Nos acompanhe

Paraíba

Atividades físicas podem reduzir sintomas da TPM e menopausa

Publicado

em

A prática regular de exercícios físicos contribui com a autoestima, ajudam na saúde e bem-estar da mulher e reduz os sintomas da TPM e menopausa. Cólica, indisposição e alterações de humor são alguns dos incômodos que as mulheres sentem nesse período menstrual e, para muitas, é difícil pensar em exercício físico durante essa fase. Pensando nisso, a Unimed João Pessoa realiza a oficina “Os benefícios da atividade física para a saúde da mulher”. O encontro virtual acontece no dia 24 de fevereiro, das 14h30 às 16h, e é exclusiva para clientes da Cooperativa.

A oficina será ministrada pelo profissional de Educação Física, Claudney Forte, que atua nos grupos de Educação em Saúde da Unimed JP. Na oportunidade, as participantes poderão entender como a prática regular das atividades físicas auxilia a viver mais e melhor. De acordo com o profissional, os benefícios dos exercícios para as mulheres vão desde a regulação hormonal até a prevenção de doenças. “A execução cotidiana ajuda a regular o ciclo menstrual, aumenta a resistência muscular, melhora o condicionamento respiratório e cardiovascular, além de prevenir problemas osteomuscularese, doenças crônicas não-transmissíveis e minimizar os efeitos da menopausa”, conta.

Segundo ele, exercícios cardiorrespiratórios, resistência e força muscular, composição corporal e flexibilidade são as práticas mais adequadas para o público feminino neste período. “A musculação auxilia a prevenir problemas osteomusculares no joelho e quadril, por exemplo, e ajuda na manutenção da massa magra. Além disso, atividades aeróbicas, como corrida, são indicadas para a queima de gordura e melhora da função cardiovascular e respiratória”, comenta.

O especialista lembra que qualquer exercício deve ser realizado com acompanhamento de um profissional de Educação Física para evitar o risco de lesões. “As orientações de alguém que tenha conhecimento são essenciais para a execução correta dos movimentos”, pontua Claudney Forte.

Como se inscrever – Para garantir a vaga, basta acessar o Portal Unimed João Pessoa (www.unimedjp.com.br/viver-melhor) e escolher a oficina “Os benefícios da atividade física para a saúde da mulher”. Ao se inscrever, o cliente vai ser inserido em um grupo de WhatsApp, onde receberá todas as instruções para participar. Na seção, também é possível conferir outros grupos e oficinas gratuitas que são oferecidas pela Cooperativa no mês de fevereiro. Todas as atividades são exclusivas para clientes.

Sobre a Unimed JP – Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios – um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.

Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp

Continue Lendo

Paraíba

Articuladores da Participação Popular reforçam o diálogo entre o povo e a gestão

Publicado

em

Conhecer o território, equipamentos públicos, saber quais as necessidades e, também, acompanhar as conquistas dos bairros e comunidades de João Pessoa, fazem parte da rotina diária do trabalho do Articulador Regional da Secretaria Executiva da Participação Popular (SEPP). São eles que, num primeiro momento, representam a gestão nas regiões, sempre atentos às demandas dos moradores.

“Nós, da SEPP, vemos os Articuladores Regionais com um papel fundamental dentro do programa Você Prefeito. São eles que fazem todo o processo de relacionamento com os conselheiros regionais e municipais da cidade”, falou o secretário da Participação Popular, Thiago Diniz.

O cotidiano dos articuladores é feito com muitas visitas. Algumas solicitadas pelos conselheiros, outras seguindo a agenda do articulador ou articuladora. O dia é cheio. Thyago Matias e Ana Leonora, articuladores da 3ª Região da Participação Popular (3ªRPP) chegam a fazer quatro, ou até mais, visitas por dia. “Vamos a equipamentos, vamos a reuniões, vamos até o local onde os conselheiros e moradores querem mostrar o problema”, disse Leonora.

As visitas, em especial, oferecem uma oportunidade única. O articulador precisa conhecer bem a região onde vai atuar. É o que afirma Magno França, que exerce a função na 10ª Região da Participação Popular (10ªRPP).

“Para mim é extremamente importante fazer essas visitas in loco para que a gente conheça a realidade, as dificuldades que existem nos locais, estabelecer uma relação com quem está à frente dos equipamentos para um diálogo saudável, pois somos todos uma gestão só, buscando melhorias para o povo”, disse.

Demandas – As principais solicitações relatadas nas regiões pelos articuladores dizem respeito à saúde e a serviços de zeladoria, além de infraestrutura. As demandas são registradas e enviadas para a Assessoria Técnica que encaminha e acompanha a resolução do que foi solicitado.

Cada demanda solucionada é sinal de que o trabalho está dando certo. É o que explica Marinêz Paulino, articuladora da 12ªRPP. “Quando temos demandas resolvidas, fortalecemos nosso trabalho junto à população”, falou. Recentemente, além de retirada de lixo, a região recebeu serviços de terraplanagem.

