Nos acompanhe

Paraíba

João Azevêdo assina contrato com o BID e assegura investimentos de US$ 56 milhões na Saúde

Publicado

em

O governador João Azevêdo assinou, nesta sexta-feira (20), durante reunião realizada por meio de videoconferência, o contrato de empréstimo entre o Governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 45 milhões, para execução do Projeto Aprimoramento do Modelo de Atenção na Rede de Saúde – Amar. O Governo do Estado também investirá recursos próprios, com a destinação de US$ 11 milhões de contrapartida. O investimento irá permitir o aperfeiçoamento do modelo de Atenção Integral à Saúde no Estado, fortalecendo a ação do SUS da Paraíba e consolidando as Redes Integradas na Atenção à Saúde no estado.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual destacou que os investimentos irão assegurar uma gestão mais eficiente, melhorando a infraestrutura e o atendimento na área da saúde. “Esse projeto terá atuação em todo o Estado, prevendo uma reestruturação na gestão de saúde e no fortalecimento do SUS, tem intervenções físicas em vários hospitais da nossa rede, além da parte de monitoramento e controle. Essa ação terá um reflexo extraordinário na qualidade do serviço prestado na saúde, o que é fundamental, principalmente, nesse momento em que enfrentamos a pandemia do coronavírus”, pontuou.

Ele também enalteceu a parceria com o BID e ressaltou que as ações promovidas pelo Governo do Estado deixarão um legado na saúde do Estado. “A saúde vive um novo momento, não só pelas ações previstas no empréstimo, mas, acima de tudo, por conta do que estamos realizando com relação à Fundação PBSaúde, à requalificação de vários hospitais e reestruturação da nossa rede”, acrescentou.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que os recursos permitirão a homogeneidade da assistência em saúde em todas as regiões do Estado. “A aprovação desse empréstimo representa um momento histórico para o Estado. Esses recursos permitirão um investimento maciço na assistência à saúde, principalmente, na atenção primária, na informatização de todos os órgãos de saúde, na reforma de muitos hospitais e na aquisição de equipamentos e insumos, o que demonstra também a estabilidade financeira do estado”, comentou.

O representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, celebrou a parceria, que vai contribuir para a plena operação do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado. “A Paraíba está investindo em ações de curto, médio e longo prazo, enquanto ainda lida com a emergência decorrente da pandemia. É louvável este esforço, e ao seguirem o caminho da modernização, integração e qualificação do SUS vão poder ter mais previsibilidade na atenção à população e capacidade de investimentos”, disse.

Segundo a especialista em saúde do BID e chefe de equipe do projeto, Catherine Moura, os investimentos vão permitir ao Estado alcançar um novo patamar de qualidade e eficiência. “A digitalização é fundamental para que os gestores possam tomar melhores decisões a partir de dados consistentes e tempestivos, e consequentemente criar as condições para que haja mais qualidade no gasto público e na entrega de serviços”, disse.

Apresentado pelo Governo do Estado por meio de uma carta-consulta, o projeto foi um dos poucos aprovados pelo BID em todo o Brasil. Dentre as ações que serão viabilizadas com o financiamento estão a implementação do prontuário eletrônico do paciente nas unidades de gestão estadual e da história clínica em Atenção Primária; aquisição de equipamentos para os serviços de neurologia e cardiologia do Hospital Metropolitano; obras de readequação e aquisição de equipamentos para a Maternidade Frei Damião e Hospital General Edson Ramalho; e certificação do Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen) nas linhas de cuidados materno-infantil; e implementação de projeto de fortalecimento do pré-natal, parto e puerpério.

Também serão realizadas a estruturação da Central de Regulação Estadual; reforma e ampliação da Maternidade Peregrino Filho e aquisição de equipamentos para o Unacon, em Patos; além de reforma em cinco maternidades de gestão estadual na Paraíba.

A reunião virtual contou com a participação de Gustavo Palmerio (Chefe de Operações do BID no Brasil); Paola Arrunategui (especialista sênior em Operações); Claudia Veiga (especialista sênior em Operações); Catherine Moura (chefe de equipe de Projeto); Yuka Maekawa (analista de Operações); Janaína Goulart (especialista de Comunicação).

