Nos acompanhe

Paraíba

JP tem 20 novas mortes confirmadas por coronavírus após conclusão de laudos epidemiológicos

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de João Pessoa divulgou, nesta segunda-feira (25), estudos conclusivos sobre mortes ocorridas em decorrência da Covid-19 que estavam sob investigação. Indicadores da Vigilância Epidemiológica do município apontam que, nos últimos 60 dias, 74 casos passaram por apuração depois da análise detalhada de declarações de óbito encaminhadas por 29 hospitais públicos e privados em que poderia haver suspeita de coronavírus. Desse total, 33 mortes foram descartadas, 24 confirmados e 21 seguem em investigação. O monitoramento epidemiológico integra o protocolo nacional e internacional de validação de óbitos da doença, cumprindo com o que prevê a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O levantamento é feito com base em uma ampla apuração, que inclui a revisão de prontuários médicos e exames realizados pelo paciente, entrevistas e testes com familiares, além de análise laboratorial comprobatória. “O número de óbitos vai aumentar em função dessa revisão de casos, que inclui os falecimentos por Covid-19 sob investigação. É importante ressaltar que as mortes não aconteceram no mesmo momento. Elas refletem um apanhado mais abrangente, de um período de até 60 dias”, ponderou o secretário Adalberto Fulgêncio.

João Pessoa tem hoje 71 óbitos por Covid-19 registrados. Com os 20 casos confirmados, após a análise conclusiva, a cidade passa a ter 91 registros de pessoas que não resistiram à doença. “Um estudo dessa natureza envolve a participação de vários técnicos que vão diariamente aos 29 hospitais de João Pessoa e às casas de vítimas para esclarecer cada caso. Testes rápidos também são realizados com parentes ou pessoas próximas, com o objetivo de conter eventuais focos de Covid-19. Essas informações são imprescindíveis para o controle do vírus e a adoção de medidas sanitárias localizadas”, disse Fulgêncio.

*Informações* – O secretário informou que os casos prováveis poderão ser acompanhados pela população nos painéis oficiais de monitoramento da doença a partir da terça-feira (26). “A evidência de subnotificações em todo o mundo exigiu que aprofundássemos os métodos de estudo, tornando todos os indicadores mais próximos da realidade. Seguimos corrigindo distorções e ampliando as etapas de verificação, dando maior celeridade às investigações empreendidas pela vigilância epidemiológica”, afirmou. O acesso aos dados encontra-se disponível no portal (http://jpcontracovid19.joaopessoa.pb.gov.br/) e também na plataforma de contagem de casos (https://experience.arcgis.com/experience/d76ba516389d4e83b9a778d266cac5c1/).

Continue Lendo

Paraíba

João Azevêdo anuncia folhas de pagamento no valor de R$ 1 bilhão e 300 milhões

Publicado

em

O governador João Azevêdo anunciou, nesta quinta-feira (26), o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário do funcionalismo público do estado e da folha de pessoal referente ao mês de dezembro. Na ocasião, o gestor também garantiu o pagamento do abono natalino para 520 mil famílias e do 14º e 15º salários destinados aos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor – 2020. As ações, incluindo o pagamento de novembro – nos dias 27 e 30 deste mês – representam um impacto financeiro superior a R$ 1,3 bilhão nos cofres públicos estaduais que serão injetados nos próximos 26 dias, fomentando a economia da Paraíba no período natalino e garantindo o fortalecimento dos setores de comércio e serviços.

Conforme o calendário anunciado pelo chefe do Executivo estadual, a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores será paga no próximo dia 10. Já o pagamento de dezembro será efetuado nos próximos dias 23 e 24. O abono natalino será pago entre os dias 10 e 23 de dezembro, beneficiando 520 mil famílias inscritas no programa Bolsa Família na Paraíba.

Já o 14º e 15º salários dos professores serão pagos no dia 23 dezembro. A iniciativa do Governo do Estado premia experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas em escolas da Rede Estadual de Ensino. Este ano, a gestão estadual, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, inovou com uma série de ações para atender aos estudantes em virtude da suspensão das aulas presenciais provocadas pela pandemia do coronavírus, a exemplo do Regime Especial de Ensino e da TV Paraíba Educa.

“Apesar da crise econômica gerada pela Covid-19, a eficiência da gestão fiscal do estado permitiu que fizéssemos esse anúncio que irá gerar um forte impacto na economia da Paraíba pelos próximos 26 dias, incrementando diversos setores do nosso estado que estão retomando as suas atividades. Apesar de todas as dificuldades, conseguimos manter o pagamento do funcionalismo sempre dentro do mês trabalhado e também antecipamos a primeira parcela do décimo terceiro, o que representa o nosso compromisso com os servidores e com o povo da Paraíba que terá, com os cuidados necessários que a pandemia ainda impõe, um Natal mais tranquilo”, ressaltou o governador João Azevêdo.

