Nos acompanhe

Negócios

Conheça como será a unidade da Casa Brasileira em João Pessoa

Publicado

em

Chega à João Pessoa a Casa Brasileira, marca de móveis planejados com projetos que prometem oferecer as melhores modelações e atender diversos públicos com valores justos e excelente custo benefício. Lançada em outubro, a unidade conta com a produtos de alta qualidade e comprometimento com todas as etapas de produção, desde o desenho e escolha dos móveis, até o momento de entrega e montagem, com otimização de tempo e foco no cumprimento de prazos.

O negócio surgiu da união entre o amor por estar em casa e o conforto desejado, e é resultado do investimento de empresários paulistas apaixonados pela capital paraibana. Marcia Mendes, socia diretora da marca, falou sobre a ideia do novo negócio, a escolha de João Pessoa como hospedeira, o atual momento de compra do público brasileiro e as especificidades da marca. A Casa Brasileira fica localizada na Avenida Edson Ramalho, 44, em Manaíra.

Confira a entrevista:

Como surgiu a ideia de lançar a marca Casa Brasileira em João Pessoa?

Eu e o Marco, meu marido e sócio, temos uma casa em João Pessoa há cinco anos e sempre passamos alguns dias na cidade. Ficamos encantados por ela, pelas praias e pessoas, e a partir daí, decidimos investir na capital.

Somos corretores de seguros, administradores por formação e temos negócios em São Paulo. Pensando na possibilidade de um empreendimento na cidade, tivemos o insight de lançar uma marca de móveis planejados, a partir de uma conversa com amigos e inspirados no amor presente em estar em casa.

Mobiliar, desenhar, pensar em cada detalhe do lar é algo que me encanta muito, e a partir daí surgiu a inspiração. Marcamos uma reunião com a Unicasa, nosso fornecedor exclusivo, e eles nos apresentaram uma proposta que nos fez perceber que com as pessoas certas nós iriamos conseguir abrir um negócio em João Pessoa, empregar pessoas daqui e movimentar a economia local.

Viemos aqui, encontramos o local perfeito, reformamos e começamos a buscar funcionários para compor nossa equipe e deixar tudo perfeito.

Como foi a escolha da marca Casa Brasileira para o mercado de João Pessoa?

Nós temos um contrato com a Unicasa de utilização de marca, e eles são nossos fornecedores exclusivos. Quando pensamos no nome Casa Brasileira, pensamos em oferecer algo que não existia ainda na cidade. A marca traduz conforto, aconchego, alegria e acessibilidade financeira, sempre com a missão de realizar sonhos. Sem preconceitos, que busca oferecer o melhor para os clientes e agradá-los, fazer o que eles querem e precisam, sem impor nossas vontades e opiniões. Uma casa bonita e arrumada é o sonho de muita gente e é isso que queremos proporcionar.

Como foi o casamento da marca Casa Brasileira e o público de João Pessoa?

O elo com a marca surgiu começando pelo nome. Como viajantes, eu e o Marco, visitamos vários lugares, mas somos verdadeiramente apaixonados por voltar para casa. Quando escutamos ‘Casa Brasileira’, e vemos as cores, descobrimos que cabe na casa de qualquer pessoa, pertence ao Brasil, como todo. Quando olho para as possibilidades da marca, conseguimos atingir diversos públicos.

Com a pandemia, as pessoas passaram mais tempo dentro de casa, e a partir daí, novas necessidades surgiram e elas começaram a ver coisas que faltavam.  A marca é resultado, principalmente, de uma identificação nossa com o propósito dela. Nós viemos de uma família muito humilde e trabalhamos muito para conquistar o que temos hoje.

Quando eu olho para a nossa empresa, noto que conseguimos aproveitar ainda melhor cada espaço de imóveis que muitas vezes são pequenos, com preço justo e excelente custo benefício, oferecendo mesmo serviço e atendimento para todos os públicos. Sentimos o desejo de trazer isso para João Pessoa, porque sentimos falta disso por aqui.

Como você vê o atual momento de compra do brasileiro pós quarentena?

A percepção que já tivemos com a loja ainda fechada, mas com alguns atendimentos já realizados e projetos em andamento, é que os clientes guardaram algum dinheiro durante esse período em casa. Eles nos procuram já com um orçamento pré-determinado e trabalhamos a partir dele.

Nós percebemos que os que estão comprando neste momento são realmente aqueles que ficaram em casa e notaram necessidades que tinham, porque começaram a vê-las de outra maneira, a sentir falta de muitas coisas e agora estão investindo para tornar o lar mais confortável, elegante e bonito.

Como vocês pretendem encantar o arquiteto?

Com as possibilidades de modelação, a qualidade que oferecemos, mostrando para ele que está diante de mercadorias de qualidade, que não deixam a desejar de forma alguma. Queremos que o arquiteto entenda que somos empreendedores e investidores dispostos a ser parceiros, e que valerá a pena trazer seus projetos para a nossa loja.

