Nos acompanhe

Paraíba

Bayeux: PTB lançará projeto liderado por Carlos Sousa, Bosco da Pandel e Luciano do Impacto Som

Publicado

em

O PTB de Bayeux está sob novo comando. O partido agora terá o comando de três grandes lideranças, são eles João Bosco da Rede de Panificadoras Pandel, o psicólogo, ex-deputado estadual, Carlos Sousa e Luciano do Impacto Som, outro grande líder político. Os empresários estiveram com o presidente do partido, o deputado Wilson Santiago, que confirmou que Bayeux precisa de um projeto grande, como ela merece.

“É uma honra para o nosso PTB contar com homens como Carlos, Bosco e Luciano, que estão determinados a construir uma nova história para Bayeux, considerando a participação decisiva da população. São grandes lideranças políticas e de extrema importância na economia da cidade, são pessoas que conhecem a realidade e as dificuldades que se instalou nos últimos anos na cidade, então resolveram construir um grande projeto, com consistência para mover e transformar Bayeux de verdade”, disse o deputado.

Irmão do ex-prefeito Jota Júnior (in memorian), o ex-deputado estadual Carlos Sousa participou do encontro e reconhece a necessidade de um grande pacto pelo futuro da cidade. “Os homens e mulheres estarão unidos para enfrentar os problemas e propor as soluções para construir o futuro. É hora de mudar e a hora de unir Bayeux é agora. A população entenderá nossa mensagem, que é mostrar que a união faz a força e que não existe projetos pessoais, juntos Somos Todos Bayeux”, disse.

Presente também ao encontro, o empresário Bosco da Pandel (Rede de Panificadoras Pandel) vê a necessidade de uma ampla discussão sobre o futuro de Bayeux. “Queremos atrair mais gente ao partido, torná-lo mais forte, envolver toda a sociedade, trabalhadores, comerciantes, sindicatos, associações, os industriais. Bayeux tem muita gente boa para fazer política”, finalizou.

O grupo irá se reunir nos próximos dias para definir a formação da comissão provisória. Um ato político está sendo planejado para marcar filiações. O grupo pretende estabelecer uma agenda permanente de atividades, envolvendo a sociedade civil e organizada.

Assessoria 

Continue Lendo

Paraíba

Coronavírus: PMCG já distribuiu quase 500 refeições a pessoas em vulnerabilidade social

Publicado

em

Diante da Pandemia do COVID-19 a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria da Assistência Social, tem buscado estratégias constantes de enfrentamento e prevenção a esta situação por determinação do Prefeito Romero Rodrigues. A Prefeitura que vem atendendo o apelo da Organização Mundial de Saúde (OMS), em relação a ações de prevenção também para a população mais vulnerável, dentre elas a população em situação de rua.

Desta a forma, a Semas intensificou as ações do projeto Banho de Cuidados. O projeto consiste em uma unidade móvel, que possui dois chuveiros com ducha quente, destinados a realização da higiene pessoal das pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social. A unidade móvel funciona de forma itinerante, todos os dias da semana, nos três turnos, manhã, tarde e noite. Sempre se posicionando em locais de fácil acesso, como praças e feiras centrais no município.

As ações do Projeto Banho de Cuidados foram intensificadas dia 25 de março, atendendo até os dias de hoje, 50 indivíduos diariamente, pessoas essas em situação de rua e vulnerabilidade social. Cada pessoa utilizou cerca de 121 vezes o serviço de banho até o último levantamento dia 29 de março.

As equipes de abordagem social também fazem a distribuição de refeições (café, almoço e jantar), para o público que utiliza a unidade móvel de banho, assim como realizam busca ativa em locais descentralizados, distribuindo até hoje, 01 de abril, quase 500 refeições, além da entrega de kit de higiene pessoal, com: escova de dente, creme dental e pente de cabelo.

“Praticamente estamos reunindo os coordenadores de forma virtual todos os dias, para intensificarmos as ações e minimizar os efeitos sociais nas pessoas em vulnerabilidade por determinação do Prefeito Romero”, destacou a Secretária Eva Gouveia.

A força tarefa realizada pela Secretaria da Assistência Social, conta com o apoio de cerca de 180 funcionários, entre equipe técnica e apoio. Além das parcerias com a Guarda Municipal, Policia Militar e SAMU. Todos os envolvidos na ação estão utilizando os Equipamentos de Proteção Individual, para não contrair ou contagiar os usuários.

