Nos acompanhe

Paraíba

Eduardo Carneiro destaca projeto que fará o mapeamento produtivo da cachaça na Paraíba

Publicado

em

O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa (ALPB), destacou neste domingo (13), Dia Nacional da Cachaça, a parceria com pesquisadores das Universidades Federal de Campina Grande e da Paraíba e o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) para elaboração do projeto que formulará o mapeamento produtivo da cachaça no estado. O lançamento acontece no próximo dia 17 de setembro, de forma online, às 16h.

O plano de ação projeta o mapeamento das potencialidades da região do Brejo para encaminhar ao Governo Federal e assim, conseguir recursos para desenvolver a produção da cachaça e da rapadura, turismo e a cultura, gerando emprego e renda à população. A ideia é criar no futuro um roteiro da cachaça e da rapadura.

De acordo com informações da Associação Paraibana dos Engenhos de Cachaça de Alambique (Aspeca), a Paraíba é o maior fabricante de cachaça de alambique do país, possui 80 engenhos que juntos fazem 12 milhões de litros por ano. No Brasil, existem cerca de 40 mil produtores de cachaça artesanal. Os dados apontam, ainda, que a Paraíba possui 30 engenhos que produzem e engarrafam cachaça e outros 50 apenas produzem a bebida, vendendo a outras marcas.

O Estado fica em segundo lugar no número de produtores, ou seja, o número de engenhos que produzem e engarrafam cachaças, perdendo apenas para o estado de Minas Gerais. O produto é tão importante para o Estado, que a Lei 9150/2010 considera a bebida Patrimônio Cultural da Paraíba.

Eduardo vem desenvolvendo ações para estimular o empreendedorismo através do desenvolvimento dos arranjos produtivos locais. Em Areia, promoveu reuniões para discutir geração de emprego e renda e ofereceu capacitação para empreendedores com o objetivo de aquecer negócios e ampliar a geração de emprego e renda. O curso ‘Marketing 4.0: cachaça, turismo e artesanato’ foi uma parceria com a Escola do Legislativo. Ele também apresentou projeto de lei tornando Areia Capital Paraibana da Cachaça.

Potencialidade – O deputado destacou ainda a chegada do Cromatógrafo Gasoso na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) que vai realizar a análise da qualidade de cachaça e de elementos voláteis, garantindo mais qualidade ao produto paraibano. Eduardo destacou que o equipamento será importante no trabalho de elaboração mapeamento para criar roteiro da cachaça e rapadura.

“Com a aquisição deste equipamento, a cadeia produtiva da cachaça, em específico, terá a oportunidade de impulsionar a comercialização dos produtos e iniciar uma identificação do produto idealizado e produzido na Paraíba. Desta forma, certificações de origem serão o foco para diferenciar nosso produto no mundo”, destacou Eduardo Carneiro.

Continue Lendo

Paraíba

João Azevêdo recebe visita de cortesia do novo comandante da Aeronáutica no Nordeste

Publicado

em

O governador João Azevêdo recebeu, nesta sexta-feira (18), na Granja Santana, a visita de cortesia do novo comandante do Comando Aéreo Nordeste, brigadeiro do ar César Faria Guimarães. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual fez um balanço das ações desenvolvidas pelo Governo da Paraíba no enfrentamento da pandemia do coronavírus e destacou os investimentos que serão realizados pela gestão para a implantação dos balizamentos noturnos nos aeródromos de Monteiro, Sousa, Itaporanga e Catolé do Rocha e para a construção do novo aeroporto de Patos, uma obra orçada em mais de R$ 36 milhões.

“Nós também nos colocamos à disposição da Aeronáutica e sabemos que as parcerias são fundamentais para a efetividade de muitas ações. A nossa segurança pública tem realizado um grande e reconhecido trabalho pela população e nossa intenção é melhorar, cada vez, os nossos serviços para beneficiar os paraibanos, que precisam de respostas e ações efetivas do poder público, como tivemos a oportunidade de realizar nesse período crítico de pandemia, momento em que contamos com a ajuda de diversos parceiros”, comentou.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, afirmou que as possíveis parcerias com a Aeronáutica ajudam a Paraíba a se consolidar como um estado forte no Nordeste.  “Essa construção de pontes tem sido uma marca muito forte do governador João Azevêdo, seja com entes federais ou municipais, pois precisamos estabelecer esses caminhos, e essa cooperação, a partir da visita de hoje, com o brigadeiro César Faria, que cuida do tráfego aéreo do Nordeste, trará grandes frutos para a segurança pública, cuja agenda já foi iniciada”, avaliou.

