Nos acompanhe

Paraíba

Parceria com prefeitura facilita liberação de créditos e escoamento da produção em assentamento

Publicado

em

Todas as semanas, de quarta-feira a sábado, caminhões da Prefeitura de Pitimbu saem lotados de raízes, frutas e hortaliças do Assentamento Apasa, na Região Metropolitana de João Pessoa, a cerca de 56 quilômetros da capital. Pelo menos cinco feiras agroecológicas e feiras livres da região, de João Pessoa e de vizinhos municípios de Pernambuco, além de centrais de abastecimento dos dois estados, são abastecidos com os alimentos produzidos pelas 150 famílias de agricultores da área de reforma agrária – uma das principais produtoras de alimentos orgânicos do litoral sul da Paraíba.

A parceria com a Prefeitura de Pitimbu, possibilitou, além do escoamento da grande produção do assentamento, com destaque para o inhame, a liberação de aproximadamente R$ 400 mil em créditos para as mulheres assentadas no Apasa.

O assentamento também deve ganhar uma praça com “Academia da Saúde” – equipamentos para o desenvolvimento de atividades físicas – e Unidade Básica de Saúde (UBS), com investimento de aproximadamente R$ 500 mil, que será construída pela Prefeitura de Pitimbu em um terreno de 1,5 mil metros quadrados cuja doação está sendo formalizada junto à Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária na Paraíba (Incra/PB).

Crédito Fomento Mulher

Para agilizar a liberação dos recursos do crédito instalação na modalidade Fomento Mulher para as agricultoras do Assentamento Apasa, o Incra/PB celebrou um termo de cooperação técnica com a Prefeitura de Pitimbu, que disponibilizou técnicos em agropecuária para acompanhar a elaboração dos projetos técnicos produtivos e a aplicação do crédito, no valor individual de R$ 5 mil.

O Fomento Mulher é uma das modalidades do Crédito Instalação, que é a primeira etapa de financiamento garantido pelo Incra às famílias beneficiárias do PNRA e ainda dispõe de outras oito linhas de crédito: Apoio Inicial; Fomento; Semiárido; Florestal; Recuperação Ambiental; Cacau; Habitacional e Reforma Habitacional.

Os recursos são movimentados por meio de cartão magnético individual do Banco do Brasil e devem ser destinados à implantação de projetos produtivos sob responsabilidade das mulheres titulares dos lotes, como a criação de pequenos animais e a implantação e a ampliação de hortas.

Escoamento da produção

“A parceria com a prefeitura tem facilitado demais o escoamento dos nossos produtos”, afirmou o agricultor Jerônimo Odilon da Silva, que é ex-presidente da associação dos agricultores do Assentamento Apasa e ex-secretário de agricultura de Pitimbu. “Nossa vida só tem melhorado. E a parceria com a Prefeitura contribui muito pra isso”.

Parte da produção do Assentamento reforça a merenda fornecida pelas escolas do município. De acordo com o prefeito de Pitimbu, Leonardo Barbalho, 40% da merenda oferecida nas escolas municipais é comprada dos agricultores familiares da região através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Além de inhame e de hortaliças variadas, as famílias do Assentamento Apasa produzem macaxeira, feijão, milho, batata-doce, abóbora e uma grande variedade de frutas, como acerola, graviola, banana, mamão, limão, coco, melancia, sapota (variedade de sapoti), manga e jaca.

Assentamento Apasa

O Assentamento Apasa, uma das principais áreas produtoras de alimentos orgânicos do litoral sul da Paraíba, principalmente hortaliças, tem aproximadamente 1.130 hectares e foi criado em julho de 1995. Desde 2008, quase todas as 150 famílias do assentamento já possuem os Títulos de Domínio, ou seja, o instrumento que transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter definitivo. É garantido pelas leis 8.629/93 e 13.465/17, quando verificado que foram cumpridas as cláusulas do contrato de concessão de uso e que o assentado tem condições de cultivar a terra e de pagar o título de domínio em 20 parcelas anuais.

Além da garantia da propriedade da terra para os trabalhadores rurais assentados, a titulação efetuada pelo Incra contém dispositivos norteadores dos direitos e deveres dos participantes do processo de reforma agrária, especialmente do poder público – representado pelo Incra – e dos beneficiários, caracterizado pelos assentados.

Continue Lendo

Paraíba

Sessão Especial comemora Dia do Administrador e entrega de Título de Cidadão a Geraldo Tadeu

Publicado

em

O Dia do Administrador, celebrado em 9 de setembro, será comemorado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) com uma sessão especial, na próxima segunda-feira (16), proposta pelo deputado Eduardo Carneiro (PRTB). Durante a sessão, que acontece a partir das 14h, no Plenário Deputado José Mariz, também será realizada a entrega do Título de Cidadão Paraibano ao administrador Geraldo Tadeu Indrusiak da Rosa.