Continue Lendo

Negócios

Network e custo benefício: descubra os principais motivos para trabalhar em um coworking

Publicado

em

Novos modelos de negócios surgem a todo instante e é necessário que o profissional e as empresas estejam preparados para isso. Com a chegada da pandemia, que afetou diretamente a economia, as empresas precisaram se adaptar, não apenas à crítica situação, mas ao isolamento social e consequentemente ao home office. Nesse cenário, muitas vagas de emprego foram abertas para trabalho remoto em pequenas empresas, multinacionais e empresas estrangeiras. O problema é que nem todos os profissionais estão adaptados a esse modelo de contratação e muitos possuem dificuldade na adaptação. Diante disso o coworking surge como uma solução para uma melhor dinâmica trabalhista.
Há quase dois anos de fundação o HUB 360 oferece o serviço de coworking, em João Pessoa e possui diversos adeptos. Para Tiago Costa, co-fundador do empreendimento, “O coworking é dividir o local de trabalho, com a estrutura que a cafeteria não consegue proporcionar e o network que a biblioteca não proporciona”, além da solução para profissionais que sentem dificuldade em trabalhar em home office. Pensando em sanar ainda mais dúvidas, o empresário listou quatro motivos para se optar pelo coworking.
Custo benefício – O contratante estará em um ambiente completamente equipado com acesso ao café, sala de reunião, internet de altíssima qualidade. Não precisa se preocupar com nada, fora suas funções profissionais, fazemos isso por ele. Além disso, ele fica isento de custos que teria para a permanência em um espaço, como uma cafeteria, durante algumas horas, no fim do mês isso pode fazer toda a diferença. No caso no home office, o usuário teria custos de internet, energia, além da criação de um ambiente confortável e iluminado para trabalho.
Estrutura – Sala climatizada, acústica, internet de qualidade, cadeira e mesas confortáveis, ambiente limpo. E todos os padrões de ergonomia seguidos. No HUB, possuímos um Manual do Usuário, em que todos se comprometem em realizar cuidados básicos para um bom convívio, como por exemplo, o silêncio.
Network – Um grande benefício que o usuário do coworking tem, é ter contato com vários profissionais, o que possibilita a troca de aprendizado e serviços, e pode facilitar a prospecção de novos clientes.
Profissionalização – Buscar um serviço de coworking é encontrar a profissionalização dos negócios, por exemplo, muitos usuários que contratam o serviço, possuíam o hábito de trabalhar em cafeterias, atender seus clientes lá. Porém, por vezes o ambiente pode estar barulhento, ou a internet instável e isso é muito negativo para a imagem profissional.
HUB 360 – Criado há quase dois anos, é um espaço colaborativo já admirado no mercado. Além do coworking e de escritórios virtuais, conta com salas para locação, sala de treinamento e reunião, além de um rooftop destinado a eventos de negócios. O local tem parceria com a Cerveja Heineken e o café São Braz e abraça eventos voltados para empreendedorismo e inovação. “Compartilhar conhecimento é uma das melhores maneiras de desenvolver um projeto. O coworking é isso, um espaço físico que serve de facilitador desse processo”, avalia Tiago.
Durante a pandemia – Algumas medidas de segurança e higienização foram tomadas. Na entrada do prédio os usuários passam pela medição de temperatura, higienização de sapatos e das mãos. Dispencers de álcool em gel por todo o prédio e nas mesas de trabalho, limpeza frequente dos ambientes compartilhados e abertura constante de janelas para entrada e saída de ar.
O HUB 360 fica na Rua Bananeiras, 361 – Manaíra. O telefone é (83) 3023-0360. O site é o www.hub360network.com e o instagram @hub360network

Continue Lendo

Negócios

Feriadão de finados altera funcionamento da Unimed João Pessoa

Publicado

em

O funcionamento da Unimed João Pessoa será alterado na próxima segunda-feira (2) devido ao feriado nacional em celebração ao Dia de Finados. Por isso, é importante que os clientes fiquem atentos a como fica o atendimento em cada unidade.

A sede administrativa da Unimed João Pessoa (Operadora), a Unidade Guarabira, o Centro de Especialidades Unimed-Unidade Sul e o Intercâmbio não funcionarão. O atendimento volta ao normal na terça-feira (3).

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley e o Hospital Pediátrico Unimed João Pessoa funcionarão normalmente.

Caso o cliente precise de informações sobre a Unimed João Pessoa durante o feriadão, pode consultar o Portal Unimed JP (www.unimedjp.com.br) ou ligar para o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC). O número é 0800-725-1200, com atendimento 24 horas por dia.

Continue Lendo

Negócios

Governo Federal irá leiloar imóveis da União instalados em João Pessoa

Publicado

em

O Governo Federal colocou à venda, pelo menos, 53 imóveis localizados na Paraíba e em mais doze Estados do Brasil e no Distrito Federal.

Na Paraíba, três imóveis estão à venda: duas salas de 496,5 metros quadrados e um terreno de 390 metros quadrados. Cada sala está avaliada em RS 605 mil e o terreno, em RS 615 mil. Todos os ativos estão localizados em João Pessoa. O leilão será realizado no dia 25 de novembro.

De acordo com o Edital nº 130/2020, poderão participar da presente licitação pessoas físicas, jurídicas e em consórcio, desde que atendidas as exigências do art. 33 da Lei nº 8.666/93, que comprovarem o recolhimento da caução a que se refere o item 8 do mesmo Edital.

Clique aqui para conferir a íntegra do Edital.

Clique aqui para conferir a íntegra dos dados dos imóveis à venda na Paraíba.

 

Continue Lendo