Nos acompanhe

Paraíba

Justiça intima seis investigados na Operação Calvário para justificarem violações em cautelares

Publicado

em

A Justiça paraibana intimou pelo menos seis investigados que foram presos na Operação Calvário para justificarem o registro de violações nas medidas cautelares a eles impostas.

Todos os citados na lista de intimados foram presos na operação Juízo Final, deflagrada no final do ano de 2019 e tem um prazo de 48 horas para atender ao chamado judicial.

As intimações foram assinadas pelo relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB, desembargador Ricardo Vital de Almeida.

Na lista de intimados aparecem os nomes da prefeita de Conde Márcia de Figueiredo Lucena Lira; do ex-procurador-geral do Estado da Paraíba, Gilberto Carneiro da Gama; do advogado Francisco das Chagas Ferreira; do representante de empresas, Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas; do ex-coordenador de Metrologia Legal do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq), José Arthur Viana Teixeira; e, do empresário Vladimir dos Santos Neiva.

Operação Calvário

Todos os intimados são acusados de integrarem o esquema criminoso que desviou milhões de reais em recursos públicos de áreas essenciais, como Saúde e Educação no Estado da Paraíba.

Dentre tais nomes, o do ex-procurador Gilberto Carneiro é campeão da lista de denúncias feitas com base nas investigações da força-tarefa: sete. Os outros intimados respondem, cada um, por pelo menos, uma acusação.

 

Continue Lendo

Paraíba

Cabo Gilberto Silva denuncia situação de calamidade pública no Hospital General Edson Ramalho em JP

Publicado

em

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL), sensibilizado com o número de denúncias que tem recebido por parte de populares acerca do descaso enfrentado por pacientes no Hospital General Edson Ramalho, fez um apelo ao Governo do Estado da Paraíba através das suas redes sociais.

De acordo com o parlamentar, as denúncias dão conta de falta de leitos, falta de manutenção e precariedade no sistema de atendimento realizado nas dependências da unidade hospitalar localizada no bairro Tambiá, em João Pessoa.

Cabo Gilberto, em vídeo, questiona o destino final de mais de R$ 1 milhão (hum milhão de reais) em recursos que teriam sido direcionados ao Hospital e critica duramente a inércia do governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), diante da situação de calamidade pública instalada na unidade hospitalar.

“Peço como parlamentar estadual ao excelentíssimo governador, que olhe para as pessoas que necessitam de uma saúde digna para viver.⁣ Os recursos do governo federal não foram bem utilizados. De propaganda o povo não aguenta mais. Estamos fazendo nosso papel em defender os interesses da população”, disse o parlamentar.

Clique no player abaixo e confira a íntegra do vídeo:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Gilberto Silva (@cabogilbertosilva) em

 

Continue Lendo

Paraíba

Anísio Maia diz que se não for candidato do PT apoiará candidatura própria do PC do B na Capital

Publicado

em

O deputado estadual Anísio Maia (PT), durante entrevista nesta terça-feira (22), ao programa Correio Debate, da Rádio 98 FM, afirmou que se não for o candidato do seu partido a prefeito de João Pessoa nas Eleições 2020 irá apoiar a candidatura própria do PC do B na Capital.

Maia afirma que, hoje, representa uma corrente de forças que devem agir coletivamente, que quaisquer decisão que tomar será em tom coletivo, que o PC do B está sendo um aliado fortíssimo com identidades políticas muito verdadeiras e que, portanto, não se pode deixar “o PC do B na mão”.

Confira a íntegra da fala de Anísio Maia:

Continue Lendo

Brasil

Presidente nacional do PSB estranha empenho do PT em apoiar Ricardo e diz que siglas estão rompidas

Publicado

em

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, revelou ao programa Correio Debate, da Rádio 98 FM, nesta terça-feira (22), que estranha o empenho do PT em apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) a prefeito de João Pessoa, uma vez que as legendas estão oficialmente rompidas há algum tempo.

Ao ser questionado se o nome de Ricardo Coutinho é referendado pelo diretório nacional do partido, Siqueira afirmou que “diferentemente do PT, quem decide questão de eleição municipal é o congresso municipal do PSB. Se o congresso decidiu por ele nós respeitamos. É uma decisão que eu não posso mudar”.

Clique no player abaixo e confira a íntegra da fala do presidente Siqueira:

Continue Lendo