Nos acompanhe

Paraíba

Assembleia discute potencialidades do Rio Paraíba e valorização da biodiversidade

Publicado

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta quarta-feira (22), sessão especial para debater o potencial, os problemas e as soluções para o Rio Paraíba, uma das mais importantes bacias hidrográficas do estado, abrangendo, inclusive, as cidades de João Pessoa e Campina Grande.

A propositura, de autoria do deputado Chió (Rede), se baseou na série “Paraíba, o Rio”, veiculada pela TV Correio e produzida pela Fundação Solidariedade, que mostra a problemática do tema, como a poluição da bacia, a redução do ecossistema e o consequente impacto econômico para a população local.

Para o parlamentar, a ocasião é representativa pela comemoração do Dia Mundial da Biodiversidade, celebrado em 22 de maio pela Organização das Nações Unidas (ONU). “A biodiversidade tem sido muitas vezes negligenciada pelos governos e pela população e é preciso que a gente reflita sobre esse debate e sobre o nosso futuro. Esse ano o tema da data é a alimentação e saúde, que é base dessa biodiversidade. A gente precisa estudar, entender e preservar para conseguir fármacos que possam, por exemplo, combater doenças como o câncer, AIDS e outras enfermidades que afligem a humanidade”, ressaltou Chió.

A deputada Pollyanna Dutra (PSB) destacou a relevância do debate para o futuro do planeta. “O meio ambiente é uma pauta global, não só da Assembleia, que está dando importância a esse momento nesse evento, mas é do mundo, planetária. Essa é uma pauta para gente tornar o mundo mais sustentável e com mais possibilidade de convivência harmônica entre o clima, o planeta, as pessoas, a fauna, a flora. Isso tem uma relevância muito grande e que mexe muito com a vida da gente e com as gerações futuras”, declarou.

De acordo com o diretor-presidente do Sistema Correio de Comunicação, Roberto Cavalcanti, a conservação do meio ambiente deve ser pauta prioritária para a humanidade. “O tema é mundial. Na verdade, quando está em jogo a preservação do nosso planeta, o mundo está de mãos dadas e atento aos problemas que estão acontecendo. O Sistema Correio foi muito feliz em fazer uma séria de matérias sobre o Rio Paraíba. Esse projeto nosso se estenderá para todos os pontos, nos quais o meio ambiente se fizer necessário ser cuidado”, disse.

A presidente da Fundação Solidariedade, Beatriz Ribeiro, ressaltou que a série faz parte dos objetivos de desenvolvimento sustentável adotados pela instituição até 2030. “Nós criamos essa série do Rio Paraíba, mostrando o que acontece ao longo do rio, de que forma a gente pode ajudar aquela população ribeirinha, a questão do ecossistema e na parte econômica também, ou seja, de que forma a Paraíba precisa do rio. O rio é o nosso legado, a nossa história e a Assembleia vem abraçar esse projeto que, realmente, vem engrandecer a todos os paraibanos”, explicou.

Já a editora geral de Jornalismo da TV Correio, Edileide Vilaça, comentou que a série pode contribuir para encaminhar aos deputados as principais demandas do Rio Paraíba. “A sessão é um sentimento de que o papel foi cumprido. A comunicação, quando ela exerce um papel social, não tem como não ser reconhecida pela sociedade. É importante também por chamar atenção do Parlamento para os problemas e questões do nosso estuário, que é o maior patrimônio ambiental que nós temos. Então, isso nos gratifica muito, pelo resultado de um trabalho chegar a um espaço como esse, onde é para discutir as soluções”, concluiu.

Voto de Aplauso

No dia 2 de abril, o presidente da ALPB, Adriano Galdino (PSB), apresentou, através do Requerimento 1.000/2019, um Voto de Aplauso ao Sistema Correio de Comunicação e à Fundação Solidariedade pela produção da série.

“Muito além de uma reportagem, ‘o projeto transmídia’, se propõe a chamar atenção para a importância do Rio Paraíba para a Economia criativa e para a cultura do nosso estado e ainda acompanhar até o ano de 2030 os resultados, os avanços e as conquistas para o meio ambiente, as populações ribeirinhas e todo ecossistema no entorno do estuário. É louvável a iniciativa em tocar nesse tema e chamar a uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro do Rio Paraíba”, diz trecho da justificativa do requerimento.

Também participaram da sessão especial os deputados Cabo Gilberto Silva e Wilson Filho; a vereadora de João Pessoa, Helena Holanda; o prefeito de Cabaceiras, Tiago Castro; o secretário do Meio Ambiente, Pesca e Agricultura de Cabedelo, Walber Farias; o analista ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), Orlando Assumpção; o analista ambiental do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), Fabiano Gumier; e o presidente da Colônia dos Pescadores de Cabedelo, Edivaldo Santana.

Continue Lendo

Negócios

R$ 4 milhões: Superintendente do Detran, Agamenon Vieira credencia empresa sem processo licitatório

Publicado

em

O superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-PB), Agamenon Vieira, participou no último sábado (14) de premiação oferecida pela empresa VSoft Informática, conforme publicado em perfil no Instagram do próprio órgão de trânsito.

