Nos acompanhe

Paraíba

Primeira-dama de Lucena utiliza ONG e expõe deficientes mentais em apoio ao candidato do prefeito

Publicado

em

A primeira-dama Taciana Mendonça, do município de Lucena, localizado na região Metropolitana de João Pessoa, estaria utilizando uma Organização Não Governamental (ONG) para expor deficientes mentais em benefício do projeto político do candidato a prefeito Alex Monteiro, sobrinho do atual gestor, Marcelo Monteiro.

De acordo com matéria publicada no site Politika, o fato está deixando a população perplexa, uma vez que vídeos apelativos estariam sendo produzidos com anuência da primeira-dama que também é famosa na cidade por ostentar em suas redes sociais fotos de bolo enfeitado com dinheiro e ter solicitado Auxílio Emergencial do Governo Federal.

Segundo a matéria, o vídeo que expõe pessoas incapazes, todas de azul, cor da campanha de Alex, pode configurar crime eleitoral e penal, tendo sido encaminhada, inclusive, uma denúncia ao Ministério Público e ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) por parte da oposição.

A ONG Casa de Apoio à Crianças Especiais – CACE, foi fundada pela primeira-dama de Lucena assim que o marido entrou na Prefeitura e, segundo informações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), em sete anos, a CACE já recebeu mais de meio milhão de reais da gestão.

Clique no player abaixo e confira o vídeo que teria sido produzido com crianças especiais da CACE e, logo depois, a foto da primeira-dama com um bolo enfeitado com dinheiro:

 

Continue Lendo

Paraíba

Eleições 2022: “Fui procurado por lideranças que fazem parte do governo”, diz líder da oposição

Publicado

em

O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Cabo Gilberto, também é dos que acreditam na debandada dos aliados do governador João Azevedo. Na tarde de hoje, Cabo Gilberto destacou que até o PP deve deixar a aliança.

“Já estávamos falando há bastante tempo, não só o MDB, mas outros partidos que fazem parte do governo como o próprio PP que pode lançar a candidatura da senadora Daniella.”, apontou Cabo Gilberto.

O deputado revelou que á foi procurado por lideranças da situação. “Todos estão abandonando João. Isso é só uma questão de tempo. Eu fui procurado por várias lideranças que fazem parte da base do governo para virem para oposição.”.

Ouça o que disse Cabo Gilberto

Continue Lendo

Paraíba

“A debandada está só no começo”, diz Wallber sobre “ensaio” de candidatura própria do MDB em 2022

Publicado

em

Quem comemorou os rumores de rompimento do MDB do arco de alianças do governador João Azevedo foi o deputado de oposição Walber Virgolino (PSL). Para  deputado, a “falta de consistência” do governador resultará e debandada de partidos.

“A situação não tem consistência, né? Aqueles deputados, aqueles que estão próximo ao governador é com interesse em alguma coisa. Seja cargos, ou dinheiro ou poder. E o fortalecimento das oposições, os nomes que a oposição está apresentando a debandada está só no começo”, disse Walber.

De acordo com o deputado, parlamentares do lado do governo já começaram a procurar a oposição. “O governador João Azevedo caminha para ficar só, para ficar solitário. Alguns deputados estão entrando com a oposição, visando uma aliança no primeiro ou no segundo turno”, destacou.

Walber apontou que outros partidos já estão negociando saída do arco de alianças de João Azevedo.

Confira o áudio:

Continue Lendo

Paraíba

“Fica evidenciado que eu estava certo”, ironiza Nilvan sobre “candidatura” de Veneziano pelo MDB

Publicado

em

Depois da defesa veemente do presidente do MDB em João Pessoa, Mikika Leitão, pelo rompimento com o governador João Azevedo e anuncio de candidatura própria com o possível nome do senador Veneziano para encabeçar chapa, foi a vez do ex emedebista Nilvan Ferreira (PTB) comentar a iniciativa.

Enquanto era do partido, o 2º colocado nas eleições de João Pessoa e maior nome das oposições na Capital, Nilvan Ferreira foi criticado pela defesa de que o MDB deveria assumir protagonismo. “Se for comprovado fica evidenciado que quem estava certo era eu, né? De que o MDB deveria ter uma postura mais independente de governo. Não poderia ter o MDB se abaixado tanto para governo. Deveria ter adotado as posturas que tomaria o ex senador José Maranhão”, disse.

Ponderado, Nilvan disse que respeita as postulações de outros partidos, mas seguirá no propósito da sua atual legenda, o PTB, de se manter firme a reeleição do presidente Bolsonaro e eleger deputados federais e estaduais na Paraíba.

Confira o áudio:

Continue Lendo