Nos acompanhe

Paraíba

João Azevêdo autoriza pacote de R$ 43,6 milhões em obras de saneamento e lança campanha Praia Limpa

Publicado

em

O governador João Azevêdo autoriza, nesta segunda-feira (23), investimentos de R$ 43,6 milhões em obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário na cidade de João Pessoa. A solenidade ocorrerá às 10h, no auditório da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). Na ocasião, também será lançada a campanha ‘Praia Limpa’, ação que visa preservar o meio ambiente e garantir a balneabilidade da orla marítima.

A obra de melhoria no saneamento compreende a construção de cinco estações elevatórias de esgotos e a implantação de mais de 41 km de rede coletora, além de 2,2 mil km de emissários e 3,5 km de receptores. Esse conjunto de equipamentos possibilitará a ligação de 4.422 imóveis nos bairros de José Américo, Valentina Figueiredo, Seixas e Penha com esgotamento sanitário.

Inovação – Além disso, será implantado um novo emissário de recalque da estação elevatória 47, o que vai minimizar a ocorrência de transbordamento de esgotos nos bairros de Cabo Branco, Tambaú e Manaíra. Para evitar transtornos para moradores e turistas na orla da Capital, a obra será executada pelo método não-destrutivo, ou seja, as tubulações serão implantadas de forma que não será necessário perfurar as vias. A inovação permitirá também mais agilidade para conclusão dos serviços.

Abastecimento com tecnologia – Também na solenidade, o governador vai assinar a ordem de serviço para ampliação do sistema de abastecimento de água dos bairros do Centro, Torre, Expedicionários e Cristo, na Capital. Mais de 1,1 km de subadutoras levarão água com melhores condições de distribuição, pressão e vazão para a população dessas localidades.

Quatro estações elevatórias de água receberão adequação hidromecânica e elétrica, além de um sistema de automação, que vai permitir o monitoramento remoto dos reservatórios. Com isso, o operador conseguirá acionar à distância os conjuntos motobomba e programar o controle do nível do reservatório, evitando as perdas de extravazamento e o bombeamento desnecessário.

Praia Limpa – Em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e demais órgãos estaduais e municipais ligados ao meio ambiente e recursos hídricos, a Cagepa lançará a campanha Praia Limpa, no bairro de Manaíra. O objetivo é informar e conscientizar os moradores sobre o uso racional e correto das redes de esgotamento sanitário e também das galerias pluviais.

Continue Lendo

Paraíba

Depois de Jane Panta à ALPB, Aguinaldo quer emplacar outro aliado em vaga no Legislativo Estadual

Publicado

em

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro, conhecido, nacionalmente, pela habilidade de articulação política, decidiu se movimentar na Paraíba para fortalecer o Progressistas e prestigiar os aliados no Estado. Aguinaldo foi o principal  responsável pela ascensão da primeira-dama de Santa Rita, Jane Panta (PP), à Assembleia Legislativa, com a licença da deputada estadual, Paula Francinete (PP).

Segundo informação do Blog do Anderson Soares, as articulações não pararam em Jane. Nos bastidores, informações dão conta de que o deputado trabalha a ascensão de  mais um aliado na ALPB. Trata-se de Cláudio Régis (PP), ex-prefeito de Remígio, para isso, um novo parlamentar terá que tirar licença para abrir espaço.

Continue Lendo

Paraíba

Genival Matias reúne prefeitos da base em encontro e garante investimentos para os municípios

Publicado

em

Na sede do partido Avante em João Pessoa, o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Genival Matias, reuniu prefeitos de sua base aliada em um encontro com o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), a fim de pleitear algumas demandas para o desenvolvimento dos municípios, nesta segunda-feira (14). O encontro foi, na avaliação dos gestores, extremamente positivo.

Veneziano destacou que conversar com os prefeitos é de suma importância para traçar o direcionamento das reivindicações no exercício orçamentário do ano que vem.

“Assim como o deputado Genival Matias, o Senador Veneziano sempre se mostrou atento às nossas demandas. Eles entendem que precisamos avançar ainda mais na infraestrutura, pois é uma área que acumula um grande déficit devido aos anos da falta de investimentos. Por isso, essa reunião foi muito positiva para nós prefeitos”, afirmou o prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas Melo.

