Nos acompanhe

Paraíba

Márcia Lucena protege familiares da Orcrim com emprego e vencimentos que recusa aos servidores

Publicado

em

Nada mais deplorável do ponto de vista da moralidade do que as ruínas do que ainda resta do império criminoso montado por Ricardo Coutinho, aquele que insiste em lives onde uma inexpressiva parcela de fanáticos ainda participa para aplaudir as justificativas mirabolantes sobre o assalto aos cofres públicos.

Mas, a organização criminosa apontada pelas investigações ainda sobrevive embutida em esconderijos disfarçados de prefeituras, onde parentes e aderentes das principais personagens dessa novela policial, que se transformou a Operação Calvário, são abastecidos com expressivos vencimentos, comprovando a foça e a influência do ex-governador, aquela que a decisão da ministra Laurita Vaz não enxergou, destaca publicação do Portal Jampa News.

Como nada permanece escondido para sempre, circula em grupos de whatsapp pelo litoral sul banners mostrando a ligação íntima da prefeita Márcia Lucena, de Conde, com a Organização Criminosa da qual foi acusada de participar e de ser uma das principais peças da bem azeitada engrenagem para surrupiar o dinheiro público.

Envolvida até o pescoço nos desmandos promovidos pelo ex-governador flagrado em gravações onde comemora a propina recebida, considerada como seu décimo terceiro, Márcia Lucena agora abriga parentes dos principais acusados, distinguidos com remunerações que os servidores locais jamais sonhariam obter.

O fato de Márcia continuar administrando os destinos de uma prefeitura se respalda em um dos princípios basilares do ordenamento jurídico deste país, que assegura tranquilidade aos malfeitores, porque beneficiados por uma presunção de inocência, que as provas devastadoras afastam irremediavelmente, prosseguindo assim intocáveis e irremovíveis, cometendo os mesmos delitos, até que se esgotem os recursos jurídicos.

Com esse tratamento privilegiado aos parentes da Orcrim girassol, com destaque para Livânia Farias e Gilberto Carneiro, principais protagonistas da Operação Calvário, os laços de família asseguram abrigo na prefeitura de Conde, com emprego e renda que os distinguem dos servidores comuns e locais.

Em assim fazendo Márcia professa uma máxima da Máfia Siciliana, onde a “família” tinha que ser amparada na desgraça dos seus chefes e capôs.

Os banners indicam também que o Conde se tornou refúgio seguro para os apaniguados de réus, em ações delituosas contra o erário, preservando privilégios.

E mais: os banners confirmam ainda que os laços de família são muito fortes na Orcrim girassol exatamente como professava a máfia siciliana.

Continue Lendo

Paraíba

Profissionais da saúde relatam sensação de alívio e segurança após vacina

Publicado

em

Duas palavras são recorrentes no discurso dos profissionais da área de saúde quando o tema é vacinação contra a covid-19: alívio e segurança. “A vacina tira um peso das costas dos profissionais de saúde, que agora poderão trabalhar mais aliviados. Fiz diversos testes com receio de ser assintomático e mesmo testando negativo sempre ficava aquela apreensão. Agora temos uma sensação um pouco maior de segurança”, relata o médico Lucas Sarmento Filho, que atua na clínica médica do Hospital Municipal Santa Isabel.

O médico conta que durante os últimos meses teve que redobrar os cuidados ao entrar em contato com os familiares, pois o receio de transmitir o vírus sempre estava presente. Entretanto, mesmo comemorando, Sarmento sabe que com o início da vacinação não é a hora para relaxar em relação aos cuidados para evitar a contaminação.

“A vacina agora é uma esperança, mas a gente sabe que não pode baixar a guarda. Sabe-se que a vacina tem eficácia de 50%, mas que para casos graves ela tem uma boa cobertura, então a gente está mais aliviado. Podemos trabalhar mais tranquilos com a certeza de que daqui a alguns meses estaremos todos protegidos contra essa nova doença”, alerta Lucas Sarmento.

Para o médico, o dia de ontem foi uma data muito especial para os profissionais de saúde. Ele que trabalha desde abril com pacientes que contraíram covid-19, o principal problema é que ninguém sabia muito bem como a doença se comportava. “Eu sou uma pessoa saudável, mas vi colegas jovens e muito saudáveis adoecerem e irem para UTI”, lembra.

Sempre alerta – O enfermeiro Rodrigo Lins Gomes de Lima, que trabalha no Samu, não descuidou da prevenção em nenhum momento durante a pandemia. Ao chegar em casa do trabalho, tomava banho do lado de fora para evitar contaminação. Mas, mesmo com todos esses cuidados, em abril do ano passado, ele contraiu a covid–19, foi entubado, precisou ficar na UTI e enfrentou uma internação de 14 dias antes de voltar pra casa.

“Mesmo tomando precauções a mais como, por exemplo, tomar banho de álcool com sabão antes de trocar a roupa de trabalho, acabei me contaminando. Não podemos relaxar, essa doença mata! Quando estou na rua e vejo jovens sem máscara sempre conto minha história como alerta”, relata.

