Nos acompanhe

Paraíba

Audiência Pública: CMJP promove discussão sobre acessibilidade na Capital

Publicado

em

A acessibilidade para as pessoas com deficiência voltou à pauta de discussões da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), durante audiência pública proposta pelo vereador Tibério Limeira (PSB), realizada nesta terça-feira (14). O debate contou com a participação dos vereadores Damásio Franca (PP) e Marcos Henriques (PT), e de representantes de entidades ligadas às pessoas com deficiência, Defensoria Pública Estadual, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba (CREA-PB), Defensoria Pública da União (DPU) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob).
Os participantes cobraram ações do poder público e se colocaram à disposição para colaborar com a luta por mais acessibilidade nos bairros, equipamentos públicos e centro da cidade. Tibério Limeira lembrou que há muito tempo vem denunciando a falta de acessibilidade em vários pontos da cidade. O parlamentar citou, por exemplo, a ausência de rampas na calçadinha da orla marítima do Cabo Branco e do Bessa, para que os cadeirantes tenham autonomia para chegar à praia, bem como a dificuldade de acesso aos transportes coletivos.
Tibério afrimou que esse é um tema de fundamental importância, que preocupa toda a sociedade paraibana. “A falta de acessibilidade para as pessoas com deficiência e com dificuldades de locomoção é muito grande”, reforçou. Para o parlamentar, já existem muitas normas sobre o assunto, o que falta são ações e projetos concretos que possam ser colocados em prática na cidade.
O superintendente da Semob, Adalberto Araújo, declarou que a Gestão Municipal já pensa na realização de obras planejadas para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Ele destacou que as obras da avenida Beira Rio e da calçadinha da orla marítima da Capital foram executadas dentro dessa realidade. “Na Beira Rio, a Prefeitura adotou calçadas padronizadas e acessíveis para as pessoas com deficiência, ciclovia e sistema viário pronto para atender a população. Na orla marítima não foi diferente”, argumentou. O superintendente anunciou uma intervenção do Executivo Municipal, nesse sentido, na avenida Epitácio Pessoa, com as adequações necessárias para as pessoas com deficiência. Com relação aos transportes coletivos, o Adalbeto Arújo prevê que, até o final do ano, 100% da frota estará adequada, com acessibilidade.
O vereador Damásio Franca também cobrou providências para a falta de acessibilidade no sistema de transporte coletivo. Representando o MoviCidade em João Pessoa, Carolina Vieira lamentou que a população com deficiência esteja extremamente vulnerável. Carolina, que é cadeirante, reclamou, entre outras questões, da falta de acessibilidade em praças públicas, avenidas e outros pontos da cidade.
O vice-presidente da Associação Atlética das Pessoas com Deficiência da Paraíba (AAPD-PB), Jean Azevedo, que também utiliza cadeiras de rodas, denunciou que a maioria da população não respeita as áreas destinadas às pessoas com deficiência. “Para se ter uma ideia, não se encontra um lugar para estacionar o veículo em Tambaú, próximo ao Centro Turístico”, lamentou.
O vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Hellosman de Oliveira, representando a Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), falou da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, e do artigo 3 da Lei Brasileira de Inclusão. Hellosman enfatizou que a temática da acessibilidade leva à reflexão sobre as desigualdades extremas vividas pelas pessoas com deficiência, que, em sua grande maioria, estão à margem da sociedade.
A audiência pública resultou na criação de um Grupo de Trabalho (GT), com a participação de integrantes da sociedade civil organizada, CMJP e Gestão Municipal, para fiscalizar e monitorar as adequações necessárias à acessibilidade em obras e ações públicas. O GT já tem a primeira reunião marcada para a próxima semana.

Continue Lendo

Paraíba

Lucélio Cartaxo deixa UTI do Sírio Libanês em SP após evolução no quadro de saúde

Publicado

em

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, informou na noite deste sábado (20) que Lucélio Cartaxo teve alta da UTI, em São Paulo. O irmão gêmeo do gestor foi transferido para o Hospital Sírio Libanês na noite da segunda-feira (15), para avaliar possíveis sequelas decorrentes de um traumatismo craniano sofrido após acidente em um quadriciclo.