Continue Lendo

Paraíba

Governo estende barreira sanitária aos terminais rodoviários e ações envolvem Agevisa, DER e PM

Publicado

em

O Governo da Paraíba, por meio da Agência Estadual de Vigilância Sanitária, estendeu aos terminais rodoviários de passageiros que recebem ônibus interestaduais a barreira sanitária que já vem sendo executada no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto e que tem a finalidade de aferir a temperatura corporal dos passageiros para identificar possíveis infecções pelo novo coronavírus.

De acordo com a diretora-geral da Agevisa/PB, Jória Viana Guerreiro, a ação nos aeroportos continua sendo executada por dirigentes e técnicos da agência reguladora, com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, nos horários de chegada das aeronaves, tanto durante o dia quanto de madrugada. Já nos terminais rodoviários, a barreira sanitária contará com o apoio da Polícia Militar e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Nas rodoviárias que recebem ônibus interestaduais, a barreira sanitária está sendo coordenada pelo diretor-técnico de Estabelecimentos e Prática de Saúde e de Saúde do Trabalhador, Geraldo Moreira de Menezes, e conta com a participação, no interior do Estado, das dirigentes e dos técnicos das Gerências Técnicas Regionais da Agevisa sediadas nos municípios de Guarabira (GTR-I), Campina Grande (GTR-II), Patos (GTR-III) e Sousa (GTR-IV).

Segundo informações disponibilizadas pelo DER ao diretor-técnico Geraldo Moreira, além do Terminal Rodoviário de João Pessoa, recebem passageiros provenientes de outros Estados da Federação os terminais de Guarabira, Campina Grande, Patos e Cajazeiras.

Presença constante – A barreira sanitária nos terminais rodoviários paraibanos foi iniciada na tarde desta quarta-feira (01), às 16h, no município de Patos, com a verificação da temperatura corporal dos passageiros que desembarcaram de veículo da empresa Gontijo proveniente do Rio de Janeiro. Já no período da noite, às 23h, a ação será realizada em Guarabira, por ocasião do desembarque de passageiros do ônibus da empresa Transbrasil vindo do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira (02), às 16h, a barreira sanitária estará presente no Terminal Rodoviário de João Pessoa, onde desembarcam passageiros provenientes de São Paulo.

De acordo com o diretor-técnico Geraldo Moreira, a ação relacionada à barreira sanitária será permanente enquanto durarem os efeitos do Decreto Estadual nº 40.122, de 13 de março de 2020, assinado pelo governador João Azevêdo, que declarou Situação de Emergência no Estado da Paraíba.

Em todas as ocasiões, as equipes se mantêm atentas à possibilidade de casos suspeitos para, na hipótese de suspeição de infecção pelo coronavírus, notificar as pessoas atingidas sobre a medida de isolamento obrigatório por 14 dias, e orientá-las a utilizar máscara no deslocamento até seus domicílios e a procurar assistência à saúde no caso de piora do estado geral, especialmente falta de ar.

“As orientações quanto à necessidade de isolamento são extensivas às pessoas que tiverem contato próximo com o caso suspeito”, informou Geraldo Moreira, ressaltando o comprometimento da Agevisa/PB com o bem estar da pessoa humana e com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde de qualidade no âmbito do Estado da Paraíba.

Continue Lendo

Paraíba

Secretaria da Administração Penitenciária adota medidas contra Covid-19 nas unidades prisionais

Publicado

em

Diante da realidade do país com a chegada da pandemia, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, realiza diversas ações para proteger do coronavírus os apenados, policiais penais e demais colaboradores da Seap-PB. Por meio das Gerências que compõem o Sistema Penitenciário, medidas de prevenções sanitárias, implantação de novas alas e ações coletivas para fabricação de máscaras e materiais de limpeza estão sendo adotadas em todas as unidades prisionais do Estado.

As ações, aplicadas em todas as penitenciárias da Paraíba, têm ainda o objetivo de tranquilizar não só os familiares dos apenados, que nessa quarentena estão com as visitas suspensas, mas também as famílias dos policiais penais e servidores do sistema penitenciário.

