Nos acompanhe

Brasil

Projeto assegura e valoriza as apresentações culturais em espaços públicos de todo o Brasil

Publicado

em

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) apresentou o Projeto de Lei n° 3964/2019, no Senado Federal, que assegura e valoriza as apresentações culturais e manifestações artísticas nos espaços da infraestrutura dos serviços públicos de mobilidade urbana, a exemplo de estacionamentos, terminais, estações e pontos para embarque e desembarque de passageiros, em todo o País.

No Projeto, Veneziano cita como “apresentações culturais”, as manifestações artísticas, as apresentações musicais vocais e instrumentais, as apresentações de poesia, teatro e dança, a exposição de artes plásticas e visuais, dentre outras. Ele disse que essa prática é corriqueira em todo o mundo e que, no Brasil, ocorre também, mas precisa ser apoiada e estimulada.

“Diariamente, milhões de usuários de serviços de transporte, ao redor do Planeta, são brindados com apresentações e performances de artistas que, a um só tempo, exercem suas profissões, forjadas no esculpir e destilar de seus talentos, e tornam menos penosa a jornada diária de deslocamento daqueles que, cedo, partem para o trabalho, ou que, ao fim do dia, retornam para os seus lares. No Brasil não é diferente. Nosso país é reconhecido pela diversidade cultural e criatividade de seus artistas. Seja na música, na dança, no teatro ou nas artes visuais, as manifestações artísticas proliferam e merecem tanto reconhecimento quanto remuneração justa”, disse Veneziano, na justificativa do Projeto.

Os artistas, portanto, de acordo com o Senador, partem ao encontro de seu público. “Todo artista tem que ir aonde o povo está”, afirma Veneziano, lembrando Milton Nascimento e Fernando Brant. “E o povo está nos transportes públicos, seja nas estações de metrô de São Paulo, seja no trajeto das balsas do Rio de Janeiro ou nas estações de ônibus de Campina Grande”.

O Senador paraibano afirmou ainda que a intenção do seu Projeto é proteger e incentivar a prática, garantindo aos artistas profissionais o direito ao trabalho. “Reconhecemos também que as apresentações devem ocorrer de maneira organizada, para que não haja prejuízo ao bem-estar dos usuários e tampouco à qualidade dos serviços de transporte”, finalizou.

Continue Lendo

Artigos

RádioBlog faz pausa carnavalesca, cai na folia e retoma atividades na próxima quinta-feira

Publicado

em

Em ritmo carnavalesco, o Paraíba RádioBlog fará uma breve pausa, cairá na folia e retoma as atividades na próxima quinta-feira (27).

Bom carnaval a todos e, se beber, não dirijam!

Continue Lendo

Brasil

Pés de Barro: Para escapar de notificação da Corregedoria, Wilson Santiago tenta licença médica

Publicado

em

Após ter o mandato salvo pela Câmara mediante o compromisso de bastidor de que seu caso seria analisado pelo Conselho de Ética, o deputado Wilson Santiago (PTB-PB) tentou escapar de ser notificado pela Corregedoria da Casa, passo anterior à fase do Conselho. Ele chegou inclusive a apresentar um pedido de licença médica.

Foi preciso uma pressão contrária de líderes partidários e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Responsável por autorizar as licenças médicas, o 3º secretário da Mesa, Fábio Faria (PSD-RN), disse que, se o pedido chegar, a tendência é que não seja acatado.

Santiago recebeu na segunda (17) a notificação para apresentar sua defesa. O advogado do parlamentar não comentou o episódio.

Painel – Folha

Continue Lendo

Brasil

‘Um País que se divide entre retroescavadeira e bala…’

Publicado

em

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB-PB), presidente da Comissão de Educação da Câmara, não escondeu sua perplexidade com os dois tiros sofridos pelo senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE), depois de tentar debelar um protesto de policiais militares usando uma retroescavadeira contra eles. Para o deputado, o episódio mostra bem um sério problema do Brasil.

“Um País que se divide entre retroescavadeira e bala… Será que não existe uma maioria para perceber que os dois lados estão errados?”, escreveu o deputado no seu Twitter.

Um país que se divide entre retroescavadeira e bala… Será que não existe uma maioria para perceber que os dois lados estão errados?

BR Político

Continue Lendo