Nos acompanhe

Paraíba

CMJP adere à campanha de combate ao assédio sexual contra mulheres durante o São João

Publicado

em

“Não é Não, também no São João”. Esse é o tema da campanha criada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), em parceria com a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e outras instituições que compõem a Rede Estadual de Atenção às Mulheres em Situação de Violência da Paraíba, com foco na prevenção e denúncia de crimes de importunação sexual e violência doméstica durante as festas juninas deste ano.

A primeira reunião para definir as ações da campanha aconteceu na sede do MPPB, na tarde de terça-feira (21), com a participação do presidente da Câmara, João Corujinha (DC); do vereador Damásio Franca (PP); da diretora-geral da CMJP, Nilmara Braga; das promotoras de Justiça e Defesa da Mulher, Rosane Araújo e Roseane Costa Pinto; e da juíza da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça da Paraíba, Graziela Quiroga Gadelha.

A campanha “Não é Não, também no São João” tem o objetivo de atuar em todo o estado, durante as festas juninas, distribuindo materiais informativos, como panfletos do projeto, em pontos de grande circulação de turistas que visitam as cidades nesse período. Peças com informações sobre a iniciativa também serão veiculadas em rádios, TVs e nas redes sociais matérias.

O presidente da CMJP, João Corujinha, disponibilizou os canais de comunicação da Casa para ajudar na divulgação. “Trata-se de uma campanha muito importante, e a Câmara abraça esse tipo de iniciativa. Vamos ajudar a divulgar essas práticas educativas através da TV e Rádio Câmara, do nosso portal e das nossas redes sociais”, enfatizou.

O vereador Damásio Franca ressaltou que a Câmara de João Pessoa, enquanto casa do povo, está cumprindo com o seu papel ao apoiar a iniciativa. “Também é dever do parlamentar incentivar mudanças culturais na sociedade, e é muito importante que ocorram campanhas educativas desse tipo em festas como o São João”, destacou.

A campanha

Importunação sexual é crime com pena de um a cinco anos de reclusão, prevista na Lei 13.718/2018. De acordo com a promotora de Justiça e Defesa da Mulher de João Pessoa, Rosane Araújo, tendo em vista o êxito da campanha “Não é Não”, lançada no carnaval deste ano em todo o Brasil, o MPPB decidiu repetir a mesma política agora no São João.

“Estamos cuidando de evitar essa violência criminalizada em uma das maiores festas do país, como deu certo no carnaval. Estamos repetindo a iniciativa agora no São João, porque é o nosso evento cultural por excelência. Então, todos os órgãos e instituições que compõe a Rede Estadual de Atenção às Mulheres em Situação de Violência da Paraíba estão engajados nessa nova campanha que, agora, está sendo ampliada com participação da Câmara Municipal de João Pessoa”, completou a promotora.

A data prevista para o início da campanha será definida na próxima semana, quando os vereadores voltam a se reunir com os representantes da Rede.

Continue Lendo

Paraíba

Balanço: Deputado Wallber Virgolino é o mais atuante do primeiro semestre na Assembleia

Publicado

em

Nos seis primeiros meses de mandato, o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas), foi o parlamentar com maior atuação e representatividade da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Levantamento realizado junto aos sistemas da Casa de Epitácio Pessoa, revelam que, no período, Wallber Virgolino apresentou mais de 500 proposituras, projetos de lei, projetos de indicação, entre outros. Segundo os dados, foram apresentados por Wallber Virgolino no primeiro semestre do mandato 369 requerimentos, 93 projetos de lei ordinária, 19 projetos de indicação, 08 pedidos de informação, 04 ofícios e projetos de resolução, 03 recursos, 02 requerimentos de sessão especial e 01 projeto de lei complementar.

Detentor de primeiro mandato, em entrevista à imprensa paraibana, Wallber Virgolino fez um balanço positivo dos primeiros meses como parlamentar. “Este é meu primeiro mandato como deputado estadual e tivemos um ano difícil para alguns setores partidários diante do atual cenário político que chegou às páginas policiais na Paraíba”, disse. “Apresentamos nos seis primeiros meses do ano 503 iniciativas na Casa, participamos de visitas a autoridades, reuniões técnicas, encontros lideranças, representantes de categorias, entre outros, sem contar a agenda de gabinete e demais atividades”, completou.

Wallber Virgolino disse ainda que o resultado da atuação parlamentar no primeiro semestre é apenas um “aperitivo” do que está por vir. “Estamos motivados, em sintonia com as demandas da sociedade”, disse o deputado. “Vamos continuar trabalhando, com foco, ouvindo a população e atuando em prol daqueles que acreditaram em nosso nome e confiaram seu voto ao nosso mandato”, garantiu.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) fechou na terça-feira (18) o primeiro semestre de 2019 com aumento de 361% na produção de matérias com relação ao mesmo período do ano passado e encerra o semestre com um número recorde de apreciação e aprovação de matérias.

Continue Lendo

Paraíba

Presa há quase dois meses, “braço direito” de Gilberto Carneiro é abandonada por socialistas

Publicado

em

Presa desde o dia 30 de abril na quarta etapa da Operação Calvário, a assessora e braço direito do ex-procurador do Estado, Gilberto Carneiro, Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, foi abandonada pelo grupo girassol na carceragem da Penitenciária Feminina Júlia Maranhão, em João Pessoa. Isolada pelos socialistas, Maria Laura só pode receber visitas dos familiares de 1º e 2º grau e seus advogados legalmente constituídos.

Indícios de grande movimentação de dinheiro em espécie na casa de Maria Laura, em João Pessoa, foram encontrados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), na terceira fase da Operação Calvário. De acordo com o MP, fitas de “maços” de dinheiro, utilizadas para amarrar grandes quantias, foram encontradas na residência no bairro Costa e Silva.

Uma semana após a prisão, o Diário Oficial do Estado trouxe, na edição do dia 07 de abril, a exoneração de Maria Laura Caldas, então assistente de gabinete da Procuradoria-Geral do Estado, como dito anteriormente, diretamente ligada ao ex-procurador Gilberto Carneiro, citado nas investigações alvo de mandado de busca e apreensão. Carneiro foi exonerado na mesma manhã em que a assistente foi presa.

A Operação Calvário expõe um esquema responsável pelo desvio de mais de R$ 1 bilhão da Saúde pública estadual. Conforme investigações do Gaeco/MPPB, as fraudes envolviam agentes públicos e Organizações Sociais (OS) que gerenciavam hospitais.

Informações de fontes ligadas ao RádioBlog dão conta de que em breve nova fase da Operação Calvário tomará às ruas da Paraíba e, desta vez, grandes figuras do meio político devem ser “visitadas” por agentes do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco).

Continue Lendo

Paraíba

Confira o vídeo: Esposa de ex-deputado é rendida e tem carro levado por bandido no Altiplano

Publicado

em

A esposa do ex-deputado Pedro Medeiros foi vítima de assalto na manhã desta quarta-feira (19), quando chegava na residência onde mora, no bairro do Altiplano, em João Pessoa. Rendida, a vítima teve o automóvel levado por um criminoso. A informação foi divulgada em primeira mão no programa Correio Debate, da 98,3 FM.

Continue Lendo