Nos acompanhe

Paraíba

Pense: Palestra com Frei Betto aborda Avanços e intervenções da Cidadania

Publicado

em

Frei Betto será o quinto palestrante do Pense – Ciclo de Debates Contemporâneos da Paraíba, nesta quarta-feira (27), na sala de concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, a partir das 19h. O tema em debate será Avanços e intervenções da Cidadania para a refundação democrática da Política – Desigualdades sociais e profundidades das crises política, societária, civilizatória. A entrada é gratuita.

 

A transformação do sistema político e sua liberação da tutela do poder econômico. Função social estratégica das políticas públicas. A “radicalização” da Cidadania orientada para a requalificação democrática da Política. Pluralidade, diversidade e democracia: uma tríade virtuosa da Cidadania. Caminhos da resistência e da esperança cidadãs, também serão temas debatidos pelo frei.

 

O ciclo de debates prosseguirá, até dezembro, com palestras, especialistas e intelectuais convidados para qualificar o debate de temas de relevância para a Paraíba e para o Brasil, especialmente neste grave momento histórico-político-civilizatório. O Governo, assim, não apenas exerce sua competência constitucional de proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação e à ciência como também estimula na esfera pública a prática republicana da cidadania e da livre formação da consciência crítica.

 

Frei Betto é frade dominicano e escritor, autor de 60 livros, muitos deles traduzidos no exterior. Estudou jornalismo, antropologia, filosofia e teologia. É assessor de movimentos sociais. Atualmente, é colunista de religião do jornal “O Globo”; articulista dos jornais “Folha de S. Paulo”, “Hoje em Dia”, “Brasil de Fato” e da revista “Caros Amigos”. Foi um dos fundadores da Agência de Notícias Frei Tito de Alencar Lima para América Latina (Adital), criada no ano 2000 por sua iniciativa.

 

Recebeu vários prêmios, no Brasil e no exterior, por sua luta em prol dos direitos humanos. Ganhou também diversos prêmios literários, entre os quais o mais importante no Brasil: o Jabuti, em 1982 e em 2005. Recebeu também o Prêmio Juca Pato, quando foi eleito pela União Brasileira dos Escritores (UBE) Intelectual do Ano, em 1986. Em 2009, foi agraciado com o Prêmio ALBA de Las Letras em reconhecimento ao conjunto de sua obra literária.

 

No fim de 2014 foi a primeira personalidade a ganhar o Prêmio Dom Paulo Evaristo Arns por sua trajetória em prol dos direitos humanos. Doutor Honoris Causa em Filosofia, título concedido pela Universidade de Havana, em outubro de 2015. É membro do Conselho Mundial do Projeto José Martí de Solidariedade Internacional. No dia 6 de abril de 2016, o Conselho Universitário da Universidad

 

Nacional da Costa Rica outorgou a Frei Betto a Medalla Universidad Nacional em reconhecimento por seu legado que tanto tem influenciado a arte, a educação e outras formas de expressão e pensamento da humanidade, principalmente na América Latina, além de propagar uma cultura de paz e respeito à terra e à vida humana. Neste ano, recebeu das mãos do presidente do Equador, Rafael Correa, a Medalha da Ordem Nacional do Mérito, no Grau de Oficial, por sua destacada luta em defesa dos Direitos Humanos, trajetória que o tornou referência na história contemporânea da América Latina.

Continue Lendo

Paraíba

TRE-PB julgará Ação de Impugnação de Mandato contra prefeita de Bayeux na próxima terça-feira

Publicado

em

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgará uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) contra a prefeita de Bayeux, Luciene Gomes (PDT), mais conhecida como Luciene de Fofinho, na próxima terça-feira (2).

Agendado para ter início às 14h, a Aime pede cassação do mandado da gestora por suposta prática de abuso de poder econômico nas Eleições de 2020.

A então candidata a prefeita de Bayeux, Luciene, venceu o pleito ao receber 21.103 votos (39,21%) contra 12.939 votos (24,04%) do seu principal adversário, Diego do Kipreço (PP).

