Nos acompanhe

Negócios

Projeto Algodão Paraíba é tema de evento em Alagoa Grande

Publicado

em

O Dia Especial sobre o Projeto Algodão Paraíba, realizado na quarta-feira (17), em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, reuniu dezenas de agricultores familiares interessados no cultivo do algodão orgânico, atraídos principalmente pelas vantagens oferecidas, como garantia de mercado, sementes selecionadas e acompanhamento técnico da Empresa Paraibana de Pesquisa, Assistência Técnica e Regularização Fundiária (Emaper).

O evento, promovido pela gerência regional da Empaer de Guarabira, ocorreu na comunidade Tapera, pertencente ao agricultor Marcos Vitorino de Souza, em uma Unidade Demonstrativa de Teste, com área de dois hectares de algodão herbáceo orgânico consorciado com milho, gergelim, fava e girassol. A variedade cultivada é a BRS – 286 e a perspectiva de produção é estimada em 400 quilos para o algodão, em torno de 300 a 400 para a fava e 200 para o girassol.

Conduzido pelos técnicos Paulo Luis e Hudson de Sousa, da gerência operacional da Empaer de Alagoa Grande, o Dia Especial, além de apresentar o Projeto Algodão Paraíba aos agricultores e autoridades presentes, demonstrou todos os aspectos técnicos da cultura, dentro dos princípios da agroecologia, a partir do preparo do solo até a comercialização.

Na ocasião, o escritor e historiador José Avelar fez uma explanação histórica sobre o algodão e o sisal no município, culturas que, segundo ele, impulsionaram por muitas décadas, o desenvolvimento econômico na Paraíba, principalmente em Alagoa Grande, até o aparecimento da praga do Bicudo, que devastou os campos de algodão, levando à falência milhares de produtores rurais. “Os paraibanos comemoram a retomada da cultura do algodão de forma sustentável, por meio do Projeto Algodão Paraíba, idealizado pelo Governo do Estado, por intermédio da Empaer”, ressaltou.

Prestigiaram o evento, além dos agricultores, representantes do Banco do Nordeste, da Câmara Municipal de Vereadores, de associações rurais e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS).

Continue Lendo

Negócios

Expediente na Unimed João Pessoa é alterado durante o carnaval; veja como fica

Publicado

em

O funcionamento das áreas administrativas da Unimed João Pessoa será alterado durante o período de carnaval. Não haverá expediente na segunda-feira (24) e na terça-feira (25) tanto na Operadora como no Intercâmbio. O expediente será retomado na quarta-feira (26), das 12h até às 18h.

O Núcleo de Atenção à Saúde Sul (Nas-Sul) não terá atendimento de sábado a terça-feira. Na quarta-feira (26) abrirá das 7h às 22h.

A Unidade Guarabira e o Viver Melhor vão ficar fechados de sábado até terça-feira. O retorno às atividades da Unidade Guarabira será na quarta-feira (26), das 7h às 19h. Já o Viver Melhor voltará a funcionar na quarta-feira (26), das 12h às 18h.

HOSPITAIS

O cliente não deve se preocupar, pois os dois hospitais próprios – Alberto Urquiza Wanderley e Moacir Dantas – não sofrerão mudança de atendimento.

 INFORMAÇÕES

Durante o feriado, os clientes que precisarem de informações sobre a Unimed JP podem ligar para o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) pelo 0800-725-1200. O SAC funciona 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados. A ligação é gratuita. Outra opção é navegar pelo Portal Unimed JP, onde são disponibilizados vários serviços.

Continue Lendo

Negócios

Desligamento programado garante excelência no fornecimento de energia na Paraíba

Publicado

em

A energia de qualidade que chega à sua casa diariamente é assegurada por várias práticas adotadas pela Energisa. Um dos motivos que possibilita a distribuidora prestar diariamente um serviço de excelência é o desligamento programado, que é a manutenção da rede elétrica. Como todo equipamento, a rede que fornece energia também necessita de reparos e melhorias. Esse serviço é feito preventivamente porque os fios ficam expostos ao vento, à chuva, ao calor e até à maresia, no caso das cidades onde têm praia.

A manutenção da rede elétrica ocorre de forma muito simples, em áreas agendadas, com a suspensão temporária da transmissão de energia. Para fazer o desligamento programado, a Energisa comunica com mínimo 72 horas de antecedência a data e o horário da realização do serviço por meio de cartas, avisos em rádios e carros de som nas comunidades. Desta forma, a distribuidora evita transtornos e dá aos clientes a possibilidade de se programarem para quando o fornecimento for interrompido.

É o desligamento programado que garante o bom funcionamento da rede elétrica e a qualidade da energia que chega até os consumidores, por isso são fundamentais essas manutenções constantes, periódicas e programadas, que são bem diferentes das ocorrências de emergência.

Provocadas por fenômenos naturais, queda de postes e dano por intervenção de algum objeto ou até mesmo de uma pessoa, as ocorrências de emergência são situações não previstas e, por este motivo, não há como comunicá-las antecipadamente. Quando acontecem, equipes de manutenção da Energisa são acionadas, se deslocam ao local (quando necessário) e fazem o reparo, ou seja, a manutenção corretiva. Nesses casos, entrando em contato com distribuidora o cliente consegue saber a previsão de restabelecimento da energia.

Continue Lendo

Artigos

RádioBlog faz pausa carnavalesca, cai na folia e retoma atividades na próxima quinta-feira

Publicado

em

Em ritmo carnavalesco, o Paraíba RádioBlog fará uma breve pausa, cairá na folia e retoma as atividades na próxima quinta-feira (27).

Bom carnaval a todos e, se beber, não dirijam!

Continue Lendo