Nos acompanhe

Paraíba

Luciano Cartaxo inaugura primeira praça 100% inclusiva da Paraíba

Publicado

em

Mais uma praça foi entregue pelo prefeito Luciano Cartaxo, na noite desta segunda-feira (10) em João Pessoa. E desta vez com um grande diferencial que faz dela uma praça única em todo o Estado. Trata-se da Praça Vicente de Paula Nóbrega, no bairro Bancários, a primeira praça 100% inclusiva da Paraíba, ou seja, com todos os equipamentos adaptados para pessoas com necessidades especiais. E o local onde ela foi instalada também é bastante simbólico: em frente à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Esta é a sexta de um pacote de 14 praças que a gestão está entregando.

“A inauguração desta praça é a realização do sonho de muita gente que esperava há mais de 20 anos por um espaço público de lazer que também tivesse inclusão, um sonho dos usuários da Apae, dos moradores da região, e também fruto de demandas do Orçamento Participativo. E hoje é realidade a primeira praça 100% inclusiva da Paraíba, que tem espaços pensados para as pessoas com necessidades especiais, para que elas também tenham uma área pública para a prática de atividades físicas, culturais, de lazer”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

Espaços públicos – Desde 2013, a atual gestão tem investido em políticas de inclusão dentro das ações da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e a acessibilidade tem sido um norte para as obras empreendidas. A Praça Vicente de Paula Nóbrega é mais um passo que acaba de ser dado e que democratiza ainda mais os espaços públicos de lazer da Capital, uma vez que todas as demais praças também respeitam as normas de acessibilidade.

A praça conta com equipamentos de Academia da Terceira Idade e acessíveis às pessoas com necessidades especiais, além de espaços como playground, caixa de areia, mesas para jogos e área para eventos, passeio diferenciado, além de estacionamento para dez vagas, sendo 7 acessíveis. O investimento nesta praça foi de R$ 378.568,69.

Esta será a sexta praça de um pacote de 14 praças que o prefeito está entregando. Além dela, já foram entregues a Praça Engenheiro Solon de Lucena, Praça Vereador Potengi Lucena, Praça dos Colibris, Praça Cristo Rei e Praça São Pedro.

Homenagem – O nome da praça é em homenagem ao pai do jornalista Rubens Nóbrega, o paraibano natural de Santa Luzia, Vicente de Paula Nóbrega. De acordo com o jornalista, a família recebeu com surpresa a homenagem e agradece ao prefeito pela lembrança. “Ficamos muito comovidos e agradecidos com esta homenagem. Luciano Cartaxo sempre ajudou a escola de música que meu pai fundou desde quando era vice-governador, foi o responsável pela reforma da sede da escola de música e a gente espera este tipo de homenagem de amigos e era assim que meu pai via Luciano Cartaxo”, afirmou Rubens Nóbrega.

Músico desde a adolescência, Vicente de Nóbrega fundou uma escola de música em Jaguaribe, a atual Escola de Música Toque de Vida – Emtoque, destinada inicialmente a acolher e ensinar crianças pobres da região. De forma gratuita, a escola já formou mais de 500 instrumentistas nos últimos 20 anos e muitos hoje são profissionais e integram orquestras sinfônicas. Ele faleceu no último dia 6 de abril, na Capital, em decorrência de problemas cardiorrespiratórios.

Continue Lendo

Paraíba

Centro da Capital recebe Operação Proteção com serviços de limpeza para reabertura do comércio

Publicado

em

Com o início da terceira etapa do Plano de Flexibilização na Capital a partir da próxima segunda-feira (13), que entre uma série de medidas prevê a reabertura do comércio, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) intensificou as ações da Operação Proteção no Centro da cidade na manhã deste sábado (11). Uma força-tarefa composta por várias secretarias municipais realizou serviços de limpeza e higienização de ruas e espaços públicos, além da fiscalização do cumprimento de protocolos sanitários em estabelecimentos comerciais.

O objetivo da ação, que se estende ao longo da próxima semana e vai percorrer, também, outros bairros da cidade, é garantir a segurança da população na área de maior fluxo de pessoas e comércio da Capital. “Essa ação já foi realizada em alguns bairros, agora que o comércio varejista e shoppings centers voltam a funcionar, estamos intensificando no Centro, que concentra a maior parte dessas atividades”, disse Hildevânio Macedo, secretário de Gestão Governamental e Articulação Política. “É uma medida de segurança, para garantir que a população possa frequentar os estabelecimentos dentro dos protocolos sanitários”, continuou.

