Nos acompanhe

Paraíba

Maior evento de tecnologia e hacking da América Latina desembarca com programação em João Pessoa

Publicado

em

O Roadsec, maior evento de tecnologia e hacking da América Latina, desembarca em João Pessoa, neste sábado, dia 25 de maio, para reunir em um dia inteiro de atividades os amantes de tecnologia para trocas de conhecimentos e experiências.

João Pessoa, que é considerado um polo de inovação para o mercado de tecnologia, terá uma edição especial com programação expandida, com um dia repleto de atividades interativas e palestras sobre segurança da informação, carreiras em tecnologia, ciência, blockchain, criptoativos e muito mais. Simultaneamente, o público que é formado por todas as idades, entendedores do assunto ou não, poderá interagir com oficinas de tecnologias que são tendência no mundo, como óculos de realidade virtual, drones controlados por smartphone, caneta 3D e circuitos de robótica.

Neste dia, o público poderá acompanhar ao vivo o Hackaflag (#hfbr19), maior campeonato brasileiro de invasão de sistemas no estilo CTF, que significa Capture The Flag (capture a bandeira), que revelará o competidor que representará a cidade paraibana na final nacional em Novembro, na capital de São Paulo. A competição é individual, e os participantes devem levar a sua própria máquina para pôr em jogo todo seu conhecimento durante as provas, que exploram as principais áreas da segurança da informação, tudo feito em um ambiente digital simulado nos moldes de e-sports. O prêmio para o campeão é uma viagem para Las Vegas com tudo pago e ingressos para a DEF CON, a maior conferência hacker do mundo.

O Roadsec cumpre seu principal objetivo de ser o espaço referência para os talentos locais da área de tecnologia aproveitarem o networking e se revelarem ao mercado. “Todo mundo é muito bem vindo no Roadsec. Sejam leigos ou experts, curiosos ou estudantes, a área de tecnologia, hacking e todos os nossos outros eixos de conteúdo está pronta para receber novos talentos. Seja você um hacker, um maker ou um entusiasta da tecnologia, o Roadsec é o lugar perfeito pra um dia de aprendizado, diversão, networking e muito mais.” Marina Ciavatta, gerente de Comunidades do Roadsec.

Nesta edição, são esperados mais de 450 participantes entre programadores, desenvolvedores, profissionais e empresas de T.I e segurança da informação. O evento irá acontecer na Funesc, das 9h às 18h. Os ingressos que dão direito a toda programação do evento, estão disponíveis no site oficial e também serão vendidos na porta.

Profissionais de renome da área de tecnologia são destaques na programação John Bambenek é o destaque da programação entre os grandes especialistas da área. O americano tem mais de 20 anos de experiência em segurança da informação e vice-presidente de pesquisa da ThreatSTOP, empresa referência em inteligência de ameaças. Em sua palestra, ele irá abordar sobre quais ferramentas de baixo custo utilizar para proteger residências, pequenos escritórios e organizações sem fins lucrativos através de sistemas de nomes de domínios de sites. Everton Michels, Analista de Segurança da HackerOne, trará um debate sobre como as vulnerabilidades de segurança estão em todo lugar, desde startups a grandes corporações. Além de mostrar como hackers ajudam a tornar a internet mais segura e como ganhar dinheiro com isso. Segurança de aplicativos também estará em pauta no dia. Wagner Elias, CEO na Conviso, mostra a importância da segurança em todas as etapas do desenvolvimento de um app, e não somente no momento de teste e/ou após já estar disponível para uso.

Representatividade da cultura Hacker

Neste ano, quem comanda os traços das novas artes do Roadsec é Mar Williams. A comunidade hacker brasileira será representada em pôsteres, credenciais e artes promocionais com um quê de Wakanda Cyberpunk, com personagens não-binários e destacando a diversidade que para o Roadsec é muito importante. Mar é o principal nome de várias obras, credenciais e posters da DEF CON, a maior conferência de hacking do mundo. Além de desafiar as regras de gênero, Mar se define como hacker, maker hardcore e tem uma visível dedicação ao bio-hacking, com diferentes implantes e modificações. Suas criações artísticas misturam a cibercultura com uma “fofura bizarra”, quebrando paradigmas. Essa e muitas outras obras estão disponíveis em seu instagram (@spuxo).