Calendário de pagamentos:

27/11 – pagamento dos salários de novembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados

30/11 – pagamento dos salários de novembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta

10/12 – pagamento da segunda parcela do 13º salário do funcionalismo público estadual

10/12 a 23/12 – pagamento do abono natalino a beneficiários do Bolsa Família

23/12 – pagamento dos salários de dezembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados e 14º e 15º salários dos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor

24/12 – pagamento dos salários de dezembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta

Continue Lendo

Negócios

Rapper mineiro, Flávio Renegado, entrevista Myra Maya nesta quinta

Publicado

em

A cantora Myra Maya será entrevistada pelo rapper mineiro Flávio Reganado na série de lives “RAPensando a Escola”, onde o artista carioca falo sobre a inclusão da arte e da cultura nas escolas e como isso é importante para a música.

A live será nesta quinta, 26, e pode ser acompanhada através do Instagram do artista @flaviorenegado a partir das 21h.

Flávio Reganado

Recentemente batizado como afilhado musical da ícone Elza Soares, é também um dos mais importantes e legítimos representantes da música negra brasileira. Cantor, compositor, produtor musical e ator mineiro, nasceu em 1982.

Negro, com origem na favela e filho de um tempo propício as liberdades culturais, Flávio mobilizou-se pela música e empunhou a bandeira da cultura Hip-Hop e do Rap, desde seus primeiros passos nas ruas e vielas do Alto Vera Cruz, comunidade carente de BH, porém importante bairro da capital mineira, que possui desde suas origens, rica e diversificada vida cultural.

Dono de uma das mais importantes carreiras do seguimento no Brasil, Flávio Renegado atingiu o sucesso já nos primeiros trabalhos, recebendo o prêmio de Artista Revelação por seu disco de estreia, Do Oiapoque a Nova York (2008).

Já apresentou nos principais templos da música mundial, como no Central Park em Nova York e fez sua estreia no palco do festival Rock in Rio em 2013 com o um dos mais elogiados shows daquela edição, após sua segunda e bem-sucedida turnê pela Europa.

Myra Maya

Cantora, compositora e atriz Myra Maya nasceu em Conceição do Araguaia – Pará, mas está na Paraíba desde infância.

Myra possui dois álbuns lançados, “Na Mira” (2011) e “Experience” (2013) e está em vias de lançar seu terceiro trabalho.

Um das expoentes da música pop atual, já se apresentou em diversos festivais pelo país e tem uma música sobre o universo trans com a “Sinta a Liga Creew”, além de apresentações com Elza Soares, Vanderlee e Totonho.

Durante as eleições de 2020, Myra fez lives com os candidatos a prefeitura de João Pessoa sobre cultura.

Continue Lendo

Paraíba

Cartaxo anuncia pagamento do 14º salário a todos os profissionais da Educação no próximo dia 15

Publicado

em

Com um investimento de R$ 13 milhões para reconhecer e estimular as boas práticas de ensino desenvolvidas em João Pessoa, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou, nesta quinta-feira (26) a data do pagamento do 14º salário a todo os profissionais da Educação na Capital. No próximo dia 15, em torno de 9 mil profissionais da Educação, entre professores, gestores, especialistas e equipe de apoio como merendeiras e vigilantes receberão o Prêmio Escola Nota 10, como forma de reconhecimento pelo desempenho pedagógico e funcional das unidades de ensino. Este ano, com a pandemia do novo Coronavírus, a premiação destaca o trabalho dos profissionais que se reinventaram e desenvolveram estratégias que garantiram a continuidade do ano letivo para os 65 mil alunos da rede da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

“O 14º salário concedido pela Prefeitura através do Prêmio Escola Nota 10 é o resultado de um trabalho que estes profissionais desenvolvem ao longo de todo o ano para garantir uma boa Educação às nossas crianças. Cuidar da Educação é uma prioridade da nossa gestão desde 2013 e a todos os investimentos que realizamos, desde a implantação de um alto padrão de qualidade nas unidades, também se soma à valorização dos profissionais que têm um papel fundamental para a construção do futuro de nossa cidade”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

O Prêmio Escola Nota 10 é uma bonificação, prevista em lei, que concede aos profissionais do Magistério e equipe de apoio, a premiação do 14º salário, conforme desempenho pedagógico e funcional das unidades de ensino, mediante avaliação anual das Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Centros de Referência em Educação Infantil. O objetivo é incentivar, reconhecer e premiar todos os profissionais em Educação lotados nas unidades de ensino que se dedicam durante todo o ano para garantir o desenvolvimento educacional dos estudantes, resultando na melhoria da qualidade da Educação da Rede de Ensino Municipal de João Pessoa, conforme atestam as notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Nas notas deste ano, por exemplo, João Pessoa subiu na avaliação, ultrapassando as metas que estavam estipuladas pelo Ministério da Educação para 2021.

Em 2020, o decreto que regulamenta o Prêmio, também foi reestruturado considerando o trabalho remoto desenvolvido pelas unidades de ensino em virtude da Covid-19. Em virtude da pandemia, todos os profissionais das unidades de ensino se reinventaram em pouco tempo para garantir que a Educação chegasse ao maior número de estudantes possível. O trabalho educacional foi realizado por meio de gravação de vídeo-aulas, aulas ao vivo por meio de aplicativos, exibição de aulas em TV aberta, entrega de material impresso, para os estudantes que não tinham acesso à internet, além também da entrega da alimentação diariamente. “Este ano, mais do que nunca, esses profissionais são merecedores da premiação”, Edilma Freire, secretária de Educação.

Continue Lendo