Nos acompanhe

Paraíba

Raniery Paulino quer a instalação de Comitê Emergencial para “Saúde Mental” na Paraíba

Publicado

em

Em conversa com o Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde, Fabiano Moura de Moura (CRP 13-6215), o deputado estadual Raniery Paulino, sugeriu através de ofício encaminhado para o Secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, a instalação de um Comitê Emergencial para saúde Mental na Paraíba, por força da pandemia do Covid-19. O ofício sugere um plano de atuação urgente para o cuidado mental imediato.

O medo e a incerteza são elementos que ampliam a angustia coletiva neste momento, por força da pandemia. Com isso, o parlamentar preocupado com a política pública de assistência em saúde mental, solicitou em caráter de urgência a possibilidade do comitê emergencial para tratar da saúde mental do povo paraibano.

” Fui procurado por Fabiano Moura de Moura, um dos grandes especialista na área da saúde mental. Por isso, apresentei para o Secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, o ofício solicitando em caráter de urgência a possibilidade de instalar um Comitê Emergencial para tratar sobre o assunto ” Saúde Mental”. Todos sabem que houve uma redução no orçamento do SUS e que por conta de outras demandas críticas a saúde mental passou a ser secundária. ” afirmou Raniery.

Para o Psicólogo Fabiano Moura, os governantes precisam apresentar imediatamente uma ação para cuidar da Saúde Mental da população ou iremos ver algo nunca visto em termos de estatísticas de transtornos mentais.

“Anotem aí! Os governantes têm que apresentar uma ação para cuidar da saúde mental da população ou viveremos algo nunca visto em termos de estatísticas de transtornos mentais como ansiedade, depressão, pânico, toc, tept e números crescentes de suicídio, divórcios, violência doméstica e outros. É preciso ser posto em prática imediatamente um plano de intervenção psicológica para impedir que aconteçam danos graves à saúde de nosso povo. Sr. presidente, Srs governadores, Srs prefeitos: convidem os psicólogos, psiquiatras e os conselhos para apresentarem um plano de atuação para o cuidado mental imediato. não deixem o nosso povo adoecer. As consequências de transtornos mentais são incalculáveis. Peço a todos que façam esta mensagem chegar a todos governantes, pois algo precisa ser feito urgentemente.” analisou Fabiano Moura de Moura.

Finalizando, Raniery Paulino ainda sugeriu a possibilidade de realizar uma videoconferência com os profissionais da área, visando a instituição de um plano consistente de atuação para o cuidado mental imediado, conforme sugerido pelo Fabiano Moura de Moura – psicólogo clínico, mestre em psicologia clínica e da saúde.

Continue Lendo

Paraíba

Covid-19: Governo do Estado abre nova seleção com 553 vagas para profissionais de saúde

Publicado

em

O Governo da Paraíba abriu, nesta quinta-feira (9), um novo processo seletivo simplificado para contratação emergencial de profissionais de saúde. O edital, publicado no Diário Oficial do Estado, oferta 553 vagas. As inscrições vão até esta sexta-feira (10) e devem ser feitas por links específicos. A relação final dos classificados será divulgada em 15 de abril.

O contrato de trabalho terá validade de 90 dias e pode ser prorrogado por igual período. Serão selecionados profissionais para as seguintes funções:

  • Assistente social
  • Auxiliar de farmácia
  • Enfermeiro
  • Técnico de Enfermagem
  • Farmacêutico
  • Fisioterapeuta
  • Maqueiros
  • Médico
  • Médico intensivista
  • Nutricionista
  • Psicólogo

Alta demanda

Também nesta quinta-feira, o Estado fez a terceira convocação de profissionais de saúde para atuação no combate à Covid-19. Eles se dividirão nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Pombal, Cajazeiras, Patos e Sousa.

Continue Lendo

Paraíba

Cartaxo abre novo Centro POP 24h com leitos para acolher pessoas em situação de rua

Publicado

em

Depois de assegurar kits de higiene, refeições gratuitas nos restaurantes populares, ampliar atendimento nos programas de assistência e ofertar auxílio-moradia para famílias em situação de rua, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, abriu, nesta quinta-feira (9), o novo Centro Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP). A nova unidade irá funcionar no bairro de Jaguaribe, com atendimento 24h, e vai ofertar 20 leitos para acolher pessoas que vivem nesta condição.