Por sua vez, o brigadeiro do ar César Faria colocou a Força Aérea à disposição do Governo da Paraíba e anunciou a retomada da operação do Comando Aéreo Nordeste. “Essa representação é fundamental e essa visita é uma oportunidade para nós e para o Estado de conhecer esse trabalho que estamos reativando e nos colocamos à disposição para estreitar o relacionamento, em caso de necessidade de algum apoio”, falou.

Também participaram da reunião, o chefe de Gabinete do Governador, Ronaldo Guerra; o deputado estadual João Gonçalves; e o major Gilberto Antônio, assistente do comandante do Comando Aéreo Nordeste.

Continue Lendo

Paraíba

Tovar faz apelo à bancada federal paraibana pela derrubada de veto que prejudica professores

Publicado

em

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) fez um apelo aos deputados federais e senadores paraibanos para que votem pela derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro a trecho da Lei 14.057/20 que beneficia professores, garantindo pelo menos 60% do valor para ativos, inativos e pensionistas, na forma de abono, sem incorporação à remuneração. A Lei disciplina o acordo direto entre credores e órgãos públicos federais para pagamento de precatórios de grande valor com descontos de até 40%.

“Estamos conversando com os nossos deputados federais e senadores para mostrar a importância de se manter na Lei o trecho que beneficia os professores. O dinheiro é da educação e precisamos entender que ele beneficiará milhares de profissionais que dedicaram suas vidas ao desenvolvimento educacional do nosso País. É preciso derrubar o veto para fazermos justiça a todos os professores”, disse Tovar.

O art. 8º da Lei diz que “o projeto inclui as novas regras os precatórios originados de ações relativas aos repasses da União ao antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), que complementava salários de professores da rede pública dos entes federados”. O trecho vetado por Bolsonaro previa o pagamento de precatórios oriundos da cobrança de repasses referentes à complementação da União aos estados e municípios por causa do Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Segundo a nova lei, as propostas de acordos sobre os precatórios poderão ser apresentadas tanto pela administração federal quanto pelo credor, até o momento da quitação integral do valor. A apresentação da proposta, no entanto, não suspende o pagamento da dívida em parcelas ou a incidência de atualização monetária e juros moratórios.

O parcelamento proposto não poderá ser maior que oito parcelas anuais e sucessivas, se o título executivo judicial já tiver transitado em julgado, ou maior que 12 parcelas anuais e sucessivas, caso não tenha transitado em julgado.

Precatório – É uma ordem judicial para pagamento de dívidas dos governos federal, estaduais e municipais, cuja ação foi perdida pelo próprio Estado e transitada em julgado, ou seja, quando não cabe mais recurso. A nova lei trata apenas dos precatórios federais.

Continue Lendo

Paraíba

São Bento: Aprovação na Educação Infantil e Fundamental cresce quase 20% entre 2016 e 2019

Publicado

em

Foi divulgado um balanço dos índices de aprovação, reprovação e abandono escolar entre os anos de 2016 e 2019, no município de São Bento.

Segundo os dados apresentados, houve um crescimento de 19,49% no índice de aprovação dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, entre 2016 e 2019.

Ainda segundo os números, houve uma redução de 3,56% no índice de reprovação e de 15,93% no índice de abandono escolar.

Em 2016, tinhas os seguintes índices:
ÍNDICE DE APROVAÇÃO = 67,01%
ÍNDICE DE REPROVAÇÃO = 12,86%
ÍNDICE DE ABANDONO = 20,13%

Já em 2019, os índices foram:
ÍNDICE DE APROVAÇÃO = 86,5%
ÍNDICE DE REPROVAÇÃO = 9,3%
ÍNDICE DE ABANDONO = 4,2%

Outros números que merecem destaque foram os do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb.

Tomando por base os anos acima citados, tivemos também uma evolução significativa. Em 2015, o município apresentava nota 4.7 no Ensino Fundamental I e 4.0 no Ensino Fundamental II.

Já em 2019, essas notas foram elevadas para 5.0 no Ensino Fundamental I e 4.4 no Ensino Fundamental II.

Continue Lendo