Nos acompanhe

Paraíba

Em audiência, Ricardo se irrita ao ser questionado sobre pensão de R$ 23 mil que recebe ilegalmente

Publicado

em

Acostumado a prometer surras de cipó e vara em quem não lhe agrada, o ex-governador Ricardo Coutinho tentou intimidar o jornalista Alan Kardec, do blog Polítika, durante audiência no juizado criminal, nesta segunda, 12, onde mais uma vez Ricardo abusa do direito de litigar para constranger a imprensa através do judiciário.

Visivelmente irritado, Ricardo Coutinho chamou o jornalista de calhorda e se irritou ainda mais quando foi acusado de receber uma pensão ilegal de R$ 23 mil como ex-governador. O vídeo foi encaminhado por uma fonte do judiciário. Ao insultar o jornalista, Ricardo se mostra tão autoritário quanto o presidente Bolsonaro, a quem tanto critica.

O Supremo considerou inconstitucional, em outubro do ano passado, a lei aprovada pela Assembleia Legislativa, em 2006, que criava o trem da alegria. A lista de ex-governadores beneficiados é longa e inclui Ricardo Coutinho, que ficou sem mandato em 31 de dezembro de 2018. O detalhe: no caso do socialista, o benefício foi concedido dois meses depois de a Suprema Corte dizer que o pagamento não poderia acontecer já que a fonte criadora é uma lei inconstitucional.

RC: A gravidade é muito maior do que simplesmente o contracheque, e essa acusação, sabe, de que eu recebi sem trabalhar. É muito maior do que isso.

Alan Kardec: Como seria esse maior?

RC: Seria uma combinação de gente que usa métodos extremamente calhordas.

Alan Kardec: Você está me chamando de calhorda?

RC: Claro que sim, evidentemente.

Alan Kardec: Você está me chamando de calhorda, ex-governador?

RC: Tô, tô, exatamente isso, entendeu?

Alan Kardec: Você está me injuriando!

RC: Eu estou lhe processando, eu estou lhe processando.

Alan Kardec: Na frente de autoridades está me chamando de calhorda.

RC: Estou lhe processando.

Alan Kardec: Calhorda é quem recebe pensão ilegal.

RC: Qual é a pensão ilegal?

Alan Kardec: O STF decidiu que sua pensão é ilegal.

RC: De jeito nenhum, o senhor está errado. O senhor tá errado.

Alan Kardec: Eu mostro aqui.

O ex-governador Ricardo Coutinho tem um histórico de agressividade e já prometeu “pegar” o Padre Luiz Couto durante o evento do PT, no qual o chamou de cabra safado:

Na campanha de 2014, um áudio vazado mostrava o ex-governador ameaçando sua ex-esposa Pâmela Bório:

“Doida, você vai se juntar com quem você quiser, agora não faça isso não, que você vai ver o que é um doido, viu? Você vai ver o que é um doido!”, ameaçou Ricardo Coutinho.

O RádioBlog entrou em contato com o jornalista Alan Kardec, mas ele preferiu não tecer comentários sobre o episódio. Porém, reafirmou sua confiança na Justiça e na liberdade de imprensa.

Continue Lendo

Paraíba

Crise no PSB: “Um problema que a gente só sabe como começa, não como termina”, diz líder do governo

Publicado

em

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSL) comentou em entrevista à imprensa a crise que assola o PSB paraibano. Segundo o líder do governo João Azevedo na Assembleia Legislativa, “esse é um problema que a gente só sabe como começa, não sabe como termina”.

Ricardo Barbosa chegou a admitir estremecimento entre o governador João Azevedo e o ex-governador Ricardo Coutinho, mas não vê nenhum indicativo concreto na formalização do rompimento. “Há uma crise, não há como se negar”, afirmou.

Confira o áudio:

Continue Lendo

Brasil

Vídeo: Alexandre Frota diz que Julian Lemos e outros “soldados” foram abandonados por Bolsonaro

Publicado

em

O deputado federal Alexandre Frota, recentemente expulso do PSL, disse em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na última segunda-feira (19) que Jair Bolsonaro mudou após sentar na cadeira de presidente. “Ele falava que soldado ferido no exército dele não fica pra trás”, disse. “Ele deixou vários, Gustavo Bebiano, Julian Lemos que foi um sodado leal, deixou Magno Malta”, afirmou.

Nota publicada na Coluna Painel, da Folha de São Paulo, informa que recém-filiado ao PSDB, o deputado Alexandre Frota, trabalha para levar ao tucanato os ex-colegas de PSL, Júnior Bozzella (PSL-SP) e Julian Lemos (PSL-PB). Segundo a publicação, os convites devem ser formalizados nos próximos dias.

Em contato com o RádioBlog, o deputado federal Julian Lemos disse que não faz planos de deixar o PSL. “A chance de isso acontecer comigo hoje é zero”, sentenciou o parlamentar.

Continue Lendo

Paraíba

Reforma Tributária: Marcos Vinícius quer trazer debate nacional para João Pessoa

Publicado

em

Atento a discussão envolvendo o projeto de Reforma Tributária que deverá mexer diretamente na arrecadação de municípios de todo País, o vereador Marcos Vinícius (PSDB), revelou na manhã de ontem (20) que encaminhou ofício à presidência e a relatoria da Comissão Especial da PEC 45/19 para que o tema seja debatido na capital paraibana com a presença dos congressistas.
Para Marcos é importante que prefeitos, vereadores, deputados e toda classe empresarial possam debater as mudanças que estão sendo propostas em Brasília já que existe um receio que cidades como João Pessoa percam 10% de tudo que arrecadam, através da distribuição per capita, onde o governo federal arrecada tudo e redistribui. “Ninguém nega a necessidade das reformas, mas temos que garantir que os municípios não sofram perdas na arrecadação”, alertou.
A previsão inicial era que apenas grandes cidades participassem da discussão, mas para Marcos, João Pessoa que é uma cidade com economia voltada para o setor de serviços, onde o turismo é a bola mestra, não pode ficar de fora desta discussão. “Acredito que existirá sensibilidade por parte dos parlamentares para que o debate seja trazido para João Pessoa”, previu.

Continue Lendo