Nos acompanhe

Paraíba

Tovar alerta Governo do Estado sobre preparação de escolas para a Semana Maria da Penha

Publicado

em

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) fez um alerta ao Governo do Estado por meio da Secretaria de Educação para que prepare as escolas para a Semana Maria da Penha instituída pela Lei de sua autoria, 11.302/2019, e realizada no período de 7 de agosto, dia em que a Lei Maria da Penha foi sancionada. As escolas públicas paraibanas deverão discutir e estimular reflexões sobre estratégias de prevenção e combate ao machismo e sobre os tipos de violência contra a mulher.

“É preciso que as escolas estaduais estejam preparadas para realização da Semana Maria da Penha, que faz parte do Calendário Oficial de Eventos do Estado da Paraíba. Lembrando que as discussões e demais atividades podem ser realizadas em parceria com voluntários, universidades, sociedade civil e com a própria comunidade escolar. Como estamos perto da data, fizemos esse alerta ao governo estadual”, disse Tovar.

De acordo com o parlamentar, a Lei tem por objetivo conscientizar a comunidade escolar acerca da importância e do respeito aos direitos humanos e sobre os direitos das mulheres, como a moral, psicológica, física, sexual e patrimonial; e além de orientar sobre os procedimentos para o registro nos órgãos competentes das denúncias de violência.

Pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que a Paraíba detém uma estatística preocupante de feminicídio, com uma taxa de 5,3 assassinatos, para cada grupo de 100 mil mulheres. O Estado encontra-se no 12º lugar no ranking nacional, ficando atrás dos estados de Sergipe, Ceará e Alagoas.

Legislação – A Lei Maria da Penha foi sancionada em 7 de agosto de 2006, como Lei n.º 11.340 visa proteger a mulher da violência doméstica e familiar. A legislação ganhou este nome devido à luta da farmacêutica Maria da Penha para ver seu agressor condenado. A matéria não contempla apenas os casos de agressão física. Também estão previstas as situações de violência psicológica como afastamento dos amigos e familiares, ofensas, destruição de objetos e documentos, difamação e calúnia.

Continue Lendo

Paraíba

“Corrida do Bem” homenageará paraibano Gabriel Diniz; inscrições já iniciaram

Publicado

em

João Pessoa será palco da 3ª edição da “Corrida do Bem” no próximo dia 20 de novembro. Este ano, o artista paraibano Gabriel Diniz será o homenageado da prova, que terá percursos de 3, 5 e 10 km. O cantor, que faleceu no último mês de maio, em um acidente de avião, colaborava mensalmente com o Hospital Napoleão Laureano, unidade hospitalar que atende pacientes acometidos com câncer de todo o Estado, e beneficiada com a arrecadação dos recursos da atividade. As vendas das camisas já iniciaram.

Gabrial Dinz foi um dos artistas paraibanos que abraçou a “Corrida do Bem” desde a primeira edição, marcando presença tanto na Capital como em Campina Grande. Conhecido pelo seu jeito irreverente, trajes coloridos e, claro, pela sua música, Gabriel Diniz, fazia questão de convidar a população, por meio de suas redes sociais para adquirir os kits da corrida e contribuir com o hospital que há 56 anos atende pessoas com câncer de toda a Paraíba e até de outros estados.

Na última edição, em João Pessoa, além de comprar o kit, o cantor Gabriel Diniz vestiu, literalmente a camisa, e foi para Orla da Capital correr. Após a prova, o artista subiu ao palco e cantou para o público presente. “Os gestos de solidariedade de Gabriel foram muitos, alguns anônimos. Por isso, ele é o homenageado da prova desse ano”, comentou Carneiro Arnault, diretor da unidade.

“Corrida do Bem” é organizada pelo Hospital Napoleão Laureano e tem como idealizador o ex-deputado estadual e autor do Estatuto da Pessoa com Câncer, Bruno Cunha Lima.

A Corrida – Realizada no dia 20 de outubro, no Busto de Tamandaré, a atividade vai arrecadar recursos para o Hospital Napoleão Laureano, que vem enfrentando problemas financeiros. As inscrições para as provas de 3, 5 e 10 km podem ser realizada através do endereço www.hlaureano.org.br e custam R$ 70.

O Napoleão Laureano possui 140 leitos e é responsável por 94% dos atendimentos realizados pelo SUS. Em 2018, a unidade fechou o ano com saldo negativo de R$ 2.650.785,70.

