreto partindo de só uma pessoa sem se quer ter ouvido as casas legislativas, não pode fechar instituições tão importantes quanto as igrejas”, afirmou Carlão.

O vereador Marcos Henriques foi o único a votar contra o PL e justificou o seu voto dizendo se manter contra a realização de cultos durante o período de contágios crescentes pelo vírus da Covid-19.

“A única coisa que eu fui contra é a realização de cultos nesse período de pandemia, que eu espero que passe logo. Espero que a vacina venha e possa vacina todos os irmão e irmãs”, disse Henriques.

Continue Lendo

Paraíba

CMJP derruba veto ao PL de Bruno Farias e exercício físico passa a ser atividade essencial

Publicado

em

A Câmara Municipal derrubou, na manhã desta quinta-feira (4), o veto 348/20 que impedia que as atividades físicas fossem reconhecidas como serviço essencial em João Pessoa.

O Projeto de lei nº 2020/2020, de autoria do vereador Bruno Farias, que havia sido vetado pelo então prefeito Luciano Cartaxo, segue agora para promulgação e será convertido em lei, e, assim, a prática do exercício físico, orientada por profissional legalmente habilitado, foi alçada à condição de atividade essencial.

“Aproveito o momento para agradecer o empenho e o compromisso do Vereador Tarcísio Jardim, relator da matéria no âmbito da CCJ, para que pudéssemos votar essa matéria na urgência que a causa necessitava”, diz Bruno

Para o parlamentar, “a prática do exercício físico é, a um só tempo, um ato fisiológico de cuidados com a saúde e um ato de amor de preservação da vida”.

Confira abaixo um vídeo distribuído pelo vereador comemorando a decisão:

Continue Lendo