Nos acompanhe

Paraíba

Operação Calvário: Gaeco aponta indício de conduta criminosa cometida pela deputada Estela Bezerra

Publicado

em

Investigações do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba, no âmbito da Operação Calvário, apontam indícios da vinculação da deputada estadual Estelizabel Bezerra (PSB) em determinadas condutas criminosas.

Em 05 de outubro de 2018, o RádioBlog noticiou com exclusividade que Mayara de Fátima Martins de Souza, presidente da Cruz Vermelha na Paraíba, foi chefe de gabinete da deputada investigada na Operação Calvário.

Leia também:

Estranho! Presidente da Cruz Vermelha foi chefe de gabinete da deputada Estela Bezerra

A relação entre Mayara e Estela revelada pelo RádioBlog é justamente o foco da investigação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado. Os investigadores acreditam que Estela teria forte influência também na Organização Social IPCEP, que atua no Hospital Metropolitano de Santa Rita.

Confira o documento e mais detalhes da nova fase da Operação Calvário

A citação da parlamentar feita pelo desembargador consta no item da sentença que explica a competência da corte para julgar o pedido feito pelo MP por ter pessoas com prerrogativa de função, conhecido popularmente como foro privilegiado, entre os investigados.

Continue Lendo

Paraíba

Verdades: Adriano Galdino diz que é prática comum de Ricardo Coutinho humilhar as pessoas

Publicado

em

A semana foi marcada pela saída do governador João Azevedo do PSB paraibano e, consequentemente, a oficialização do rompimento com o ex-governador Ricardo Coutinho, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), revelou verdades. “O que Ricardo queria, nem João, nem ninguém aceita”, disse o presidente da Assembleia. “Ricardo queria mandar e ser governador, mesmo sendo ex”, disse o deputado.

Ainda durante entrevista, Galdino revelou que além da ânsia pelo poder, é prática comum de Ricardo Coutinho também humilhar as pessoas. “Ninguém concorda com aquela maneira de “tratorar”, vir por cima, de humilhar companheiros”, afirmou o presidente da Assembleia. “Isso é coisa do passado, que ninguém mais concorda”, completou.

Futuro

Ao ser questionado sobre o futuro partidário, Adriano Galdino velou desconforto em se manter no PSB, mas lembra que não pode deixar a legenda, sob pena de perder o mandato por meio da lei de infidelidade partidária. “Espero que o PSB possa me liberar, ou até me expulsar do partido, para que eu possa caminhar em outra legenda”, refletiu.

Continue Lendo

Paraíba

“Se você não for preso, vou ter o prazer de disputar a eleição com você”, diz Nilvan para Ricardo

Publicado

em

O radialista Nilvan Ferreira respondeu através das redes sociais a declaração do ex-governador Ricardo Coutinho, que em entrevista à imprensa no Sertão paraibano tentou diminuir o comunicador ao afirmar que adoraria disputar com ele as eleições do próximo ano pela Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Nilvan disse que Ricardo Coutinho atualmente sofre de solidão, lembrou o histórico de traições por parte do socialista, lembrou o maior escândalo de corrupção e desvio de recursos públicos dos cofres paraibanos, revelado pela Operação Clavário e disparou: “Não sou investigado pelo Gaeco”. “Se o Gaeco lhe deixar ser candidato, se você não for preso, não for encrencado na Operação Calvário, vou ter o prazer muito grande de disputar a eleição com você”.

Confira o vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Um pequeno comentário sobre os ataques de ontem feitos pelo ex-governador.

Uma publicação compartilhada por Nilvan Ferreira (@nilvanferreira) em

Continue Lendo

Paraíba

“Eu não tenho a caneta, quem tem é o governador”, diz Cida Ramos sobre aliados no Governo do Estado

Publicado

em

Ao contrário de alguns aliados do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) que começaram a desembarcar do Governo do Estado após a oficialização do rompimento com o governador João Azevedo (sem partido), a “ricardista” deputada Cida Ramos, não parece que irá ceder facilmente.

Procurada pela imprensa e questionada se colocaria à disposição de João Azevedo os cargos ocupados por seus aliados no Governo do Estado, Cida Ramos disparou. “Eu não tenho a caneta, quem tem é o governador”, disse. “Os cargos são do governo”, completou.

Continue Lendo