Dados – Por dia, na Paraíba, 25 pessoas descobrem que tem câncer. São 9.430 novos casos por ano, sendo 4.780 entre homens e 4.650 entre mulheres, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). O Brasil deve registrar cerca de 600 mil novos casos de câncer por ano. O câncer de pele não melanoma é o mais frequente no país, e a segunda posição é ocupada pelo câncer de próstata, para homens, e de mama, para mulheres.

Continue Lendo

Paraíba

Romero reúne toda equipe de secretários e anuncia parâmetros sobre a reforma administrativa

Publicado

em

O prefeito Romero Rodrigues manteve mais uma reunião, na manhã desta quarta-feira, 18, com a equipe de secretários. Mais uma vez, o encontro de trabalho – que contou com a participação no início do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro – teve como pauta principal a reforma na estrutura administrativa da Prefeitura.

O encontro de trabalho, realizado nas dependências da Fiep, contou com as presenças de todos os secretários, além de diretores administrativos-financeiros das pastas e da administração indireta.

Após uma breve palavra de Enivaldo Ribeiro, Romero Rodrigues fez uma explanação sobre a natureza e amplitude da reforma que está determinado a consolidar, com apoio da Câmara de Vereadores.

Voltou a dizer que a reforma não implicará em um processo de demissão em massa, mas de modernização da máquina administrativa. “Um desenho mais em sintonia com as demandas de uma cidade em permanente crescimento”, destacou.

Designado pelo prefeito para coordenar o projeto de reforma administrativa, o secretario Bruno Cunha Lima, Chefe do Gabinete, fez também uma explanação geral dos eixos da reforma e anunciou um calendário de reuniões com os secretários e gestores da administração indireta para tratar da proposta.

Atendendo proposta de Bruno, Romero estendeu para o final do mês o prazo para a confecção da proposta da reforma e encaminhamento à Câmara.

Equipe – Participaram da reunião também os secretários Diogo Flávio Lyra Batista (Planejamento e interino da Administração), Joab Pacheco (Finanças), Fernanda Ribeiro (Obras), Rosália Lucas, Luzia Pinto (Saúde), Eva Gouveia (Semas), Jóia Germano (Cultura), Geraldo Nobre (Sesuma), Teles Albuquerque (Esportes), Renato Gadelha (Agricultura) e José Mariz (Procuradoia Geral do Município). Os secretários executivos Dunga Júnior (Seplan) e Felipe Gadelha (Finanças) também se fizeram presentes.

Da administração indireta, participaram Antônio Hermano (Ipsem), Félix Neto (STTP), Nelson Gomes (AMDE), Josimar Henrique (Urbema) e Rivaldo Rodrigues (Procon).

Continue Lendo

Paraíba

Assembleia Legislativa debate desenvolvimento sustentável no semiárido paraibano

Publicado

em

A Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia e Informação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou audiência pública, nesta quarta-feira (19), no Campus do IFPB do município de Picuí, para debater sustentabilidade e desenvolvimento sustentável na região do semiárido. O encontro aconteceu juntamente com a Feira de Ciências da instituição. Políticos, professores, estudantes e autoridades participaram da discussão.

O presidente da Frente Parlamentar, o deputado Buba Germano (PSB), ressaltou a importância do Poder Legislativo ouvir as demandas da população presente na audiência. Ele destacou que a solenidade teve um caráter especial, pois foi comemorado 10 anos do Campus do IFPB de Picuí. “Aqui também está acontecendo a 6ª Feira de Ciência e Tecnologia, que apresentou um trabalho fantástico explorando a criatividade dos estudantes, o potencial em várias áreas, como robótica, preservação ambiental, clima, entre outros. São trabalhos excepcionais”, disse o parlamentar.

Buba Germano explicou ainda que a Frente Parlamentar se fez presente no evento para dialogar com os estudantes e professores sobre a importância do Campus para a região. “Aqui nós debatemos muito sobre a sustentabilidade. Vamos levar as demandas para a Assembleia Legislativa, pois sei o que representa a presença da universidade em Picuí”, comentou o deputado.

O vice-reitor do IFPB, Anderson Souza, analisou a situação da instituição diante da crise em que atualmente o setor de Educação, no país tem vivido. “A gente precisa se apropriar da problemática e inserir a perspectiva de desenvolvimento do Campus para os próximos anos, diante da crise que estamos apresentando”, disse. O diretor de pesquisa do IFPB, Francisco Dantas, agradeceu aos representantes da Frente Parlamentar. “A oportunidade de dialogar foi muito rica, pois tivemos o privilégio de escutar as demandas da comunidade e saber o que elas sentem e necessitam. Foi um debate positivo para a região”, afirmou.

Continue Lendo