Lima conta que, enquanto tomava banho após voltar do trabalho, sentiu uma falta de ar muito forte e começou a se debater. Naquele instante ele pensou que fosse morrer. “Eu disse pra minha esposa: eu vou morrer, eu não estou conseguindo respirar. Dei um plantão normal e chegando em casa já estava com 40 graus de febre, então liguei para os colegas do Samu”, relata.

O município de João pessoa recebeu neste primeiro lote 15.191 doses da coronavac. Na última quarta (20) e nesta quinta-feira (21), foram contemplados com a campanha de vacinação os Hospitais Municipais Santa Isabel, Valentina Figueiredo, Hospital Clementino Fraga, Hospital Universitário Lauro Wanderlei (HULW), Unimed, UPAs Bancários, Cruz das Armas, Valentina e Oceania, o Samu-192, Maternidade Frei Damião, Hapvida, Memorial São Francisco e Nossa Senhora das Neves.

Continue Lendo

Paraíba

Casa da Cidadania de Jaguaribe retoma atendimento com emissão de RG e Sine

Publicado

em

A Casa da Cidadania, localizada no bairro de Jaguaribe, retomou, nesta quinta-feira (21), o atendimento ao público, porém de forma parcial, com funcionamento das 8h às 14h. Os serviços disponibilizados no momento são emissão da carteira identidade (RG) – dando prioridade às pessoas idosas e portadores de necessidades especiais – e o balcão do Sistema Nacional de Emprego (Sine-PB). Para emissão de RG, é necessário agendamento pelo número 3218-5523. Até o final de fevereiro, as 28 Casas da Cidadania do Estado deverão ser reabertas.

Agora, são 11 cass que retomaram o atendimento e estão à disposição da população, sendo quatro na capital: Casas da Cidadania dos Shoppings Manaíra e Tambiá, Jaguaribe, além do Programa Cidadão no Espaço Cultural (para pessoas em vulnerabilidade social). E nas cidades de Campina Grande, Mamanguape, Cuité, São Bento, Juazeirinho, São Sebastião do Umbuzeiro e Sumé.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, presenciou a abertura da Casa da Cidadania, em Jaguaribe, e comentou que, desde setembro, os serviços estão sendo retomados, adotando todos os cuidados necessários e protocolos sanitários. “Estamos retomando os serviços com todos os cuidados necessários, já foi o Programa Cidadão, as Casas da Cidadania do Manaíra, Tambiá, porque há uma demanda, principalmente, para emissão de RG, que está muito alta, acumulada naturalmente pelos meses sem funcionamento”, disse.

Tibério Limeira observou que o fechamento desses pontos de atendimento foi uma medida necessária para proteção das vidas das pessoas, tendo em vista a pandemia do coronavírus. “Porém agora já sabemos como lidar com a doença, tomando todas as medidas: usando máscaras, higienizando as mãos, e precauções necessárias. E hoje estamos reabrindo a Casa de Jaguaribe, com prioridade para idosos e pessoas com deficiência que estão na fila de espera para emissão de documentos, e paulatinamente vamos reabrindo os demais serviços da casa. E até o final de fevereiro reabriremos todas as 28 Casas da Cidadania do Estado”, adiantou.

Dona Maria Belmiro da Silva (65), residente no bairro Colinas do Sul, foi a primeira a ser atendida quando do reinício dos trabalhos na Casa da Cidadania, em Jaguaribe. Ela aniversariou no último mês de outubro e procurou o serviço para confeccionar uma nova carteira de identidade, colocar a observação da idade e assim desfrutar da gratuidade nos transportes públicos. “Estava aguardando ansiosa que o serviço fosse reaberto para poder trocar minha identidade, colocar o carimbo de 65 anos e poder andar de graça nos ônibus”, declarou eufórica a dona de casa.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeito de Brejo do Cruz revogará Decreto que autoriza sacrifício de animais abandonados

Publicado

em

O prefeito Tales Torricelli (PSDB), de Brejo do Cruz, município do interior da Paraíba, após enfrentar várias críticas e ser denunciado pelo Núcleo de Justiça Animal da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), confirmou que revogará o Decreto publicado na segunda-feira (18) que autoriza sacrifício de animais abandonados na cidade.

“Vamos dialogar com as entidades judiciais e protetoras dos animais para tomarmos a melhor solução para resolver o problema dos animais de rua”, disse o gestor.

A revolta se deu com a redação do Art. 7º do Decreto afirmando que “O animal apreendido, quando não reclamado junto ao Departamento de fiscalização de postura ou órgão que vier a substituí-lo, no prazo estabelecido pelo §1º do art. 3º deste Decreto, terá a seguinte destinação, a critério da autoridade sanitária: I – doação; II – sacrifício; III – leilão em hasta pública“. (Clique aqui e confira detalhes)

Continue Lendo