Nos acompanhe

Paraíba

Bruno garante avanços na Educação e permanente valorização dos docentes municipais

Publicado

em

Ao conceder entrevista nesta quinta-feira, 15, na Rádio Arapuan, o candidato a prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), da Coligação Campina Rumo ao Futuro, assumiu o compromisso de garantir mais avanços na educação pública municipal. E como hoje é o Dia do Professor, Bruno ocupou boa parte da entrevista para enaltecer o trabalho dos docentes, garantindo a permanente política de valorização da categoria.

Segundo Bruno, atualmente os professores municipais vivem uma nova realidade. Isto porque, desde 2013, quando se iniciou a gestão do prefeito Romero Rodrigues, os profissionais do ensino conquistaram significativas melhorias salariais.

Em decorrência da elevação de nível e outras iniciativas em favor da categoria, professores que ganhavam pouco mais de mil reais mensais passaram a ter salários superiores a R$ 5 mil, o que vai propiciar futuramente uma aposentadoria mais digna para estes servidores.

Sobre os futuros avanços que a sua gestão pretende implantar, Bruno destacou projetos como a instalação da escola com ensino híbrido, conciliando ações de ensino presencial e educação à distância, atendendo-se às necessidades dos novos tempos, além dos desafios surgidos com a pandemia novo coronavírus.

Para o enfrentamento da nova realidade social, tecnológica e sanitária, o candidato do PSD almeja oferecer formação continuada aos professores, capacitando-os cada vez mais ao desempenho das suas atividades docentes, sobretudo em relação à chamada educação remota. Em sua visão, os desafios atuais exigem um profissional qualificado nos níveis pedagógico e tecnológico, sendo este mais um compromisso da sua futura gestão.

Outro problema levantado por Bruno Cunha Lima foi o combate à evasão escolar, o que exige, conforme relatou, uma busca ativa capaz de alcançar todas as crianças de Campina Grande, levando-as a usufruir do seu direito de ter acesso à educação de qualidade. Este desafio evidencia-se sobretudo por conta da pandemia, fator que levou muitas crianças a abandonarem o ensino regular.

Continue Lendo

Paraíba

Arthur Cunha Lima é alvo da nova fase da Calvário

Publicado

em

A nova fase da Operação Calvário, deflagrada nesta terça-feira (27), apura crimes de lavagem de capitais praticados pelo conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), Arthur Paredes Cunha Lima, e por pessoas ligadas aos grupo empresarial em uma das oragnizações sociais envolvidas que recebiam propina de forncedores.

De acordo com a matéria, postada originalmente no blog do Wallison Bezerra, as investigações contam com mensagens de celular, gravações ambientais e informações obtidas por meio de um acordo de colaboração premiada firmado entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e um empresário que era gestor de fato de duas entidades envolvidas nos ilícitos.

A subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo requereu a imposição de medidas cautelares a um advogado investigado pelo esquema, como a proibição de frequentar as dependências do TCE/PB e a suspensão do exercício da atividade advocatícia perante o órgão e em contato com entes públicos. O pedido foi atendido pelo ministro Francisco Falcão.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeito Jarques Lúcio suspende live para participar de audiência com o governador João Azevêdo

Publicado

em

O prefeito e candidato à reeleição à Prefeitura de São Bento, Dr. Jarques Lúcio (Cidadania), adiou a live “Papo com o Doutor – Planejando o Futuro”, que estava agendada para esta terça-feira (27).

O motivo do adiamento do evento político é uma audiência com o governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), marcada para mesma data, na qual serão discutidos temas importantes relacionados à gestão municipal.

A live foi remarcada para a próxima quinta-feira (29), oportunidade em que a população, mais uma vez, poderá interagir com o administrador, dando sugestões, apontando problemas e ajudando a buscar soluções.

Continue Lendo

Paraíba

Polícia Federal, Gaeco, CGU e MPF deflagram nona fase da Operação Calvário em João Pessoa

Publicado

em

A Polícia Federal, o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), a Controladoria-Geral da União (CGU)  e Ministério Público Federal (MPF) deflagraram nesta terça-feira (27), a Nona Fase da Operação Calvário, na Paraíba. A operação tem por objetivo investigar a atuação de organização criminosa por meio da contratação fraudulenta de Organizações Sociais (OS) para gerir os serviços essenciais da saúde e da educação no Estado da Paraíba.

Ao todo foram expedidos seis mandados de busca e apreensão, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os mandados estão sendo cumpridos pela Polícia Federal nas cidades de João Pessoa/PB, Cabedelo/PB e em Brasília/DF.

Este trabalho conjunto representa a nona fase da Operação Calvário, tendo por objeto robustecer o conjunto probatório de situações detectadas nas fases anteriores, principalmente no tocante ao crime de lavagem de dinheiro.

Os levantamentos apontaram que, no período de 2011 a 2019, somente em favor das OS contratadas para gerir os serviços essenciais da Saúde e da Educação, que integram as investigações de todas as fase da Operação Calvário, o Governo da Paraíba empenhou 2,4 bilhões de reais, tendo pago mais de 2,1 bilhões, dos quais estima-se um dano ao erário de mais de R$ 134 milhões.

Impacto social

As irregularidades praticadas pela organização criminosa impactaram fortemente a qualidade do atendimento prestado à população carente nos hospitais públicos estaduais gerenciados pelas Organizações Sociais, bem como a qualidade do ensino público estadual prestado à população da Paraíba.

Participam da operação 19 policiais federais e 02 auditores da CGU.

ClickPB com informações da Polícia Federal

Continue Lendo