O post na rede social chamou a atenção, uma vez que a empresa VSoft foi contratada pelo próprio Agamenon Vieira para prestar serviços no DETRAN-PB, sem processo de licitação, e que deveria ter seus serviços fiscalizados pelo próprio Departamento Estadual de Trânsito. Mas as coincidências não param por aí.

Em contato com o RádioBlog, uma fonte do próprio Departamento Estadual de Trânsito informou que Agamenon Vieira editou, meses após assumir a chefia do DETRAN-PB, portaria 070/2017, credenciando empresa para “desenvolvimento e disponibilização de sistema eletrônico de anotação, transmissão e recepção dos relatórios de avaliação de aulas de prática de direção veicular, no âmbito do Estado da Paraíba”. A empresa agraciada, sem procedimento licitatório, foi a VSoft Informática Ltda.- ME, inscrita sob o CNPJ 03.776.595/0001-60.

Ainda segundo informações da fonte, o procedimento de credenciamento resultou na cobrança de R$ 2,99 por cada aula prática aos futuros motoristas que pretendem retirar o documento de habilitação no Estado da Paraíba. De acordo com Código de Trânsito, são necessárias ao menos 20 aulas práticas para obter a Carteira Nacional de Habilitação, consequentemente, cada cidadão paraibano candidato a retirar CNH passou a pagar R$ 59,60 à empresa VSoft.

Segundo levantamento feito no site do próprio DETRAN, somente nos anos de 2017 e 2018 a Paraíba teve um acréscimo de aproximadamente 67 mil novos condutores habilitados, que resultou num lucro aproximado de R$ 4 milhões à empresa VSoft Informática, que tem como sócio administrador o empresário paraibano Daniel Targino.

 

Auditoria: João Azevedo envia aliado ao Denatran para levantar informações sobre o Detran-PB

Fonte do Governo do Estado informou ao RádioBlog que o governador João Azevedo enviou um aliado ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em Brasília. O objetivo, realizar um levantamento de documentos, decretos, contratos, entre outros, que possam subsidiar o Governo a respeito da atual situação no órgão, na Paraíba.

“João está buscando fazer o certo, levantar o que está errado, corrigir e punir os envolvidos”, disse a fonte ao RádioBlog.

Calvário

Segundo informações já veiculadas pelo RádioBlog, uma das novas e bombásticas revelações de Livânia Farias em delação ao Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), se referem a agentes públicos e contratos no Detran. A expectativa é de que nos próximos dias a Paraíba tenha acesso detalhadamente às informações prestadas pela ex-secretária, presa na Operação Calvário e que atualmente cumpre medidas cautelares.

Informações extraoficiais indicam que, em sua última sessão de delação, a ex-secretária Livânia Farias teria entregado um esquema de propinas no Detran, além de envolver parentes próximos de figurões do Estado. O caso envolveria a contratação de empresas de forma irregular e ao arrepio da legislação e contra orientação do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Ainda de acordo com informações, Livânia não teria acesso direto ao esquema do Detran, haveria outros “operadores qualificados para tocar as operações”.

Continue Lendo

Paraíba

Deputado estadual é assaltado por dupla armada em João Pessoa

Publicado

em

O deputado estadual da Paraíba, Raniery Paulino (MDB), foi assaltado dois homens, um deles armado, na manhã desta terça-feira, no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa, próximo à sua residência. Segundo informações repassadas pelo deputado em um vídeo publicado por ele em seu perfil em uma rede social, o assaltante apontou a arma e roubou seu aparelho celular.

Ainda segundo informações repassadas pelo gabinete do deputado, Raniery Paulino registrou a ocorrência na 10ª Delegacia Distrital (DD) de João Pessoa, no bairro de Tambaú. O deputado informou ao gabinete que não poderia comparecer aos trabalhos da manhã desta terça em decorrência do registro do crime do qual foi vítima. Sua ausência foi justificada por isso, de acordo com o gabinete.

Ainda conforme o gabinete de Raniery Paulino, o celular do deputado tinha sido localizado por meio do GPS, mas não houve confirmação se o aparelho foi recuperado.

A Polícia Militar informou, por sua vez, que houve registro de assalto no Miramar, mas a princípio não tem relação.

Continue Lendo

Brasil

Lauro Jardim: Suposto nepotismo da senadora Daniella Ribeiro repercute na imprensa nacional

Publicado

em

Daniella Ribeiro, suplente da Comissão de Relações Exteriores no Senado, não terá condições de apontar o dedo para Eduardo Bolsonaro, caso ela seja contra a indicação do 03. Pelo menos, não por nepotismo.

Estão lotadas no gabinete da senadora duas primas dela: Maria Luíza Farias, com salário de R$ 21 mil; e Alina Barboza, que recebe R$ 10,7 mil. Mas não só, destaca publicação na coluna do jornalista Lauro Jardim, de O Globo.

Alina é mãe de Marina Galdêncio, outra familiar beneficiada com uma vaguinha, de R$ 20,8 mil, arranjada pela parlamentar.

Somados os salários da parentada da senadora, eleita pelo PP da Paraíba, chegam a R$ 630 mil por ano.

Continue Lendo