“Com a graça de Deus informo a todos que, em razão da recuperação do seu quadro de saúde, Lucélio deixou a Unidade de Saúde Intensiva (UTI) em São Paulo. Estamos confiantes de que em breve, seguindo as recomendações médicas, ele regressará à João Pessoa”, disse Luciano nas redes sociais, que também agradeceu “as orações e solidariedade de todos”.

Lucélio estava internado no Hospital da Unimed, em João Pessoa, desde o último dia 6 de julho. O quadro clínico do secretário evoluía bem até o sábado, dia 13, quando ele teve uma piora. O quadro dele evoluiu com alterações de eletrólitos no sangue (diminuição da taxa de sódio), necessitando de internação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para reposição progressiva de sódio, informa publicação do Jornal da Paraíba.

Acidente

Lucélio sofreu acidente enquanto trafegava com um mini buggy no Condomínio Alphaville, em João Pessoa. Ele estava acompanhado do filho, Gustavo, que sofreu apenas escoriações leves. O secretário, no entanto, acabou batendo a cabeça e sofrendo um traumatismo craniano. O primeiro socorro foi prestado pelos médicos do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, após socorro prestado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). De lá, ele foi levado para o Hospital da Unimed.

Continue Lendo

Paraíba

Romero participa, como palestrante-convidado, de congresso sobre gestões inovadoras, em SP

Publicado

em

O prefeito Romero Rodrigues, de Campina Grande, participa de evento realizado em São Paulo (SP), nesta terça-feira, 23, cujo foco central é o debate sobre gestões inovadoras, no Brasil e no mundo. Na condição de palestrante-convidado, Romero fará exposição no Smart City Business Brazil Congress & Expo, na Transamérica Expo Center, sobre várias iniciativas de seu governo que têm merecido destaque, pela criatividade, economicidade para os cofres públicos e abrangência.

Também convidados, três auxiliares diretos do prefeito têm participação no evento – os secretários Lucas Ribeiro (Ciência, Tecnologia e Inovação) e Rosália Lucas (Desenvolvimento Econômico), além do superintendente de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STT), Félix Araújo Neto. O grupo acompanha o prefeito em viagem já nesta segunda-feira a São Paulo e cada um integra painéis específicos em sua respectiva área de atuação, compartilhando as experiências da gestão campinense.

Entre os temas propostos para exposição de Romero Rodrigues, destacam-se o Projeto Minha Árvore, da Sesuma, o Probem (Programa de Bolsa de Estudos Municipal), que permite o acesso de estudantes egressos do ensino público em universidades privadas, através do Enem, e o modelo de Parceria Público Privada (PPP), que permitiu ao Maior São João do Mundo um crescimento exponencial nos últimos anos. Está prevista também a participação do prefeito campinense num almoço com gestores de todo o Brasil e de várias partes do mundo.

O Smart City Business Brazil Congress & Expo é o mais importante evento relacionado ao ecossistema das cidades inteligentes na América Latina, com foco propositivo, destacando-se por reunir tomadores de decisão e ser uma efetiva plataforma para geração de negócios. Com as novas oportunidades e desafios para implementar um novo conceito de gerenciamento urbano, o evento investe em novos modelos de discussão. Ao invés de apenas palestras e workshops, o evento proporcionará aos participantes a chance de acompanhar Reuniões Estratégicas entre especialistas do setor e autoridades – prefeitos e secretários.

Continue Lendo

Paraíba

“Sabe quantas vezes alguém vai me ofender por me chamar de “Paraíba”? Nunca!”, diz Julian Lemos

Publicado

em

O deputado federal Julian Lemos (PSL) utilizou as redes sociais para se manifestar sobre a fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL), sobre os governadores do Nordeste.

Na publicação, Julian disse que jamais se sentirá ofendido em ser chamado de “Paraíba”. “Sabe quantas vezes alguém vai me ofender por me chamar de “Paraíba”? Nunca!”, exclamou o deputado. “Sou bem resolvido, adoro o meu oxente”, completou.

Ainda na rede social, Julian disse que nasceu no melhor lugar do mundo. “Ninguém é melhor do que eu, tenho auto estima, simples assim”, declarou.

Continue Lendo