Durante a Operação Proteção deste sábado (11), as equipes percorreram o entorno do Parque da Lagoa e principais ruas do Centro. Na área de limpeza e zeladoria, foram realizados serviços de desinfecção e pulverização de ruas, avenidas, pontos de ônibus, calçadas, equipamentos e espaços públicos. O produto usado foi o hipoclorito de sódio, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Esse eixo é coordenado pela Defesa Civil, com o apoio da Emlur, Seinfra e Sedurb.

Já na parte de fiscalização, a ação se concentra no cumprimento dos protocolos que visam garantir a segurança para toda a população, como uso de máscara, limitação de uma pessoa a cada 10m² e disponibilidade do álcool gel nos estabelecimentos. O comércio de rua estará aberto das 9h às 15h, e os shopping centers terão horário de funcionamento autorizado de 12h às 20h, também admitindo apenas pessoas com máscaras, com medição de temperatura dos clientes e respeitando o distanciamento de 10m². Nesse eixo, a Operação Proteção é composta pelo Procon-JP, Progem, Semam, Semusb/Guarda Municipal e Vigilância Sanitária.

Na próxima segunda-feira (13), a Operação Proteção será realizada nos seguintes locais: Centro Comercial do Varadouro, Centro comercial Frutuoso Barbosa, Feirinha de Mangabeira – Boião e Feirinha de Mangabeira VII.

Continue Lendo

Paraíba

Promulgada lei que proíbe operadoras de telefonia bloquear ou restringir ligações para o INSS

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, promulgou a Lei 11.726/2020, de autoria do deputado Bosco Carneiro, que veda as operadoras de telefonia móvel do Estado bloquear as ligações feitas por meio de celular ou restringir o acesso e as ligações, para o canal de atendimento do  (central 135). A publicação constou na edição da última sexta-feira (10) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Segundo o autor da proposta, a lei aplica-se a celulares pré-pagos e planos pós-pagos. O  descumprimento da medida sujeitará as operadoras às sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Atualmente o 135 é gratuito para números fixos e públicos, mas custam o preço de uma ligação local para celular.

Continue Lendo

Paraíba

Brigada Sanitária fará ação nesta segunda no bairro de Mangabeira contra covid-19 e Aedes aegypti

Publicado

em

Uma ação educativa, de diagnóstico, busca ativa e também de tratamento da covid-19, síndromes gripais, dengue, zika e chikungunya. Esta é a ‘Brigada Sanitária’, que inicia nesta segunda-feira (13), das 8h às 12h, no bairro de Mangabeira IV. A ação terá a participação de aproximadamente 80 profissionais da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) que farão um mutirão, de porta em porta, pelas ruas do bairro para aplicar questionários e verificar a situação de saúde dos moradores. Casos suspeitos de covid-19 serão encaminhados à USF de referência da região para testagem e focos de Aedes aegypti serão combatidos com larvicidas.

A Brigada Sanitária terá início pelo bairro de Mangabeira IV, tendo como referência a Unidade de Saúde da Família Nova Esperança, que atende uma população de 14 mil pessoas. A ação avançará pelo bairro mais populoso da cidade e seguirá em direção aos que contam com maior número de casos de covid-19 e que tenham menor índice de isolamento social. Seguindo protocolo do Ministério da Saúde, em virtude da pandemia do novo coronavírus, os profissionais só entrarão nas casas em que haja focos de Aedes aegypti.

Os profissionais estarão divididos em 40 equipes. Participam agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, profissionais da Atenção Básica e da Vigilância Ambiental e Zoonoses da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). De dois em dois, eles visitarão as casas de uma mesma rua de uma só vez para, em seguida, irem passando para as demais ruas.

Na ação, serão aplicados questionários para identificar pessoas com sintomas gripais ou comorbidades, ou seja, pessoas que sejam hipertensas, diabéticas, obesas, ou que tenham problemas cardíacos, que são pessoas que, se contaminadas com o coronavírus, têm a propensão de ter maior agravo e evolução da doença. Os agentes de vigilância ambiental, desde que autorizados pelos moradores, entrarão nas casas para buscar possíveis focos do Aedes aegypti, que serão combatidos com aplicação de larvicidas.

Casos suspeitos de covid-19 – As pessoas que forem identificadas com alguma comorbidade passarão a ser monitoradas. As que tiverem sintomas gripais ou algum agravo, como dispneia (falta de ar) serão encaminhadas para a Unidade de Saúde da Família (USF) de referência para consulta, prescrição de medicamentos, se necessário, e para fazer o teste do novo coronavírus, conforme protocolo.

Continue Lendo