Nos acompanhe

Paraíba

Semana de conscientização levará informações sobre Transtorno do Déficit de Atenção

Publicado

em

Pesquisas mostram que apenas 5% de pessoas portadoras de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TOAH) recebem o tratamento adequado. Para chamar atenção para este problema, a Paraíba passou a contar com a Lei nº 11.014/2017 que institui a semana de informação e conscientização sobre a doença. A propositura é do deputado estadual Jutay Meneses (PRB-PB) e foi sancionada pelo Executivo Estadual.

“A conscientização é importantíssima para que o TDAH não seja confundido com casos de indisciplina, que gera insatisfação por parte dos pais e professores quando crianças, e prejudica a vida profissional e social quando adultos. A informação pode reduzir drasticamente os conflitos familiares, escolares, problemas comportamentais e psicológicos”, destacou.

Segundo o deputado, a Semana de Informação e Conscientização sobre o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade deverá ser realizada anualmente na primeira semana de agosto, além de constar no Calendário Oficial do Estado da Paraíba. A programação contará com a elaboração de cartilhas promovendo a conscientização de educadores, bem como de familiares, privilegiando informações sobre o conceito do TDAH, sintomas, diagnóstico e tratamento.

Continue Lendo

Paraíba

PMJP acompanha processo judicial da Lagoa e se mantém à disposição dos órgãos fiscalizadores

Publicado

em

Sobre a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), em relação às obras da Lagoa, a Procuradoria-Geral do Município de João Pessoa ressalta que o Prefeito foi isento pelo próprio MPF de qualquer participação no caso e reafirma que o momento não é de pré-julgamento, uma vez que os indiciados terão a oportunidade de apresentar a sua defesa ao poder judiciário, quando será concluída a apuração do caso.

A Procuradoria Geral do Município ressalta ainda o compromisso da gestão municipal com a transparência e com a colaboração ativa em todas as fases, como vem fazendo desde o início. Diante das conclusões dos inquéritos e mesmo antes da denúncia, os procedimentos administrativos de controle interno também já haviam sido acionados.

Continue Lendo

Negócios

Tarifa de ônibus da capital é reajustada para R$ 4,00 a partir deste domingo

Publicado

em

Conforme determinação da Prefeitura de João Pessoa, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa, Sintur-JP, informa que a partir das 0h de domingo, 26 de janeiro, a tarifa de ônibus em João Pessoa passa a ser R$ 4,00 para os passageiros que utilizam o Passe Legal e R$ 4,15 para quem realiza o pagamento em espécie. Os créditos já existentes nos cartões dos usuários do Passe Legal valerão pelos próximos 30 dias com o preço anterior da passagem.

Neste ano, em todo Brasil, 46 cidades já tiveram aumento no valor de suas tarifas. A média do reajuste no transporte público do país até agora é de 8,3%. Desde 2014, o setor vem enfrentando uma grave crise. Aqui na capital, houve uma queda de 32% no número de passageiros transportados no comparativo 2013 para 2019 e isso também influencia no preço final da tarifa.

De acordo com o Sintur-JP, a tarifa seria mais barata se não houvesse Imposto Sobre Serviço (ISS), pago ao município, e o ICMS sobre o óleo diesel.

Continue Lendo

Paraíba

Romero anuncia reajuste para o magistério e salário de professor varia de R$ 2,2 mil a R$ 8 mil

Publicado

em

Durante vistoria às obras de construção da futura creche da comunidade de Catolé de Zé Ferreira, na manhã desta sexta-feira, 24, o prefeito Romero Rodrigues anunciou um reajuste da ordem de 12,84% em prol da categoria dos professores municipais de Campina Grande, Romero. O benefício contempla os docentes da ativa com efeito retroativo ao dia primeiro de janeiro de 2020.

Romero Rodrigues observou que, apesar dos problemas econômicos que afligem o País, o Município tem procurado cumprir as suas obrigações, num esforço destinado a melhorar as condições salariais e de trabalho dos que integram o magistério público em nível municipal.

“Trata-se de mais ação de respeito e valorização dos professores municipais. Sabemos que o governo federal anuncia, mas quem paga mesmo são os prefeitos e os governadores. Trata-se de um ônus bem significativo, quando tivemos uma inflação pouco acima de 4%, enquanto a receita de janeiro deste ano (FPM) é bem menor do que janeiro de 2019”, explicou.

O prefeito campinense lembrou que, desde 2013, tem buscado cumprir a política nacional de valorização do magistério, tendo sido adotadas iniciativas como a ampliação da jornada de 25 para 30 horas. Por conta disso, houve significativa e rápida melhoria salarial para os professores do Município ao longo dos últimos anos, o que elevou a autoestima e a qualidade de vida de quem se dedica ao magistério.

Salário de até R$ 8 mil

Na sua avaliação, nunca aconteceram tantos avanços em prol dos professores numa só administração. Com isso, como natural reflexo, tem melhorado a qualidade no ensino municipal com a formação de crianças que desfrutam de conhecimentos e ensinamentos fundamentais para o seu pleno desenvolvimento escolar.

Com o reajuste, um professor efetivo, em cargo inicial, com carga horária de 30 horas, vai receber R$ 2.200,00. Contudo, em decorrência do plano de cargos e carreira já existente no município, com a sua devida escalonamento de salários, um docente pode chegar a ganhar, dependendo da sua titulação (Mestrado ou Doutorado), cerca de R$ 7 mil a R$ 8 mil.

Continue Lendo