Nos acompanhe

Paraíba

Corona: Cartaxo defende aumento do número de leitos hospitalares e apoio financeiro aos município

Publicado

em

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, defendeu, na tarde desta quinta-feira (19), que novas medidas mais restritivas sejam adotadas para a prevenção ao coronavírus, o aumento no número de leitos hospitalares de enfermaria e UTI, a uniformização do protocolo de regulação dos atendimentos entre Prefeitura e Estado e um apoio financeiro do Governo Federal para que os municípios possam adotar medidas preventivas, durante reunião no Palácio da Redenção. O prefeito se reuniu com o governador João Azevêdo, o secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, o procurador-Geral do município, Adelmar Régis, representantes do Governo Estadual e da Procuradoria da República, do Estado e Ministério Público.

Na ocasião intergovernamental para gestão de crise da Covod-19 foi discutida a importância das medidas conjuntas e responsabilidades de cada ente na adoção de medidas de prevenção, mas também nos casos de atendimentos a pacientes através da criação de um plano de contingência ao coronavírus, que inclui a regulação dos atendimentos e também novas medidas de restrição de circulação de pessoas para reduzir a capacidade de circulação e transmissão do vírus.

“A Prefeitura de João Pessoa já está adotando preventivamente uma série de medidas para auxiliar neste processo de proteção da nossa população ao coronavírus. E podemos perceber que a cidade está absorvendo bem estas decisões que nós tivemos que adotar, mas acreditamos que ainda podemos avançar com medidas mais restritivas. É melhor tomarmos estas medidas hoje para não termos que ser mais duros nos próximos meses”, afirmou o prefeito.

Segundo ele, é importante que a partir de agora a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES) atuem em um esforço conjunto . “É importante que as secretarias possam se tornar uma só no sentido de dar as melhores respostas, uniformizando um protocolo de regulação dos atendimentos e disponibilizando mais leitos hospitalares de UTI e de Enfermaria para atender os casos que precisarem de atendimento hospitalar. Temos ainda que criar um mecanismo de acompanhamento e ampliar a capacidade de realização dos testes, que no meu entender, deveria ser realizado nos domicílios”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

Como membro da diretoria da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Luciano Cartaxo defendeu ainda que os municípios recebam apoio através de recursos para superar o momento de crise relacionada à Covid-19. “A Frente Nacional de Prefeitos está encaminhando várias solicitações ao Governo Federal e precisamos fazer uma discussão sobre o equilíbrio fiscal dos municípios e também dos estados”, afirmou.

Também participaram da reunião o procurador da República na Paraíba, José Guilherme Ferraz; o procurador Geral do Estado, Fábio Andrade; o procurador-Geral de Justiça da Paraíba, Seráphico da Nóbrega; o procurador Representante do Ministério Público do Trabalho, Carlos Eduardo; a procuradora da República na Paraíba, Janaína Andrade e o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, entre outros representantes do Governo Estadual.

Continue Lendo

Paraíba

Prefeitura faz higienização de USFs e equipamentos públicos em Mangabeira

Publicado

em

As equipes de limpeza e higienização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) estarão neste sábado (4) pela manhã realizando serviços de limpeza e higienização contra a covid-19 (coronavírus) nas Unidades de Saúde da Família (USF) de Mangabeira, na Unidade Nova União e no Terminal de ônibus 303 do bairro de Mangabeira.

À tarde, a partir das 14h, as equipes se dirigem para o Terminal de Integração do bairro Cidade Verde, para realizar o serviço nas paradas da Integração de ônibus 301, Mangabeira VII, Centro Cultural de Mangabeira e demais USFs do bairro.

Nesta sexta-feira (3), as equipes adiantaram a limpeza do Instituto Cândida Vargas, do Restaurante Popular da Lagoa, do Complexo Hospitalar de Mangabeira (Ortotrauma) e do Restaurante Popular de Mangabeira. Na terça-feira (7), estão programadas limpezas e higienização do Samu e das ambulâncias.

