Nos acompanhe

Paraíba

Romero cumpre rotina no “Aluízio Campos”, supervisionando equipes da prefeitura

Publicado

em

Em mais um dia de agenda no Conjunto Aluízio Campos, o prefeito Romero Rodrigues acompanhou de perto nesta quinta-feira, 19, o trabalho desenvolvido pela equipe da Prefeitura na assistência às pessoas e famílias que têm ido fazer as vistorias nos imóveis.

Além da supervisão ao trabalho organizado pelas equipes da Secretaria de Planejamento, o que mais dá satisfação pessoal a Romero Rodrigues é o contato direto com os proprietários das casas e apartamentos.

– É gratificante tomar conhecimento das histórias de vida prestes a inaugurar um novo capítulo, com a aquisição da sonhada casa própria – destacou o prefeito, ao aceitar convite dos visitantes para integrar a comitiva que, de ônibus, se dirigia aos imóveis para vistorias.

Com 4.100 unidades habitacionais, entre casas e apartamentos, o Conjunto Aluízio Campos está muito próximo de ser inaugurado. Os mutuários, em sua grande maioria, foram definidos por sorteio público em janeiro deste ano.

Iniciadas na última terça-feira, 17, as vistorias coletivas no conjunto se encerram oficialmente nesta sexta, 20.

Continue Lendo

Paraíba

Isolamento mais rígido: Site tira dúvidas e disponibiliza modelo de declaração de locomoção

Publicado

em

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) criou uma página na internet esclarecendo as dúvidas mais frequentes sobre o isolamento social mais rígido, que começou a valer nesta segunda-feira (1º) na Capital e em outras sete cidades que integram a Região Metropolitana. A página também disponibiliza um modelo de declaração de locomoção, que deve ser apresentado nas barreiras de fiscalização para comprovar que a pessoa está se deslocando por motivo absolutamente necessário. Para acessar a página, o cidadão deve clicar neste link: http://jpcontracovid19.joaopessoa.pb.gov.br/tire-suas-duvidas-sobre-o-isolamento-restrito/.

O objetivo é esclarecer as principais dúvidas dos paraibanos com relação ao novo decreto estadual 40.289∕20 e evitar as notícias falsas (fake news) com relação às novas medidas de isolamento social para impedir a propagação da Covid-19. No final da página na internet existe um link com o nome: ‘baixe aqui sua declaração de locomoção’, onde o cidadão pode baixar e preencher com o motivo pelo qual ele precisa se locomover.

Dentre as perguntas mais frequentes estão: Empregadas domésticas estão incluídas entre os serviços essenciais? Advogados podem circular? Líderes religiosos estão liberados? Servidores públicos e membros dos demais poderes ou órgãos públicos estão liberados? É permitido fazer exercícios nas ruas? Pode sair para passear o cachorro? Transporte de carga está permitido? Profissionais liberais que não estão enquadrados em atividades essenciais podem circular para o trabalho?.

Barreiras – O funcionamento das barreiras foi iniciado na manhã desta segunda (1º), em um esforço coletivo de órgãos municipais e estaduais para reduzir o fluxo na cidade com o objetivo de reduzir a disseminação da Covid-19. Estas funcionam das 7h às 10h e das 16h às 19h em dez pontos fixos e dois volantes. Nestes locais, os agentes fazem uma triagem, liberando a passagem apenas de quem está autorizado pelo decreto, sendo avaliados também quesitos como a regularidade do veículo e o uso de máscaras.

Continue Lendo

Paraíba

Governo detalha implementação de isolamento social mais rígido durante coletiva virtual

Publicado

em

O Governo do Estado realizou, nesta segunda-feira (1°), em João Pessoa, uma entrevista coletiva para detalhar a implementação do decreto 40.289, que instituiu o isolamento social mais rígido na Capital paraibana e nos munícipios de Cabedelo, Santa Rita, Bayeux, Conde, Caaporã, Alhandra e Pitimbu. As medidas conjuntas, que começam a valer hoje, prosseguem até o dia 14.

