Nos acompanhe

Paraíba

Ofélia Gondim será homenageada durante sessão em comemoração aos 70 anos da Faculdade de Direito

Publicado

em

A professora Ofélia Gondim Pessoa de Figueiredo será homenageada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante sessão solene em comemoração aos 70 anos da Faculdade de Direito da Paraíba, 30 anos de Centro de Ciências Jurídicas e 10 anos do Departamento de Ciência Jurídicas no Estado da Paraíba. A sessão, de autoria do deputado Tovar Correia Lima (PSDB), acontece nesta quinta-feira (15) às 14h, no plenário José Mariz.

Ofélia Gondim Pessoa de Figueiredo foi aluna da primeira turma de Direito da faculdade.  Chegou a ser professora do curso de Direito entre 1974 a 1995. Ao sair da UFPB, Ofélia passou a dar aulas em cursinhos particulares e na faculdade Unipê, onde permaneceu trabalhando até os 86 anos. Em 1971 foi eleita a primeira mulher vereadora em João Pessoa. Ainda assumiu, interinamente, a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), na década de 1990, substituindo o então deputado Vital do Rêgo.

A sessão solene fará parte da semana comemorativa dos 70 anos da graduação, que será realizada de 12 a 16 de agosto. O diretor do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Fredys Sorto afirma que serão celebrados os principais avanços nestas sete décadas, com palestras, mesas de debate e mostras de projetos de pesquisa e de extensão.  “O CCJ aparece em todas as premiações da OAB, como o Selo de Qualidade. Temos pós-graduação e um grupo de docentes com pesquisas muito importantes aqui”, disse.

História – Durante muito tempo, o curso de Direito da UFPB foi o único no Estado, tendo iniciado suas atividades em 1949. Inicialmente fundado como um curso da Faculdade de Direito da Paraíba, instituição privada no Centro de João Pessoa, contava com o trabalho de destaques no mundo jurídico, a exemplo do professor e desembargador Mário Moacyr Sorto.

Setenta anos depois, continua educando nomes com importante atuação e sendo referência em avaliações e premiações da OAB. A integração do curso à UFPB aconteceu em 1955, enquanto graduação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). A criação do CCJ se deu em 1989.

Continue Lendo

Paraíba

Crise no PSB: “Um problema que a gente só sabe como começa, não como termina”, diz líder do governo

Publicado

em

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSL) comentou em entrevista à imprensa a crise que assola o PSB paraibano. Segundo o líder do governo João Azevedo na Assembleia Legislativa, “esse é um problema que a gente só sabe como começa, não sabe como termina”.

Ricardo Barbosa chegou a admitir estremecimento entre o governador João Azevedo e o ex-governador Ricardo Coutinho, mas não vê nenhum indicativo concreto na formalização do rompimento. “Há uma crise, não há como se negar”, afirmou.

Confira o áudio:

Continue Lendo

Brasil

Vídeo: Alexandre Frota diz que Julian Lemos e outros “soldados” foram abandonados por Bolsonaro

Publicado

em

O deputado federal Alexandre Frota, recentemente expulso do PSL, disse em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na última segunda-feira (19) que Jair Bolsonaro mudou após sentar na cadeira de presidente. “Ele falava que soldado ferido no exército dele não fica pra trás”, disse. “Ele deixou vários, Gustavo Bebiano, Julian Lemos que foi um sodado leal, deixou Magno Malta”, afirmou.

Nota publicada na Coluna Painel, da Folha de São Paulo, informa que recém-filiado ao PSDB, o deputado Alexandre Frota, trabalha para levar ao tucanato os ex-colegas de PSL, Júnior Bozzella (PSL-SP) e Julian Lemos (PSL-PB). Segundo a publicação, os convites devem ser formalizados nos próximos dias.

Em contato com o RádioBlog, o deputado federal Julian Lemos disse que não faz planos de deixar o PSL. “A chance de isso acontecer comigo hoje é zero”, sentenciou o parlamentar.

Continue Lendo

Paraíba

Reforma Tributária: Marcos Vinícius quer trazer debate nacional para João Pessoa

Publicado

em

Atento a discussão envolvendo o projeto de Reforma Tributária que deverá mexer diretamente na arrecadação de municípios de todo País, o vereador Marcos Vinícius (PSDB), revelou na manhã de ontem (20) que encaminhou ofício à presidência e a relatoria da Comissão Especial da PEC 45/19 para que o tema seja debatido na capital paraibana com a presença dos congressistas.
Para Marcos é importante que prefeitos, vereadores, deputados e toda classe empresarial possam debater as mudanças que estão sendo propostas em Brasília já que existe um receio que cidades como João Pessoa percam 10% de tudo que arrecadam, através da distribuição per capita, onde o governo federal arrecada tudo e redistribui. “Ninguém nega a necessidade das reformas, mas temos que garantir que os municípios não sofram perdas na arrecadação”, alertou.
A previsão inicial era que apenas grandes cidades participassem da discussão, mas para Marcos, João Pessoa que é uma cidade com economia voltada para o setor de serviços, onde o turismo é a bola mestra, não pode ficar de fora desta discussão. “Acredito que existirá sensibilidade por parte dos parlamentares para que o debate seja trazido para João Pessoa”, previu.

Continue Lendo