Nos acompanhe

Artigos

Artigo: Aristóteles e a política atual

Publicado

em

Maria Aparecida de Oliveira Silva

A política rege todas as outras ciências

Por vezes, furtam a responsabilidade da política de garantir a felicidade e os direitos dos seres humanos. Mas como garantir isso? Em Política, publicada pela Edipro, Aristóteles compreende o indivíduo, o seu papel na sociedade e na organização, a fim de avaliar as formas de governo e como esta metodologia poderia alcançar um mundo ideal.

A nova tradução feita pela professora Maria Aparecida de Oliveira Silva – mestre em história Econômica, doutora em História Social (USP) e pós-doutora em Estudos Literários (UNESP) – primou em demonstrar originalmente os ideais de política de Aristóteles e, assim, compreender a formação, a estrutura e o desenvolvimento da vida em comunidade.

Após se tornar receptor do Alexandre – O Grande, o filósofo e pensador concluiu que a política influencia em todas as outras ciências de forma efetiva. Declarava que o Estado é como uma associação, uma vez que esse modelo propicia o interesse de todos por um bem comum.

Aristóteles é considerado o primeiro grande mentor de assuntos públicos e declara que é impossível idealizar um indivíduo sem o Estado e que, entendendo as pessoas como animais políticos, não é possível viver sem a sociedade. Neste sentido, as comunidades, as cidades e até mesmo os estados são frutos da tendência do ser humano de agrupamento.

Para o filósofo grego, o principal motivo desta associação humana é o bem comum, capaz de proporcionar felicidade aos seus cidadãos e prosperidade à cidade. A instituição de leis e a sua observância são fundamentais para que a comunidade seja uma associação humana feliz e próspera. Estas e outras reflexões atemporais compõem esta cuidadosa tradução anotada. Inclui apêndice com a tradução de “Da Monarquia, Democracia e Oligarquia”, de Plutarco.

Política compõe o catálogo da Editora Edipro que conta com 14 obras de Aristóteles: Órganon; Da Geração e Corrupção; Retórica a Alexandre; Retórica; Poética; Parva Naturália; Metafísica; Ética – Textos Selecionados; Ética a Nicomaco; Ética a Eudemo; Do Céu; Da Alma (De Anima); Constituição de Atenas e Categorias.

Sobre o autor: Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.) foi um importante filósofo grego, aluno de Platão e professor de Alexandre, o Grande. Seus escritos abrangem diversos assuntos, como a física, a metafísica, a poesia, o teatro, a música, a lógica, a retórica, o governo, a ética, a biologia e a zoologia. Com Platão e Sócrates (professor de Platão), Aristóteles é visto como uma das figuras mais importantes e um dos fundadores da filosofia ocidental. Seu ponto de vista sobre as ciências físicas influenciou profundamente o cenário intelectual e medieval e esteve presente até o Renascimento. Nas ciências biológicas, a precisão de algumas de suas observações foi confirmada apenas no século XIX. Suas obras contêm o primeiro estudo formal conhecido da lógica. Na metafísica, o aristotelismo teve uma influência profunda no pensamento filosófico e teológico. Todos os aspectos da filosofia de Aristóteles continuam a ser objeto de um ativo estudo acadêmico nos dias de hoje.

Continue Lendo

Artigos

A merecida nomeação de Octávio Paulo Neto na PGR é um prêmio para todos do GAECO

Publicado

em

Alan Kardec – Polítika

Não conheço pessoalmente o procurador Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco. No máximo trocamos algumas mensagens de interesse jornalístico. Logo, o reconhecimento que farei a seguir é desprovido de qualquer relação pessoal.

A nomeação de Octávio Paulo Neto para atuar na Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise, da Procuradoria Geral da República, é antes de tudo o reconhecimento ao excelente trabalho realizado por todos servidores que atuam no GAECO, grupo do Ministério Público que combate a corrupção.

Acredito que Octávio possui o mesmo sentimento de coletividade.

É preciso ressaltar que a Operação Calvário é uma Lava Jato melhorada. Aprendeu com a irmã mais velha e não tem rasgado a Constituição, muito menos o CPP, como estava fazendo a República de Curitiba.

A Calvário é mais cautelosa e Octávio Paulo Neto parece não ter vontade de virar herói. Seu comedimento é perceptível e a falta de vaidade é o seu ponto forte e ajuda na manutenção da neutralidade.

Diferente de Deltan Dinheirol e companhia, Octávio Paulo Neto não quer aparecer com Power Point’s nem lucrar com palestras, quer apenas cumprir seu dever e combater a corrupção, mesmo que isso atinja poderosos como Ricardo Coutinho e membros do judiciário.

Mesmo sem desejar holofotes, Octávio Paulo Neto está escrevendo o seu nome na história, e ao lado do desembargador Ricardo Vital, ficará reconhecido por acabar com umas das maiores organizações criminosas do Brasil.

Continue Lendo

Artigos

RádioBlog antecipa retorno do recesso e retoma atividades nesta quinta-feira

Publicado

em

Diante das inúmeras informações que tomaram conta do noticiário paraibano na reta final de 2019 e início do ano de 2020, o RádioBlog antecipou o fim do recesso e retoma nesta quinta-feira (09) as atividades previstas para terem inicio apenas na próxima segunda-feira (13).

A iniciativa reafirma o compromisso do RádioBlog com a boa informação aos seus leitores, tanto aqueles que enviaram mensagens e fizeram contato telefônico, quanto os que simplesmente aguardavam pelos primeiros posts de 2020.

A todos, meu muito obrigado e um próspero ano.

Continue Lendo

Artigos

Boas Festas: RádioBlog inicia período de recesso e retoma atividades no dia 13 de janeiro

Publicado

em

Após um ano intenso, pautado em matérias jornalísticas que trouxeram os mais inúmeros escândalos de corrupção por todo o estado da Paraíba, o dia a dia da política local e nacional, o RádioBlog inicia nesta terça-feira (24) período de recesso.  Retomaremos as atividades a partir do dia 13 de janeiro de 2020, eventualmente, caso acontecimentos importantes ocorram, faremos a publicação no sentido de manter nossos leitores sempre bem informados.

Boas Festas

Continue Lendo