Participaram da coletiva, o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros; o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Jean Nunes Francisco; o procuradora-geral do Estado, Fábio Andrade; o comandante-geral da Polícia Militar, Euller Chaves; o secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa, Zennedy Bezerra; e o procurador-geral do Município de João Pessoa, Adelmar Régis.

Na ocasião, o secretário de Estado da Saúde,  Geraldo Medeiros, destacou a importância do decreto como a única forma de se evitar o colapso da rede. “É uma oportunidade em que o Governo do Estado esclarece ao povo paraibano a justificativa deste isolamento mais rígido. Estamos na vigência de relatos de número de casos novos e de mortes no Estado em decorrência do Covid-19. Esse número substancial  de casos novos e também de mortes, é que o Governo do Estado resolveu adotar essa intensificação de restrição social”, disse.

“Nós temos, neste momento, 91% dos UTIs adultos ocupados na Grande João Pessoa. Em Campina Grande, essa ocupação chegou a 95% semana passada. Com a ampliação de leitos, caiu para 63%”, alertou Geraldo Medeiros.

Por sua vez, o procuradora-geral do Estado, Fábio Andrade, ressaltou que o “esforço adicional” no cumprimento do decreto 40.289 pela população será fundamental para o plano de retomada gradual das atividades econômicas a partir do dia 15, medida contida no decreto 40.288. “Esse é um plano que vem sendo trabalhado no Governo do Estado há vários dias por um grupo de trabalho, produzindo normas diariamente com base em experiências internacionais e nacionais para a promoção gradual da atividade econômica”, afirmou, destacando que a abertura só será possível com a colaboração da população no cumprimento do isolamento social.

“Por essa razão, é que esse decreto novo – o 40.289 -, que foi uma parceria muito importante construída pelo governador do Estado com os prefeitos desses municípios, conclama a população a fazer um esforço adicional, ficando em casa, e só saindo para as atividades realmente essenciais”, prosseguiu Fábio Andrade.

Já o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Jean Nunes, explicou como serão as ações para o cumprimento do decreto 40.289. “A premissa é a conscientização. As Forças de Segurança têm um papel fundamental, que é de fazer valer a lei, a norma, o decreto. Precisamos orientar, conscientizar a população”, comentou.

O comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba,  coronel Euller Chaves, afirmou que umas das medidas adotadas para a fiscalização das barreiras será o fator surpresa. “Vamos acompanhar as orientações do decreto, mas é preciso que os cidadãos tenham espírito de colaboração, que será muito mais forte do que qualquer decreto ou lei, e a força pública não precisará agir nem prender quem quer que seja”, completou.

De forma didática, o secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa, Zennedy Bezerra, explicou o que a população pode fazer na vigência do decreto 40.289. “Se eu não for de atividade essencial, eu posso comprar o pão, ir ao médico, ir a um hospital. Nesse momento o esforço é salvar vidas para que, como disse o secretário Geraldo Medeiros, não tenhamos situações vividas em outros estados”, comentou.

Continue Lendo

Paraíba

STTP aponta redução de até 82% de veículos no Centro de Campina Grande no “feriadao”

Publicado

em

Levantamento feito pela Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), desde o último sábado (30), quando teve início o “feriadão” criado pelo decreto do prefeito Romero Rodrigues, indica bons resultados em relação aos almejados índices de isolamento social na cidade.
De acordo com a relatório entregue ao superintendente Félix Neto, no tocante ao trânsito de veículos em Campina Grande, a redução na área central foi da ordem de 82%. Nas outras áreas da cidade a queda no fluxo ultrapassou os 60%.
O parâmetro usado pela estatal toma por base o acompanhamento online das informações prestadas pelo sistema de radares eletrônicos e de câmeras na cidade.
De acordo com o superintendente, para se ter ideia, na última sexta-feira, 29, houve um crescimento acelerado no número de veículos circulando na cidade, chegando a 97 mil no horário se pico. No sábado, primeiro dia do feriadão, a média caiu pra 34 mil e, ontem, pouco mais de 20 mil circularam nas ruas de Campina Grande.

Continue Lendo