Da 4ª Região da Participação Popular (4ªRPP), a articuladora Natália Dias fala que as principais demandas dos conselheiros estão relacionadas com a saúde. Assim, ela faz visitas periódicas para afinar o diálogo com os responsáveis pelos equipamentos para, juntos, encontrarem soluções.

Ciclo 2021 – Com conselheiros regionais pré-eleitos, o momento também está sendo propício para que os articuladores se apresentem nos bairros e expliquem o fluxo do trabalho, tirem dúvidas dos possíveis conselheiros que serão empossados em breve. “Estamos nos apresentando, ouvindo o que eles têm a nos dizer e reforçando o trabalho coletivo, marca da Participação Popular”, explicou o articulador Eudes Henrique.

Para outros, como Sammy Bezerra, articulador da 5ª Região da Participação Popular, a aproximação com as regiões também ensina, na prática, como lidar com o que é apresentado pelos conselheiros e levar as demandas de forma bem detalhada para a Secretaria.

“Outra importância que observo nesta função, é a presença da gestão. O articulador é o primeiro contato da gestão para dar um suporte inicial ao morador daquela região, mostrando que a Prefeitura já está ouvindo para poder solucionar o que for possível” afirmou.

O secretário Thiago Diniz finaliza, afirmando que esta função é essencial para que os conselheiros possam entender melhor como funcionam as ferramentas da Secretaria. “A gente fica muito feliz de ter essa função dentro da gestão do prefeito Cícero Lucena, fazendo com que as informações corretas cheguem de forma eficiente e confiável”, disse.

Continue Lendo

Paraíba

UFPB oferta mais de 200 vagas em cursos de pós-graduação

Publicado

em

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está oferecendo 238 vagas em oito cursos de pós-graduação. As oportunidades para mestrado e doutorado são nas áreas de Ciência e Engenharia de Materiais, Ciências Fisiológicas, Ciência do Solo, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Energias Renováveis, Informática e Modelagem Matemática Computacional.

Os cursos que estão ofertando o maior número de vagas são Engenharia Mecânica, que somando mestrado e doutorado totaliza 58 vagas; Ciência e Engenharia de Materiais, com 48 vagas distribuídas entre mestrado e doutorado; e Informática, com 40 oportunidades para o mestrado.

As inscrições devem ser realizadas por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) da UFPB, no período indicado pelos editais de cada seleção.

Nos editais, também é possível conferir a quantidade de vagas para cada curso, para ampla concorrência e cotas; se há ou não taxa de inscrição; se houver taxa de inscrição, o período para solicitar isenção do seu pagamento; documentação exigida; e áreas de concentração e linhas de pesquisa às quais os projetos de pesquisa devem atender.

Do mesmo modo, nos editais constam detalhes acerca das etapas dos processos seletivos; critérios para aprovação e classificação; prazos para recursos; datas de divulgação dos resultados e de matrícula, entre outras informações.

Para ter acesso aos editais, basta clicar, abaixo, sobre o nome de cada programa de pós-graduação.

Vagas com inscrições abertas no momento:

Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica

Cursos: mestrado e doutorado

Número de vagas: 58

Período de inscrições: até 30 de setembro

Vagas que terão inscrições abertas em junho e julho:

Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

Cursos: mestrado e doutorado

Número de vagas: 48

Período de inscrições: 14/07 a 20/07

Programa de Pós-graduação em Ciências Fisiológicas

Cursos: mestrado e doutorado

Número de vagas: 5

Período de inscrições: 28/06 a 02/07

Programa de Pós-graduação em Ciência do Solo

Cursos: mestrado

Número de vagas: 19

Período de inscrições: 28/06 a 02/07

Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica

Cursos: mestrado

Número de vagas: 20

Período de inscrições: 01/07 a 30/09

Programa de Pós-graduação em Energias Renováveis

Cursos: mestrado

Número de vagas: 18

Período de inscrições: 05/07 a 11/07

Programa de Pós-graduação em Informática

Cursos: mestrado

Número de vagas: 40

Período de inscrições: 25/06 a 17/07

Programa de Pós-graduação em Modelagem Matemática Computacional

Cursos: mestrado

Número de vagas: 30

Período de inscrições: 21/07 a 28/07

Continue Lendo

Paraíba

Seinfra realiza serviço de desobstrução de galeria em rua no Valentina

Publicado

em

A Secretaria de Infraestrutura do Município (Seinfra) está realizando serviço de desobstrução e limpeza de galeria na Rua Radialista Newton Júnior, no girador do Valentina, nesta quinta-feira (24). Por conta dos reparos, uma faixa da via foi interditada.

Como é um local de grande circulação de veículos, a Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), está dando suporte, orientando o trânsito no local.

Nesta quinta, a Seinfra está trabalhando na desobstrução e limpeza da galeria. Provavelmente nesta sexta-feira (25), quando o local estiver completamente seco, será dado início aos serviços de recuperação da pavimentação, com os trabalhos da operação tapa-buraco.

Continue Lendo