O gestor visitou as instalações do segundo Centro POP implantado na Capital e abriu a unidade sem solenidade. “O suporte às pessoas em situação de rua é parte fundamental do plano de combate ao novo coronavírus em João Pessoa. Desde o primeiro momento, um conjunto de medidas foram adotadas para garantir segurança alimentar e reduzir os riscos de contágio. Com o Centro POP 24h avançamos em uma nova fase de acolhimento, que teve início com a oferta do auxílio-aluguel para aproximadamente 200 pessoas”, disse o prefeito.

Além dos leitos, o Centro POP 24h vai ofertar café da manhã e jantar inicialmente para 100 pessoas em situação de rua, número que pode ser ampliado de acordo com a demanda. Além das duas refeições oferecidas no Centro Pop, as pessoas em situação de rua também ganham o almoço gratuitamente nos restaurantes populares. Junto com a primeira unidade e com os restaurantes populares, 100% de quem vive nas ruas terá acesso às medidas de segurança alimentar.

O espaço vai dispor de banheiros e áreas para a higienização dos moradores, que vem recebendo um kit de proteção ao novo coronavírus, com produtos como máscaras e álcool em gel.

Novas medidas – De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares, outros 20 leitos de acolhida para pessoas em situação de rua serão abertos na próxima semana. “Estamos abrindo mais uma casa para o atendimento exclusivo de pessoas em situação de rua, assegurando novos espaços de acolhimento”, disse Tavares.

Outros programas de atenção social ampliaram a sua capacidade de atendimento durante o período da epidemia, como o Consultório na Rua e o Ruartes. Diego Tavares lembrou a importância da população seguir fazendo um gesto solidário, doando, sempre que possível, alimentos e insumos. “Apenas nos primeiros dias, a Central de Doações recebeu mais de meia tonelada de alimentos, destinados às pessoas em situação de rua e abrigos para idosos de longa permanência”, afirmou.

Continue Lendo

Paraíba

Sistema Prisional vai fabricar mais de 200 mil máscaras para policiais e bombeiros da Paraíba

Publicado

em

A Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) realizou, nesta segunda-feira (6), a aquisição de insumos necessários à produção de máscaras destinadas a policiais militares, policiais civis e bombeiros militares, por conta da pandemia do coronavírus. A fabricação será possível graças a uma parceria firmada entre a Sesds e a Secretaria de Administração Penitenciária, para que os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) sejam feitos pelas reeducandas da Penitenciária Feminina ‘Maria Júlia Maranhão’, utilizando polipropileno e seguindo os padrões estabelecidos pela Resolução de Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Nacional (Anvisa) – RDC nº 356/2020, publicada no Diário Oficial da União, em virtude da emergência de saúde pública internacional relacionada ao Sars-CoV-2.

De acordo com o secretário Jean Nunes, foram adquiridos 200 rolos de TNT, elásticos, hastes flexíveis para ajuste e cola. “Essa foi a nossa primeira compra e vai proporcionar a fabricação superior a 200 mil máscaras, que serão direcionadas aos nossos policiais civis, militares, bombeiros militares e servidores administrativos que exercem atividades essenciais em nossa pasta. De acordo com a demanda, iremos adquirindo os insumos”, afirmou o secretário.

Ele ainda reforçou a importância da parceria e integração entre as secretarias que compõem o Sistema de Segurança Pública no Estado. “Os EPI já estão sendo fabricados para a Administração Penitenciária e agora com a aquisição do material por parte da nossa secretaria, também serão para nós. Isso demonstra parceria, pois todos somos agentes de Segurança Pública”, frisou.

O secretário Sérgio Fonseca, da Administração Penitenciária, destacou a integração entre as pastas. “Nesse momento, diante da pandemia do Covid-19, é uma grande honra para a nossa pasta e para todos os policiais penais reforçar ainda mais essa união, essa integração, que existe entre ambas as secretarias”, declarou.

Continue Lendo