Continue Lendo

Paraíba

Após receber denúncias, deputado fiscaliza Hospital Edson Ramalho e constata irregularidades

Publicado

em

Após receber inúmeras denúncias de pacientes e servidores, o deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) fiscalizou “in loco” o Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa.

Segundo o parlamentar, as irregularidades cometidas pela nova administração da unidade de saúde, apontadas pelos reclamantes, foram constatas. “Casos como perseguição a servidores”, disse. “Ontem, uma servidora que aqui trabalha durante 20 anos, chorou bastante em meu ombro dizendo que havia sido perseguida”, revelou o deputado.

Ainda segundo o deputado Cabo Gilberto Silva, também por perseguição na nova diretoria, vários outros servidores foram perseguidos no Hospital Edson Ramalho. “Espero que o Governo do Estado resolva esses problemas, colocando um profissional da área de saúde para administrar o hospital, assim como fez com a Secretaria de Saúde, onde colocou o Doutor Geraldo, que tem meu respeito”, disse o deputado.

Continue Lendo

Paraíba

Comissão aprova projeto que proíbe o vilipêndio de dogmas e crenças no estado da Paraíba

Publicado

em

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou, nesta terça-feira (17), Projeto de Lei 398/2019, de autoria do deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas), que proíbe o vilipêndio de dogmas e crenças de toda e qualquer religião, sob a forma de sátira, ridicularização e menosprezo, no âmbito do Estado da Paraíba.

Wallber Virgolino explica que a Constituição Federal assegura que todo brasileiro tem o direito de ter uma crença religiosa e, pensando nisso, apresentou a iniciativa no parlamento.

“Peças teatrais, propagandas de TV e rádio, entre outros meios que ridicularizem a figura de Deus, de Jesus, símbolos ou imagens de qualquer outra religião, devem ser proibidas na Paraíba”, disse. “Estamos com nosso mandato empenhado em defender a moral, a família, a religião e bons costumes”, declarou.

Aprovada na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, a matéria segue para apreciação e voto no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Continue Lendo

Paraíba

ALPB aprova projeto que fixa prazo de 30 dias para realização de exames em pacientes com câncer

Publicado

em

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, na sessão ordinária desta terça-feira (17), projeto de Lei 950/2019, de autoria do deputado Wilson Filho, que estabelece o prazo máximo de espera de 30 dias, nas unidades de saúde do Estado da Paraíba, para a realização de exames clínicos, laboratoriais e complementares por pacientes diagnosticados com câncer.

Wilson Filho lembra que, de acordo com a Constituição Federal, a saúde é direito de todos no país. Neste sentido, o parlamentar ressalta que há grande demanda de procedimentos e intervenções gerando, desta forma, uma “fila de espera”.

Segundo o deputado, muitos pacientes portadores de câncer morrem na Paraíba sem sequer passarem por algum tipo de atendimento na rede pública de saúde. “Estes pacientes necessitam de atendimento com certa celeridade, pois, é comprovado que todos os dias as células malignas do corpo se multiplicam, atacando outros órgãos e sistemas, tornando essencial o tratamento da forma mais célere possível”, justificou Wilson Filho.

Também foi aprovado, por unanimidade, Projeto de Lei 305/2019, de autoria do presidente Adriano Galdino, instituindo a Semana Estadual de Enfrentamento à Tríplice Epidemia: Dengue, Zika e Chikungunya. O objetivo, segundo Galdino, é conscientizar a sociedade a respeito dos riscos oferecidos pelo mosquito aedes aegypti e intensificar ações voltadas a combatê-lo.

Continue Lendo