 

Continue Lendo

Paraíba

Cabo Gilberto Silva acusa Governo da Paraíba de tentar manipular a população com propaganda falsa

Publicado

em

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) utilizou as redes sociais para acusar o Governo da Paraíba de tentar manipular a população através de propaganda falsa.

O parlamentar afirma que o Governo da Paraíba estaria ludibriando populares ao comemorar a redução do número de ataques a bancos no ano de 2020 no Estado escondendo, ao mesmo tempo, a informação de que os bancos que foram explodidos pelos criminosos não teriam sido reabertos e que tal realidade tem prejudicado a população das respectivas cidades onde bancos foram destruídos por bandidos.

“Você acredita no governador??? Os paraibanos não serão manipulados! Não acreditem na propaganda oficial do governo do Estado da Paraíba. A verdade sempre vence! SOS SEGURANÇA PÚBLICA NO ESTADO DA PARAÍBA”, escreveu o parlamentar em sua postagem.

Além de deputado estadual, Cabo Gilberto Silva também é o líder da bancada de oposição ao Governo do Estado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Confira abaixo a publicação feita pelo parlamentar através de redes sociais:

 

Continue Lendo

Paraíba

Procon-JP constata diferença superior a R$41,00 no preço do queijo

Publicado

em

Pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor para frios mostra que a diferença no quilo do queijo provolone, da marca Tirolez, tem uma diferença de R$ 41,04, com os preços oscilando entre R$ 68,86 (Latorre – Torre) e R$ 109,90 (Extra – Epitácio Pessoa), variação de 59,60%. O levantamento de preços para 88 itens foi realizado em sete supermercados e seis mercados públicos da Capital no dia 25 de janeiro.

O Procon-JP levantou preços de queijos (oito tipos), presunto e apresuntado, mortadela e salame e os queijos mostraram as maiores diferenças para uma mesma marca de um estabelecimento para outro. Mas a maior variação entre todos os produtos ficou com o quilo da mortadela de frango Sadia, 69,77%, com preços entre R$ 8,89 (Latorre – Torre) e R$ 16,79 (Extra – Epitácio Pessoa), diferença de R$ 6,90.

O secretário Rougger Guerra salienta que a pesquisa do Procon-JP visitou também os mercados públicos para fazer uma comparação de preços com os supermercados. “Nossa pesquisa registrou que a diferença nos preços para menos não é tão significativa. Mas o levantamento de preços está bem completo e por isso aconselho ao consumidor consultar os preços antes de ir à feira dos frios de sua preferência, porque a economia final na compra desses produtos será bem alta”.

Mais diferenças – A pesquisa mostra outras diferenças significativas no preço dos frios, a exemplo do queijo gorgonzola Regina, R$ 32,55, com preços entre R$ 67,35 (Latorre – Torre) e R$ 99,90 (Big Bompreço – Aeroclube); do peito de peru Sadia, R$ 31,50, com preços entre R$ 32,99 (Manaíra – Manaíra) e R$ 64,49 (Carrefour – Aeroclube); do queijo parmesão Buritis, R$ 26,00, com preços entre R$ 64,99 (Bemais – Bancários) e R$ 90,99 (Carrefour – Aeroclube); do queijo provoloni Buritis, R$ 25,00, com preços entre R$ 54,99 (Bemais – Bancários) e R$ 79,99 (Extra – Epitácio Pessoa).

Supermercados – O Procon-JP levantou preços nos seguintes supermercados: Latorre e Santiago (Torre), Carrefour e Big Bompreço (Aeroclube), Manaíra (Manaíra), Extra (Epitácio Pessoa) e Bemais – (Bancários).

Mercados Públicos – Nando Frios e Box Bom (Mercado Central); Frios N. S. Aparecida (Mercado do Bairro dos Estados); Box Batista, Sempre Frios e Estevão frios e Derivados (Mercado da Torre).

Para acessar a pesquisa completa acesse o portal da prefeitura de João Pessoa –  www .joaopessoa.pb.gov.br e www.proconjp.pb.gov.br

Continue Lendo