Genival Matias agradeceu a disponibilidade do senador em ouvir e encaminhar as demandas dos prefeitos e prefeitas presentes na reunião. “Reunimos hoje na sede do partido Avante os prefeitos da nossa base aliada em uma importante reunião com o senador Veneziano Vital do Rêgo, onde os gestores apresentaram as principais demandas de cada município e afinaram as ações que serão realizadas junto ao governo do Estado, através da nossa atuação conjunta na Assembleia e Senado Federal”, destacou Genival.

Participaram da reunião os prefeitos Bevilacqua Matias (Juazeirinho), Jarbas Melo (Pedra Lavrada), Baia (Pedro Régis), Carmelita Ventura (Livramento), Benício Neto (Pilar), Inácio Nóbrega (Amparo), Allan Seixas (Cachoeira dos Índios) e Jordhanna Lopes (Joca Claudino), além de representantes de Algodão de Jandaíra e São José de Caiana.

Continue Lendo

Paraíba

Assembleia analisa projeto com medidas protetivas aos professores paraibanos vítimas de agressão

Publicado

em

Com o objetivo de proporcionar mais segurança aos profissionais de educação que atuam na Paraíba, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) apresentou Projeto de Lei que estabelece uma série de medidas protetivas e procedimentos para os casos de violência contra a categoria. Segundo Pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, o Brasil está no topo de ranking da violência contra os professores: 12,5% dos profissionais afirmaram que já sofreram algum tipo de agressão no ambiente escolar, pelo menos uma vez por semana.

Neste Dia do Professor (15), o parlamentar enalteceu a importância desses profissionais para a sociedade e destacou os números da pesquisa como “preocupantes”, falando sobre a necessidade do Estado conceder garantias a integridade dessa categoria.

“Os professores são essenciais para a nossa sociedade. São eles que formam cidadãos, que formam profissionais das mais diversas áreas de atuação e que precisam ser cercados de condições de trabalho compatíveis e isso inclui condições de segurança também. Infelizmente, os casos de violência nas escolas e a esses profissionais nos fazem ingressar com esse Projeto, para que medidas possam ser adotadas”, comentou o deputado.

De acordo com a proposta, considera-se violência contra o servidor profissional da educação qualquer ação ou omissão decorrente, direta ou indiretamente, do exercício de sua profissão, que lhe cause morte, lesão corporal, dano patrimonial, dano psicológico ou psiquiátrico, incluída a ameaça a sua integridade física ou patrimonial.

Providências – A propositura de Tova estabelece uma série de providências que precisam ser tomadas no caso de prática de violência física e verbal contra o servidor. A primeira delas é acionar a imediatamente a Polícia Militar. “É preciso que o fato seja comunicado a Polícia, com o devido registro por meio de boletim de ocorrência, até três horas após a agressão. É preciso também encaminhará o servidor agredido ao atendimento de saúde e  acompanhá-lo ao estabelecimento de ensino, para a retirada de seus pertences”, relatou.

Se o ato de violência for praticada por aluno menor de dezoito anos, comunicará o fato ocorrido aos pais ou ao responsável legal do agressor e acionará o Conselho Tutelar e o Ministério Público Estadual. Outra medida prevista no projeto é providenciar o afastamento do servidor vítima de agressão do convívio com o agressor no ambiente escolar, possibilitando ao servidor, conforme o caso, o direito de mudar de turno ou de local de trabalho ou de se afastar de suas atividades, assegurada a percepção total de sua remuneração.

Prevenção – O projeto também trata sobre as seguintes medidas para prevenir a violência nas escolas: criação e manutenção de protocolo on-line para registro de ameaça ou agressão física ou verbal, com fácil acesso e uso e com ampla divulgação, nas escolas e nas superintendências regionais de ensino; realização de seminários e debates anuais nas escolas sobre o tema da violência no ambiente escolar; inclusão dos temas da violência no ambiente escolar e da cultura da paz no currículo e no projeto político-pedagógico da escola; criação de equipe multidisciplinar nas superintendências regionais de ensino para mediação de conflitos no âmbito das escolas estaduais e acompanhamento psicológico, social e jurídico da vítima no ambiente escolar.

Continue Lendo