O coordenador da Defesa Civil, Nóe Estrela, comentou que a demanda dos serviços de limpeza das áreas e logradouros públicos vai sendo realizada à medida que a população vai solicitando.

A ação de combate é realizada em conjunto pelas Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (CVAZ), Defesa Civil, Vigilância Sanitária e Emlur.

Continue Lendo

Paraíba

ALPB homenageia grupos de apoio e profissionais que estão atuando durante quarentena

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, apresentou votos de aplauso para os representantes dos grupos de apoio, garis, motoboys e caminhoneiros, profissionais que permanecem trabalhando durante o período de quarentena para atender as pessoas que se encontram em isolamento social, devido a pandemia do coronavírus. O parlamentar também homenageou os trabalhadores da saúde, a imprensa e a segurança pública.

O parlamentar ressaltou que a homenagem é para todos os grupos de apoio que têm se formado no Estado, com o objetivo de ajudar as pessoas que mais precisam, em especial, aquelas que se encontram em grupos de risco, durante o período de isolamento.

“Diante desse difícil cenário, tanto para a saúde pública como para a economia, muitos cidadãos e grupos estão manifestando o espírito fraterno de diversas formas, expandindo a sua solidariedade através de diversas ações sociais, dentre as quais se destacam as campanhas de arrecadação de alimentos, máscaras, álcool em gel e outros itens de saúde, para ajudar quem mais precisa, além daquelas que promovem à cidadania, com o simples ato de se colocar à disposição do próximo para fazer atividades do cotidiano”, disse Galdino.

Com relação a imprensa, Adriano justificou a homenagem destacando a importância para a sociedade paraibana do trabalho desempenhado pela “imprensa livre e independente do nosso estado, que com muita responsabilidade, vem informando, diariamente, os fatos relevantes sobre a Covid-19, contribuindo, assim, para a diminuição do fluxo de pessoas, o que evita o eventual contágio da doença”.

O presidente relembrou que o Legislativo Estadual também está viabilizando recursos para a aquisição de máscaras e protetores faciais para os profissionais da área de saúde do estado. Ele ressaltou que a homenagem da Casa para os profissionais se deve pelo reconhecimento ao trabalho que cada categoria permanece fazendo para proteger a população do coronavírus.

“O trabalho que vem sendo realizado pelos caminhoneiros, por exemplo, é de suma importância não apenas para o nosso Estado, como também para o nosso país, uma vez que graças a essa categorial de profissionais os suprimentos hospitalares, alimentos e produtos essenciais estão chegando aos seus destinos. Graças a ajuda de cada um temos travado essa luta. Todos merecem todo o nosso reconhecimento e respeito”, destacou.

Garis e motoboys também estão sendo prestigiados pelos parlamentares da ALPB. “O trabalho feito pelos motoboys é de suma importância para os consumidores paraibanos, uma vez que graças a eles os alimentos, remédios e outros produtos essenciais que solicitamos estão chegando em nossos domicílios. Já os garis estão fazendo com que as ruas permaneçam limpas e higienizadas, evitando, assim, o eventual contágio do novo vírus, além de contribuir com a diminuição de proliferação de outras doenças contagiosas”, disse.

Continue Lendo

Negócios

Unimed João Pessoa anuncia medidas para atender clientes com Covid-19

Publicado

em

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley (HAUW) será reservado, preferencialmente, na rede da Unimed João Pessoa, para o atendimento a pacientes com suspeita de Covid-19. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (3) pela diretoria da Cooperativa durante coletiva de imprensa. A expectativa da Unimed JP é estar com uma estrutura pronta para atender entre 220 e 250 mil pessoas, incluindo clientes da Cooperativa, de outras Unimeds que se encontrem na Capital e da Cassi.

A entrevista foi concedida pelo presidente do Conselho de Administração (Conad) da Unimed JP, Gualter Lisboa Ramalho; pelo coordenador do Núcleo Estratégico de Enfrentamento à Covid-19 da Cooperativa, Petrúcio Abrantes Sarmento; e pelo representante do Conad no Núcleo, Luis Antônio Cavalcante da Fonseca.