A sessão especial será realizada como uma forma de valorizar o profissional que atua na área da Administração. “Muitos dos administradores são pessoas que empreendem, que contribuem para o desenvolvimento do nosso Estado, gerando emprego e renda. Então, nada mais justo do que homenagear quem faz a diferença para que tantos empreendimentos dêem certo”, ressaltou o parlamentar que também é administrador.

Geraldo Tadeu Indrusiak da Rosa – Nascido na cidade de Carazinho, no Rio Grande do Sul, em 9 de abril de 1950, Geraldo Tadeu reside em João Pessoa há 43 anos, cidade que escolheu para fixar suas raízes. Casado com a paraibana Marize Raquel Diniz da Rosa, com quem tem duas filhas, Marine Raquel Diniz da Rosa e Danielle Cristine Diniz da Rosa; e é avô de Maria Elisa, Murilo, Victor e Benjamin. Formado em Administração de Empresas com especialização em Organização e Métodos, iniciou sua carreira profissional em 1967 e só em 1976 chega à Paraíba, onde exerce diversos cargos dentro do Grupo Vila Romana.

“O Título de Cidadão Paraibano é concedido a pessoas que contribuem para o desenvolvimento do Estado e para o bem estar do povo paraibano, e Geraldo Tadeu é uma dessas personalidades que abraçaram a Paraíba como seu lugar para morar e fazer crescer”, destacou Eduardo.

Administradores – A profissão de administrador completa 54 anos de regulamentação no Brasil. De acordo com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a Administração é uma das carreiras mais procuradas entre os jovens que ingressam no ensino superior. Os dados do último Censo da Educação Superior revelam que no Brasil existem 2.295 cursos de bacharel em Administração, totalizado 966.316 vagas e, por ano, 116.028 concluem o curso.

Comemoração – Nove de setembro é o “Dia Nacional do Administrador”, por ser a data de assinatura da Lei nº 4769, de 9 de setembro de 1965, que criou a profissão de Administrador. O dia do Administrador foi instituído pela Resolução CFA nº 65/68, de 09/12/68.

Continue Lendo

Paraíba

Romero encerra a XII Conferência Municipal de Assistência Social de Campina Grande

Publicado

em

O prefeito Romero Rodrigues encerrou oficialmente, no final da tarde desta sexta-feira, 13, a XII Conferência Municipal de Assistência Social. O evento, aberto nesta quinta, foi realizado no auditório da Fiep e contou com a participação de profissionais e estudantes da área, além de representantes das entidades representativas do setor.

Sob o tema “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social”, a conferência foi promovida pela Secretária de Assistência Social de Campina Grande, que promoveu uma grande mobilização, que envolveu todos os territórios do município, através das dez unidades dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

Em seu discurso, Romero Rodrigues destacou que o trabalho exercido pela Semas em sua gestão conseguiu dar dimensão nacional às políticas públicas implementadas pelo Município. O prefeito campinense deu destaque à visibilidade alcançada por Campina Grande através do sucesso dos programas Criança Feliz e o Centro Dia, além de uma série de outras ações de relevante importância para a cidade e região.

Romero ressaltou também o bom trabalho de articulação desenvolvido pela secretária Eva Gouveia e sua equipe em cada um dos programas desenvolvidos e apoiados pelo Município. Para Romero, os desafios continuam sendo consideráveis, mas a dedicação e o espírito público de Eva e seu time têm feito a diferença.

Continue Lendo

Negócios

Presidente da CMJP e comitiva de vereadores discutiram com Sedurb comércio ambulante da Capital

Publicado

em

Estiveram presentes na Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), nesta manhã de sexta-feira (13), o presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), João Corujinha (DC), e os vereadores Leo Bezerra (PSB), Milanez Neto (PTB), Tibério Limeira (PSB) e Chico do Sindicato (Avante) para tratar do comércio dos ambulantes. A categoria procurou os parlamentares nesta quinta-feira (12), para intermediar com o Executivo as demandas do segmento. O comércio dos trabalhadores ambulantes está paralisado devido ordem do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

“Tínhamos que dar uma resposta aos ambulantes. O secretário da Sedurb, Zennedy Bezerra, informou que o diálogo com a categoria está avançando e que uma das questões da negociação é a Prefeitura conseguir um espaço, no Centro da cidade, para a atuação dos ambulantes que ainda estão comercializando mercadorias na rua. Ele tranquilizou o segmento, pedindo calma, e ainda comentou que está aberto a atender os manifestantes em seu gabinete a fim de analisar caso a caso e dar os devidos encaminhamentos”, explicou João Corujinha.

O presidente da CMJP ainda informou que algumas providências já foram tomadas. A exemplo, alguns vendedores ambulantes já foram destinados a vias da cidade, como a rua Santo Elias e a Santos Dumont. “Vai haver solução definitiva. Um espaço será desapropriado e isto está sendo articulado. A Câmara escuta a população, discute o caso, leva as demandas aos órgãos competentes, tenta dialogar com os gestores e buscar soluções. É isto que estamos aguardando e vamos acompanha tudo para que haja resultados”, salientou o chefe do Legislativo Pessoense.

Continue Lendo