Nos acompanhe

Negócios

78% das advogadas criminalistas afirmam que recebem tratamento diferenciado em audiência

Publicado

em

Pesquisa realizada pela Criminal Lawyer’s Association (CLA) do Canadá apontou que 78% das advogadas criminalistas entrevistadas afirmaram que recebem tratamento diferenciado em audiência, relatando episódios desrespeitosos e paternalistas. Esse foi considerado fator determinante, apontado por elas, no processo decisório sobre o abandono da carreira.

Os dados foram destacados pelo presidente nacional da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracim), Sheyner Asfóra, nesta terça-feira (17), data que se celebra na Paraíba o Dia Estadual da Mulher Advogada. Ele afirmou que ainda existem práticas machistas dentro da área criminal, mas afirmou que isso vem sendo combatido dia após dia. “Atualmente temos muitas mulheres que atuam na área criminal e que se destacam muito pelo belo trabalho desenvolvido, mas precisamos ainda combater o machismo existente para que tenhamos igualdade entre homens e mulheres”, disse.

Sheyner Asfóra lembrou que a Abracim vem atuando para combater desigualdade e chegou a lançar a Comissão Brasileira da Advogada Criminalista, com o objetivo de fomentar discussões e propor soluções para os problemas enfrentados pelas advogadas. “Sabemos que a que a mulher que atua na advocacia criminal tem demandas específicas, como obstáculos à visitação de clientes encarcerados, estrutura falha em cadeias e penitenciárias e violações de prerrogativas”, observou.

Entre as situações que precisam ser revistas, que são reivindicações das advogadas, estão ainda o preconceito de outros atores da justiça e o tratamento não condizente muitas vezes dispensado às profissionais em claro desrespeito às suas prerrogativas.

Luta contra o machismo – A presidente da Comissão das Advogadas Criminalistas da Abracrim-PB, Natália Lopes Alves, revela que muitas advogadas criminalistas enfrentam questionamentos no exercício da sua profissão e muitas vezes de próprios entes do poder judiciário. De acordo com ela, em um Estado como a Paraíba onde o machismo ainda está arraigado, muitas advogadas “amam” o Direito Penal, mas diante de dificuldades acabam por não imergirem na Advocacia Criminal, e as poucas, porém aguerridas  advogadas criminalistas, muitas vezes ainda estão nos bastidores das mais importantes discussões, quando deveriam estar na linha de frente delas.

A Abracrim destaca ainda a participação importante na luta pela defesa e igualdade da advocacia criminal feminina das advogadas Érika Ferreira Bruns (Ouvidora da Abracrim-PB) e também Ezilda Melo (membro da Comissão Nacional da Igualdade Racial da Abracrim). Tanto Érika Bruns como Ezilda Melo são autoras de livros. Érika lançou recentemente a obra “O crime na mira da mídia”. E Ezilda, ao lado Thaise Mattar Assad, coordenou o produção e lançamento do livro “Advocacia Criminal Feminista”. A obra possui eixos temáticos como: advocacia, feminismo e gênero, encarceramento feminino, a violência doméstica, o feminicídio, crimes sexuais e o tráfico de mulheres e de drogas.

Continue Lendo

Negócios

Promo Week: Unimed JP dá primeira mensalidade de graça para quem comprar plano esta semana

Publicado

em

A Unimed João Pessoa está participando da semana de descontos mais esperada do ano. Desta segunda-feira (23) até sábado (28), as pessoas que adquirirem um dos planos de saúde individuais e familiares da Cooperativa terão a primeira mensalidade de graça.

Para mais informações sobre a promoção e fechar o contrato, basta agendar uma visita com a equipe da Unimed JP pelos telefones 2106-0440 e 2106-0645, ou se dirigir à Central de Vendas, que fica na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, 401, na Torre (próximo à sede da Unimed JP).

Ao contratar um plano da Unimed JP, o cliente passa a contar com a maior rede de atendimento médico-hospitalar privada da Paraíba. São 1,8 mil médicos e diversos hospitais, clínicas, prontos-socorros e laboratórios.

Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp
Site: www.unimedjp.com.br

Continue Lendo

Negócios

Marcas sofisticadas escolhem Complexo Tour Genève e oferecem atendimento premium aos clientes

Publicado

em

Figurando entre os maiores edifícios do Brasil, o Complexo Tour Genève, em João Pessoa, imprime arrojo e sofisticação. Para atender ao público mais exigente, o empreendimento conta com marcas de diversos segmentos com destaque no mercado paraibano, como Sakê, Noi Pizza, El Senhor Barbearia e Fit Açaí, que já estão funcionando, além da Névi Padaria Artesanal, The Coffy Way e Sky Bar, que serão inaugurados em dezembro.

De acordo com o empresário Igor Chang, proprietário do Sakê e Fit Açaí, o alto padrão do empreendimento e o crescimento do Altiplano foram pontos decisivos na escolha do local. “São marcas voltas para o público que preza pela qualidade dos produtos e apreciam a boa gastronomia. Por isso, buscamos um ambiente que ofereça uma estrutura imponente e que agrade completamente os nossos clientes”, conta Igor, lembrando que o Sakê é especialista na gastronomia japonesa e traz a tradição oriental aliada à criatividade da culinária.

Voltado para o público que valoriza o consumo saudável, o Fit Açaí oferece um cardápio com diversas opções, como shakes, açaí, pratos low carb e tapiocas. Além do atendimento no local, a unidade oferece o serviço de delivery e funciona das 11h30 às 15h30, e das 18h às 00h.

As duas marcas já estão presentes no mercado e conquistaram um público fiel que terá a oportunidade de encontrar os produtos agora no Altiplano, com o Complexo Tour Genève. Além disso, queremos atrair os que ainda não conhecem para apresentá-los os menus especiais e fidelizá-los”, comenta Chang.

Outro empresário que investiu no Complexo Tour Genève para abrir um negócio é o João Junior, proprietário da Névi Padaria Artesanal, que abre as portas em breve. “Um dos motivos que nos fez escolher o local para abrir a primeira unidade da Névi foi por ser o bairro mais nobre da cidade, que têm grande potencial de crescimento. Acreditamos neste projeto e estamos fazendo tudo com muito carinho”, conta Junior. Para ele, a grandeza do local e a oportunidade de ter um negócio no edifício mais alto e mais moderno do Nordeste é indescritível. “Estamos muito confiantes”, afirma.

A partir de dezembro, a Névi funcionará das 7h às 12h, das 15h às 19h, com atendimento no local.

O Complexo Tour Genève fica localizado na Rua Maria das Dores Souza, 81, no Altiplano. Os horários de funcionamento são: domingo a quarta-feira, das 7h às 23h30. De quinta-feira a sábado, das 7h à 1h30. Para acompanhar todas as novidades, o instagram é o @complexotourgeneve.

Continue Lendo

Negócios

Conselho Regional de Contabilidade firma convênios em benefício dos profissionais do setor na PB

Publicado

em

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRCPB), Brunno Sitonio Fialho de Oliveira assinou, no dia 13 de novembro, uma série de convênios com empresas de plano de saúde e assistência odontológica. O intuito das parcerias é proporcionar descontos aos profissionais contábeis e seus filhos. Para aproveitar as oportunidades, os profissionais contábeis devem estar em dia com a anuidade junto ao CRCPB.

De acordo com o Presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Paraíba (CRCPB), Brunno Sitönio, a concretização desses convênios é uma demanda antiga dos contabilistas e seus dependentes. “Mais um compromisso da nova gestão com os profissionais contábeis de todo o Estado. Ao firmar parcerias, como essas, possibilitamos benefícios para a categoria. Novos convênios virão e continuaremos atuando em prol da classe contábil.”, explica.

As condições para adesão dos beneficiários são: ser Contador ou Técnico em Contabilidade, devidamente registrados no CRCPB, sem débito de qualquer natureza com o Conselho na data da realização da adesão e que não tenha sido penalizado por decisão transitada em julgado a menos de 05 (cinco) anos e obter anualmente a Certidão Negativa de Débitos junto ao CRCPB, visando a comprovação de sua situação regular para manutenção do benefício.
Para a inclusão de dependentes, o profissional deverá comprovar que estes são seus dependentes legais através de apresentação junto a Administradora, da sua Declaração de Ajuste Anual (DAA) de Imposto de Renda Pessoa Física, bem como nome completo, RG, CPF, endereço e idade de cada dependente.

Continue Lendo