Nos acompanhe

Paraíba

Jornalista Djane Barros confirma nome para disputar vaga na Câmara de João Pessoa

Publicado

em

A jornalista Djane Barros confirmou, na noite desta quarta-feira (16), seu nome como candidata a vereadora de João Pessoa pelo PRB. Esta é a primeira vez que a comunicadora disputará um cargo eletivo.

Além de jornalista, Djane Barros é mãe, escritora e tem atuação popular na zona sul da Capital paraibana.

 

Continue Lendo

Paraíba

Jampa Digital: MPF denuncia Gilberto Carneiro e mais nove por peculato e lavagem de dinheiro

Publicado

em

O ex-secretário de Administração de João Pessoa, Gilberto Carneiro, e mais nove investigados no escândalo do “Jampa Digital” se tornaram alvos de denúncia do Ministério Público Federal (MPF), na Paraíba. Eles são suspeitos de envolvimento em suposto esquema de desvio de recursos públicos no processo de implantação da “plataforma de convergência social e digital de João Pessoa”.

De acordo com a matéria, postada originalmente no blog do Suetoni, além de Carneiro, foram denunciados Thiago Menezes de Lucena Claudino, Dilson José de Oliveira Leão, Francisco Adrivagner Dantas de Figueiredo, Cristiano Galvão Brochado da Silva, Mário Wilson do Lago Júnior, Paulo de Tarso Araújo Souza, Celso da Silva Santos, Francisco Antônio Caminha e José Antônio Caminha. A denúncia assinada pelo procurador Victor Carvalho Veggi foi protocolada no dia 7 deste mês.

Os citados são apontados como suspeitos de peculato, lavagem de dinheiro, dentre outros crimes. A denúncia cita projeções da Polícia Federal de potencial dano ao erário de R$ 3.451.396,09. O caso é fruto de inquérito que tramitava no Supremo Tribunal Federal (STF), mas que foi remetido para a primeira instância por causa da morte do ex-deputado federal Rômulo Gouveia, que tinha prerrogativa de foro.

Outro ponto que contou para a remessa do processo para a primeira instância foi a exoneração de Gilberto Carneiro da Procuradoria-Geral do Estado, fazendo com que ele também perdesse a prerrogativa de foro. Com isso, o inquérito foi remetido para a Polícia Federal, para a conclusão das investigações e o resultado delas compõe a denúncia protocolada. Ao todo, dez anos separam o suposto crime da formalização da denúncia.

O Jampa Digital foi orçado em mais de R$ 6,2 milhões, fruto do convênio da Prefeitura de João Pessoa com o Ministério da Ciência e Tecnologia. Do órgão federal vieram R$ 4,7 milhões, com contrapartida de R$ 1,5 milhão da prefeitura. O problema, de acordo com a denúncia, é que teria havido superfaturamento e grande parte dos recursos teria sido desviado para o financiamento da campanha do então candidato ao governo, Ricardo Coutinho (PSB), então prefeito da capital.

O desvio do recurso teria ocorrido através do superfaturamento na compra dos itens. A investigação apontou que teria havido direcionamento na licitação para facilitar a escolha da empresa Ideia Digital para a implantação do sistema. As investigações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União (CGU) apontaram a aquisição dos equipamentos por “preços inadequados”, diz o relatório.

“A CGU, como citado, apontou um prejuízo estimado em R$ 3.392.158,99 (três milhões, trezentos e noventa e dois mil, cento e cinquenta e oito reais e noventa e nove centavos) e a Polícia Federal, como adiante se verá, um dano potencial de R$ 3.451.396,09 (três milhões, quatrocentos e cinquenta e um mil trezentos e noventa e seis reais e nove centavos)”, diz a denúncia

Na denúncia, além da condenação dos suspeitos, o Ministério Público Federal pede “que seja fixado o valor mínimo para reparação dos danos causados pela infração”.

Continue Lendo

Paraíba

Fabio Tyrone apresenta projetos para o Meio Ambiente e a Zona Rural em Sousa

Publicado

em

O candidato a prefeito de Sousa, Fabio Tyrone (Cidadania), apresentou aos eleitores municipais seus projetos para serem aplicados junto ao setor da Agricultura, Meio Ambiente e Zona Rural sousense.

De acordo com Tyrone, a sua gestão disponibilizará apoio técnico, logístico e financeiro aos perímetros irrigados de São Gonçalo e Várzeas de Sousa.

Ainda segundo o candidato, haverá luta pela construção dos açudes de Pereiros e Santa Rosa; Central de Distribuição de Produtos Agrícolas, aquisição de mudas para distribuição gratuita e a implantação do projeto Fazer Negócio Rural.

Dentro do Plano de Gestão de Tyrone, em Sousa, também está o programa de arborização Mais Verde; criação de hortas comunitárias; coleta seletiva do lixo; corte de terra o ano todo, bem como a implantação do programas Pão na Mesa Rural.

“Não podemos permitir que todas as conquistas que tivemos durante esses 4 anos, acabe para nosso povo. No nosso plano de governo queremos ir além, investindo ainda mais na agricultura, meio ambiente e zona rural. É Sousa daqui pra melhor. É mais desenvolvimento, crescimento, trabalho e dignidade para todos! Diga não ao retrocesso!”, afirmou Tyrone.

Educação

Já para o campo da Educação sousinho inclui a implantação de um campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em Sousa, instituição do sistema de educação em tempo integral em dezesseis escolas da rede municipal sousense e a adoção da disciplina de Robótica em mais quatro escolas.

Ainda de acordo com Tyrone, seu Plano de Gestão também inclui a implantação do sistema Escola Digital, a construção da Escola Núcleo II e a edificação do Centro de Formação Continuada de Professores (CFCP).

“É através da educação que podemos oferecer um futuro promissor às crianças e aos jovens. Educação é prioridade! Sousa, daqui pra melhor!”, garante Fábio Tyrone.

Continue Lendo

Paraíba

Governador exonera Luiz Couto da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido

Publicado

em

O governador do Estado da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), decidiu exonerar do cargo de secretário estadual da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, o petista Luiz Couto.

A informação foi publicada, do sábado (24), numa edição suplementar do Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOE-PB).

Para o cargo antes ocupado pelo padre, o governador indicou o secretário executivo Jonildo Cavalcanti da Silva Filho para responder cumulativamente pela pasta até segunda ordem.

Confira abaixo a exoneração de Luiz Couto e a nomeação de Jonildo Cavalcanti:

 

Continue Lendo