Gualter Ramalho destacou que, ao se estruturar para uma demanda de até 250 mil pessoas, a Unimed JP diminuiu a sobrecarga do serviço público. Ele explicou que foi definido um fluxo preferencial de atendimento junto à rede credenciada da Cooperativa para grupos considerados mais vulneráveis, como pacientes pediátricos, obstétricos, idosos e oncológicos. As unidades de referência pactuaram este modelo. As informações serão divulgadas para os clientes, de forma detalhada, na próxima semana.

O presidente da Unimed JP esclareceu que o cancelamento das cirurgias eletivas, aliado a estas medidas pactuadas com a rede, irão prover, de forma antecipada e escalonada, o modelo de segurança desejado. Está definido que clientes não-Covid que procurarem o HAUW serão direcionados para a rede, de acordo com o fluxo e tipo de atendimento definidos para cada unidade. A finalidade é deixar o Hospital Alberto Urquiza livre preferencialmente para os casos de Covid-19. “Hoje, o Hospital Alberto Urquiza tem capacidade para as duas demandas. O que estamos fazendo é nos preparar para a necessidade de atendimento”, esclareceu.

No momento, o HAUW tem 55 leitos destinados a pacientes com Covid-19. Diariamente, são realizadas reuniões com análise contínua de indicadores pelo Núcleo Estratégico de Combate à Covid, de forma técnica, para melhor planejar as medidas necessárias.

UNIÃO DE FORÇAS

Gualter Ramalho informou que, logo após ter sido eleito presidente da Unimed JP, no sábado passado (28), já fez a primeira reunião interna para discutir as medidas para enfrentamento à Covid-19. A agenda seguiu no decorrer da semana com reuniões com Prefeitura de João Pessoa, Governo do Estado, Ministérios Públicos Estadual e Federal e Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O objetivo é compartilhar protocolos e atuar de forma integrada para reduzir custos. Unir forças.

Além da definição do fluxo de atendimento, ele explicou que estão sendo discutidas medidas em conjunto para evitar o trânsito de profissionais de saúde entre os hospitais e otimizar as compras de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Outro esforço conjunto das entidades é a aquisição de testes rápidos para detectar, o quanto antes, se algum profissional foi contaminado.

“Nossa missão é atender os usuários, preservando os profissionais da saúde”, declarou Petrúcio Abrantes Sarmento, coordenador do Núcleo Estratégico de Enfrentamento à Covid-19.

EPIS: GRANDE DESAFIO

O grande gargalo hoje no enfrentamento à Covid-91, em todo o mundo, é a aquisição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Por isso, o isolamento social é fundamental nesse momento.

O médico Luis Antônio Cavalcante reforçou que a finalidade dessa medida é adiar o pico da Covid-19, o que dará tempo para as redes pública e privada se estruturarem, se organizarem, treinarem as equipes e conseguirem os EPIs. “Essa, talvez, seja uma medida salvadora. Quanto menor o pico, melhor”, afirmou.

E é em decorrência da necessidade dos equipamentos de proteção individual que as cirurgias eletivas estão canceladas. É preciso “poupar” as EPIs para que estejam disponíveis no caso de necessidade para atendimento a pacientes com Covid-19.

MOMENTO EXIGE CALMA

Durante todo o momento em que anunciaram as medidas, os gestores da Unimed João Pessoa alertaram que os clientes devem ficar tranquilos, pois terão o atendimento garantido no Hospital Alberto Urquiza ou em qualquer outra unidade da rede. O que se está fazendo é organizar o fluxo para garantir assistência resolutiva, eficiente e segura, com base em critérios científicos.

E deve-se evitar pânico. As providências estão sendo tomadas de forma sistemática e planejada. “Estamos nos preparando para um cenário desfavorável para que sejamos surpreendidos de forma positiva”, afirmou Gualter Ramalho.

Continue Lendo