Nos acompanhe

Paraíba

Denúncia da Calvário põe TCE e MPPB em rota de colisão. Confira os áudios

Publicado

em

A presença de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) entre os investigados na Operação Calvário colocou o órgão em rota de colisão com o Ministério Público da Paraíba (MPPB). Em nota divulgada para a imprensa, nesta quarta-feira (15), o presidente do órgão de controle acusou o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de estar criminalizando a instituição Tribunal de Contas. O posicionamento causou a reação do coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto, que cobrou investigação interna do órgão sobre processos engavetados por conselheiros.

A reação de Viana teve como motivo o texto da denúncia protocolada pelo Ministério Público no qual afirma que o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) tinha amplo domínio sobre segmentos dos demais poderes. Um exemplo seria a atuação de parcela dos conselheiros. Pelo menos três deles integram o rol de investigados. A lista inclui Arthur Cunha Lima, Nominando Diniz e André Carlo Torres. Os dois primeiros foram afastados do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), destaca publicação do Blog do Suetoni.

Confira o trecho da denúncia protocolada após a sétima fase da Operação Calvário:

O presidente do TCE, Anóbio Viana, reagiu à acusação: “Uma instituição não comete crimes, quem comete crime são as pessoas. A pessoa que comete deve ser denunciada e punida. A instituição é sagrada. Na igreja católica se os padres cometem pecados, que respondam. Não a igreja católica. O TCE é uma instituição e deve ser respeitada. Quem se porta contra uma instituição está acabando com os pilares da democracia. As pessoas devem ser identificadas e responder.

O coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto reagiu. “Me causa certo espanto a nota veiculada pelo conselheiro Arnóbio Viana, até porque ele, ao invés de veicular as medidas adotadas pelo Tribunal de Contas para auditar os processos que ficaram engavetados por anos e anos, no caso da Cruz Vermelha e outros casos, bem assim, outras circunstâncias bem peculiares”, pontuou Octávio.

Confira o áudio:

O promotor também fez cobranças em relação à necessidade de colaboração do Tribunal de Contas do Estado para elucidar o caso. “O que eu queria ver, Suetoni, do nobre presidente do Tribunal de Contas do Estado era que queria auxiliar no esclarecimento dos fatos e não ficar com essa narrativa infantil”, ressaltou.

Confira o áudio:

Continue Lendo

Paraíba

Cabo Gilberto Silva denuncia situação de calamidade pública no Hospital General Edson Ramalho em JP

Publicado

em

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL), sensibilizado com o número de denúncias que tem recebido por parte de populares acerca do descaso enfrentado por pacientes no Hospital General Edson Ramalho, fez um apelo ao Governo do Estado da Paraíba através das suas redes sociais.

De acordo com o parlamentar, as denúncias dão conta de falta de leitos, falta de manutenção e precariedade no sistema de atendimento realizado nas dependências da unidade hospitalar localizada no bairro Tambiá, em João Pessoa.

Cabo Gilberto, em vídeo, questiona o destino final de mais de R$ 1 milhão (hum milhão de reais) em recursos que teriam sido direcionados ao Hospital e critica duramente a inércia do governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), diante da situação de calamidade pública instalada na unidade hospitalar.

“Peço como parlamentar estadual ao excelentíssimo governador, que olhe para as pessoas que necessitam de uma saúde digna para viver.⁣ Os recursos do governo federal não foram bem utilizados. De propaganda o povo não aguenta mais. Estamos fazendo nosso papel em defender os interesses da população”, disse o parlamentar.

Clique no player abaixo e confira a íntegra do vídeo:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Gilberto Silva (@cabogilbertosilva) em

 

Continue Lendo

Paraíba

Anísio Maia diz que se não for candidato do PT apoiará candidatura própria do PC do B na Capital

Publicado

em

O deputado estadual Anísio Maia (PT), durante entrevista nesta terça-feira (22), ao programa Correio Debate, da Rádio 98 FM, afirmou que se não for o candidato do seu partido a prefeito de João Pessoa nas Eleições 2020 irá apoiar a candidatura própria do PC do B na Capital.

Maia afirma que, hoje, representa uma corrente de forças que devem agir coletivamente, que quaisquer decisão que tomar será em tom coletivo, que o PC do B está sendo um aliado fortíssimo com identidades políticas muito verdadeiras e que, portanto, não se pode deixar “o PC do B na mão”.

Confira a íntegra da fala de Anísio Maia:

Continue Lendo

Brasil

Presidente nacional do PSB estranha empenho do PT em apoiar Ricardo e diz que siglas estão rompidas

Publicado

em

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, revelou ao programa Correio Debate, da Rádio 98 FM, nesta terça-feira (22), que estranha o empenho do PT em apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) a prefeito de João Pessoa, uma vez que as legendas estão oficialmente rompidas há algum tempo.

Ao ser questionado se o nome de Ricardo Coutinho é referendado pelo diretório nacional do partido, Siqueira afirmou que “diferentemente do PT, quem decide questão de eleição municipal é o congresso municipal do PSB. Se o congresso decidiu por ele nós respeitamos. É uma decisão que eu não posso mudar”.

Clique no player abaixo e confira a íntegra da fala do presidente Siqueira:

Continue Lendo