Nos acompanhe

Paraíba

Fabiano Gomes faz desabafo e mostra pela 1º vez decisão judicial que o levou à prisão

Publicado

em

O comunicador Fabiano Gomes veiculou artigo nesta segunda-feira (15), onde pela primeira vez divulgou trechos da ordem judicial que o levou para a prisão. No texto, Fabiano diz que degustou o “pão que o diabo amassou”, que foi maltratado, ameaçado e humilhado. “Reservaram os porões do PB1 para mim em função de ter esquecido de assinar em juízo um singelo papel”, disse.

Confira abaixo a publicação:

Fabiano Gomes

Desci ao inferno na terra que é o PB1.

Degustei o pão que o diabo amassou (e, amigos, trata-se de um bocado realmente intragável!).

Fui maltratado. Ameaçado. Humilhado.

E, a despeito de todas as feridas que essa experiência provoca na alma, realmente acreditei que haveria cura para essas chagas espirituais aqui fora.

Que teria a chance – que todo ser humano merece – de ver essas feridas suturadas, regeneradas, cicatrizadas.

Mas o mundo parece estar com a alma mais ferida do que a minha – contaminado pela covardia, pelo gosto de fazer o mal, pela maledicência.

Escondido atrás de telas, protegidos pelo anonimato virtual, essa legião (que não tem coragem de assumir o que diz) espalha mentiras e se alegra com a dor alheia.

Veja o vídeo:

O ódio os cegam. E os movem.

Não vêem que, diante de Deus, somos irmãos.

Não enxergam que sou esposo, sou filho, sou pai.

Seguem disseminando maldades – carrascos de um tribunal virtual onde se julgam inimputáveis.

Aos que fazem isso por ignorância, mostro hoje a decisão judicial que me arrastou ao inferno. E ela confirma o que sempre disse:

Reservaram os porões do PB1 para mim em função de ter esquecido de assinar em juízo um singelo papel.

Refutando, por consequência, o que sempre neguei: não fui preso por corrupção; não fui preso por integrar quadrilha; não fui preso por condenação.

Repito: não fui julgado. Sequer fui ouvido pela justiça. E não sou condenado em nenhuma instância.

Assista o vídeo: 

Essa é a verdade que apresento aos que se importam com ela.

Aos que espalham fake news contra mim por maldade, meu perdão antecipado. Pois sei que, ainda que tardiamente, encontrarão o tribunal da vida. E ele não falha!

Aceitem por ora meu profundo desgosto com tanta maldade.

E minha renovação de fé de que, mesmo sofrendo os efeitos de tanto ácido, de tanto fel, de tanto ódio intoxicante, sigo amanhecendo para cada novo dia com a certeza de que as feridas d’alma vão todas fechar.

Pois, como bom sertanejo, sou (sim) sobretudo um forte.

Continue Lendo

Paraíba

Preso na Operação Calvário: Ministra do STJ libera da cadeia o ex-procurador Gilberto Carneiro

Publicado

em

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, decidiu nesta sexta-feira (21) pela soltura de Gilberto Carneiro da Gama, ex-procurador Geral do Estado da Paraíba, preso no mês de dezembro durante a deflagração da sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final.

Na última terça-feira (18) a Sexta Turma do STJ decidiu negar o recurso feito pela PGR contra a concessão de habeas corpus a Ricardo Coutinho. Ontem (20), Coriolano Coutinho e outros também foram soltos.

Confira a decisão:

Continue Lendo

Paraíba

“A política do PSB, ao longo de 10 anos, vem prejudicando a Segurança Pública”, diz deputado

Publicado

em

“A política do PSB, ao longo de 10 anos, vem prejudicando a Segurança Pública”. A declaração é do deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL), ao lamentar decisão judicial que decretou a ilegalidade da greve das polícias Militar e Civil no Estado da Paraíba.

Em vídeo postado nas redes sociais, o deputado destaca que, na Paraíba, os policiais, bombeiros e civis, estão passando por grandes dificuldades. “Precisamos que a justiça também chegue para esses profissionais”.

Confira o vídeo:

Continue Lendo

Notícias

Nilvan Ferreira visita comunidade Irmã Dulce, em João Pessoa, e recebe carinho da população

Publicado

em

O radialista Nilvan Ferreira, lembrado em pesquisas eleitorais para a disputa pela Prefeitura de João Pessoa nas eleições deste ano, visitou na noite da quinta-feira (20) a comunidade Irmã Dulce. Como faz costumeiramente, Nilvan tem percorrido bairros da cidade, oportunidade em que além de receber o carinho das pessoas, ouve a realidade e desejos de moradores das mais diversas regiões da Capital.

“Olha aí o resultado de mais uma noite de visitas aos bairros da nossa cidade. Hoje foi a vez de caminhar e ouvir as pessoas do Conjunto Irmã Dulce. Na nossa visita de hoje eu fiz questão de conhecer a realidade e de expressar que João Pessoa necessita de um novo projeto que transforme aspectos da realidade vivenciada pela grande maioria das pessoas. João Pessoa tem que cuidar de todos os seus habitantes. Não se pode somente cuidar muito bem do centro e da praia e esquecer quem mora nos bairros. A cidade tem que ser boa pra todos que nela habitam”, postou Nilvan nas redes sociais.

Confira as imagens:

Continue Lendo