Também participaram da videoconferência, Daniel Beltrammi (secretário executivo da Gestão da Rede de Unidades de Saúde); Renata Nóbrega (secretária executiva da Saúde); Fábio Andrade (procurador geral do Estado); Gilmar Martins (secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão); Letácio Guedes (controlador geral do Estado); Marialvo Laureano (secretário da Fazenda).

Continue Lendo

Paraíba

“Festa da Covid-19” vai parar na Justiça e prefeito e banda terão que prestar explicações

Publicado

em

O prefeito Célio Barbosa (Republicanos), de São João do Tigre, município localizado no interior da Paraíba, terá que explicar sobre a verba utilizada para realizar, no último sábado (21), o evento que ficou conhecido nacionalmente como “Festa da Covid-19”. (Clique aqui para conferir outros detalhes)

O gestor foi notificado pelo Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria da República em Monteiro, para que explique em detalhes sobre a origem dos recursos públicos utilizados para promoção do evento em plena pandemia da Covid-19.

O MPF ainda cobra do gestor “cópia das autorizações sanitárias para realização do evento“.

O empresário que é proprietário da Banda Cavaleiros do Forró, que foi a atração principal do evento realizado em praça pública e que atraiu milhares de pessoas, também foi notificado para prestação de informações junto à Justiça.

O evento ganhou destaque nacional e apontado como um dos maiores eventos públicos realizados em tempos de pandemia no Brasil.

Confira abaixo imagem do processo:

Continue Lendo

Paraíba

Eleições internas da Famup acontecem nesta quinta-feira em João Pessoa

Publicado

em

As eleições internas da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) para o biênio 2021/2022 acontecem nesta quinta-feira (26) em João Pessoa. Na votação, será definida a Diretoria e Conselho Fiscal do órgão.

Apesar do edital aberto por um mês para que interessados analisassem as regras, o pleito tem, até o momento, chapa única para a Diretoria Executiva, onde o atual presidente, George Coelho, disputará a reeleição.

Conforme resolução da diretoria da Federação, só poderá votar prefeitos de municípios filiados há pelo menos um ano antes da publicação do edital de convocação do pleito, que foi divulgado no dia 3 de novembro.  Ao todo, 186 gestores poderão participar da votação.

A posse dos eleitos está prevista para acontecer em 07 de janeiro de 2021. Apesar da chapa única, a inscrição de outras chapas ao pleito pode acontecer em até 24 horas antes da votação.

Caso reeleito, George garantiu que buscará trazer mais visibilidade e força à Federação perante o Governo do Estado, a Assembleia Legislativa e a bancada federal paraibana no Congresso Nacional.

Ele ressalta ainda a descentralização dos serviços e responsabilidades administrativas da diretoria, a proximidade com prefeitos e capacitação de gestores e servidores como algumas de suas pautas defendida ao longo de sua atuação.

“A nossa gestão foi marcada por avanços significantes para o municipalismo, mas buscamos fortalecer ainda mais a relação entre os municípios, com transparência e compromisso com a população”, pontuou.

A votação acontecerá das 8h às 17h na sede da Famup, em João Pessoa, que fica localizada na Rua Lauro Torres,110, Tambauzinho.  As orientações das autoridades sanitárias em relação ao coronavírus serão respeitadas pela Federação.

Continue Lendo

Paraíba

ALPB suspende atividades presenciais após aumento de casos de Covid-19 entre servidores

Publicado

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) suspendeu temporariamente as atividades administrativas presenciais após o registro de aumento do número de casos de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) entre os servidores da Casa Epitácio Pessoa. De acordo com a Portaria 004/2020, o trabalho presencial está suspenso desta segunda-feira (23) até o próximo dia 7 de dezembro.

O presidente avaliou o momento atual como delicado e ressaltou que o novo coronavírus possui rápida transmissibilidade, “tornando-se capaz de contaminar um alto número de pessoas ao mesmo tempo”, o que pode desestabilizar o sistema de saúde. “A medida visa proteger a saúde dos servidores”, afirmou.

O presidente acrescenta que a Casa tem o compromisso de preservar a saúde dos seus servidores, assim como, dos cidadãos e da sociedade, “através da adoção de medidas que visam prevenir e conter a propagação do coronavírus”.

Adriano Galdino disse também que o retorno das atividades presenciais irá “depender do comportamento dos indicadores epidemiológicos e, caso haja constatação de novos casos de contaminação de servidores, a suspensão das atividades administrativas presenciais poderá ser prorrogada”.

Continue Lendo