Em João Pessoa, uma das ações é a adaptação da Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice com equipamentos médicos, para realizar o pronto atendimento aos apenados que apresentem os sintomas do coronavírus. Uma equipe plantonista do Programa Saúde Penitenciária (PSP) está 24 horas disponível para atender os casos suspeitos. Foi determinado pela Secretaria que em cada unidade prisional seja disponibilizada uma sala para o isolamento imediato para o apenado que apresente sintomas do Covid-19.

“Nossa maior preocupação é manter a saúde de todos, pessoas privadas de liberdade que se encontram dentro de nossas unidades prisionais e funcionários. Preservar a vida é nossa maior missão. O momento é de amenizar as dores não só dos que se encontram nas penitenciárias, mas também de seus familiares, que contam com a gente para preservar a vida de seus entes. Esse é o nosso compromisso”, destacou o secretário de Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca.

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária solicitou ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) a aquisição de quase 300 mil equipamentos de proteção individual, materiais de higiene e mais termômetros. Todas as unidades estão intensificando as limpezas das celas e ambientes coletivos, pequenas palestras de conscientização também estão sendo realizadas nas unidades penais para os profissionais que atuam e também para os reeducandos sobre a importância da higienização das mãos e utilização de EPIs.  Em parceria com a Igreja Universal, estão sendo distribuídos kits de higiene pessoal para cada apenado.

No sertão da Paraíba, as unidades prisionais femininas de Cajazeiras e Patos estão recebendo máquinas de costura e materiais para a produção de máscaras cirúrgicas. As apenadas de Campina Grande também já começaram a produção para ajudar no combate à propagação do Covid-19. Já na Capital, as reeducandas que fazem parte do projeto Castelo de Bonecas suspenderam suas criações e começaram a confeccionar máscaras, que serão usadas pelos policiais penais e também distribuídas para outras secretarias do Estado.

A alimentação dos apenados também está sendo reforçada, aumentando em mais de 30% o fornecimento de alimentos com balanceamento nutricional, para que todos possam manter suas imunidades. Os medicamentos Dipirona e Paracetamol, que são indicados pela Organização Mundial da Saúde para tratar os sintomas do coronavírus, foram distribuídos nas penitenciárias; além da aquisição de termômetros de infravermelho que são usados para detectar quadros de febre entre os reclusos.

Outra iniciativa para barrar o avanço da doença é a fabricação de materiais de limpeza que são eficazes no combate ao coronavírus. A produção dos insumos de higienização está sendo coordenada por um policial penal que é formado em Química Industrial, com a colaboração dos reeeducandos. Juntos, eles já produziram mais de 1.400 litros de água sanitária e 1.500 litros de desinfetantes.

Já nas dependências da Secretaria, foram suspensos os atendimentos presenciais à população, esses ocorrendo apenas por telefone e e-mail, além de revezamento no horário de trabalho dos colaboradores e o incentivo para realização da higienização das mãos e uso do álcool em gel de forma constante. Também estão sendo evitados contatos físicos e a aglomerações, conforme as orientações do Governo Estadual.

Como as atividades da Seap não podem parar, em parceria com o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), todas as unidades prisionais estão fazendo uso de um sistema de malote digital para cumprir todos os alvarás de soltura emitidos pelo judiciário. Os detentos que precisam participar de audiências estão passando por medidas de proteção e prevenção antes de serem deslocados para o Fórum Criminal, além de audiências por vídeo conferência.

Confira as principais ações:

– Aquisição de quase 300 mil produtos como termômetros infravermelhos, produtos de higienização e EPIs

– Aquisição de pulverizadores que auxiliam na desinfecção dos espaços

– Aquisição de produtos hospitalares, como máscaras e luvas

– Aquisição de álcool em gel e líquido 70%

– Conscientização dos reeducandos sobre a importância da higiene e principalmente de se levar as mãos

– Implantação de unidade de pronto atendimento na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice

– Aquisição de medicamentos

– Fabricação de máscaras cirúrgicas pelas reeducandas

– Disponibilização de 24 horas da Equipe do Programa de Saúde Penitenciária

– Criação de sala especial de isolamento em cada unidade prisional da Paraíba

– Produção de água sanitária, desinfetante e detergente pelos apenados

– Reforço na alimentação dos apenados e apenadas

– Distribuição de kit para higiene pessoal dos reclusos

– Aplicação de medidas preventivas no deslocamento de apenados para audiências

– Suspensão de atendimentos presenciais

– Revezamento dos colaboradores para funcionamento da Seap

Continue Lendo