Nos acompanhe

Paraíba

João Azevedo participa do ODE em Solânea e entrega benefícios para a região

Publicado

em

O governador João Azevedo participou, na tarde do sábado (13), na cidade de Solânea (2ª Região Geoadministrativa), da quarta audiência pública regional do Orçamento Democrático Estadual – Ciclo 2019. Na audiência o chefe do executivo ouviu e respondeu às reivindicações da população, prestou contas das ações e destinou benefícios para a região.

João Azevedo abriu à plenária assinando Termo de Cooperação Técnica, com o município de Solânea, Bananeiras, Serraria, Casserengue, Damião, Arara e Borborema, visando o aparelhamento e a operacionalização do matadouro público de Solânea.

O chefe do executivo ainda fez a entrega de benefícios de microcréditos do Empreender Paraíba, no valor de quase R$ 306 mil, beneficiando 52 empreendedores da região. Também assinou ordem de serviço para a iluminação do campo de futebol da cidade de Logradouro, no valor de R$ 162 mil, e fez a entrega de laboratórios de ciências aplicadas (dois de instalação elétrica e dois de energia solar) para as Escolas Técnicas Estaduais de Solânea e Bananeiras.

“Na próxima semana iremos lançar o edital de concurso para a contratação de mais 1.000 novos professores para a rede estadual de ensino. Iremos também convocar mais 500 policiais militares aprovados no último concurso. E implantaremos mais de 1.500 câmeras de segurança em todo o estado”, disse o governador ao prestar contas das ações do governo.

O governador falou ainda da satisfação em estar na região de Solânea participando de mais uma audiência. “Essa é a Paraíba que nos motiva. É aqui que estamos definindo, mais uma vez, os destinos dos recursos do nosso estado. O Orçamento Democrático é uma política consolidada e que jamais deverá deixar de existir. Estamos juntos discutindo o futuro da Paraíba”, afirmou o chefe do executivo.

O prefeito da cidade de Solânea, Kaiser Rocha, falou da satisfação de sediar mais uma audiência e pleiteou melhorias nas condições do matadouro público da cidade. “Temos o abatedouro com a estrutura física pronta e o governador vai equipá-lo conforme anunciado aqui por ele. O governador está atendendo a um pedido da nossa comunidade que sonha com essa obra há mais de duas décadas”, agradeceu o prefeito pela assinatura do termo de compromisso.

Mais de 1.200 pessoas participaram da audiência que elegeram como prioridades de investimentos para a região a educação (184 votos), área mais votada, seguida da saúde (181 votos) e educação infraestrutura (165 votos).

O conselheiro do Orçamento Democrático, Helson Santos, da cidade de Casserengue, fez a reivindicação em nome dos demais conselheiros da região. “Pra mim é uma honra e um prazer fazer parte deste instrumento. Casserengue tem três demandas fundamentais para a cidade, que é a construção de uma escola estadual, a interligação das cidades de Barra de Santa Rosa a Casserengue, além da duplicação da caixa d’água de nossa cidade”, reivindicou ao governador o conselheiro.

A audiência em Solânea contou com a participação da vice-governadora Lígia Feliciano, do deputado Federal Damião Feliciano, além dos deputados estaduais, Adriano Galdino – presidente da Assembleia Legislativa -, João Gonçalves, Hervázio Bezerra, Chió e Ricardo Barbosa.

O Governo do Estado tem disponibilizado o aplicativo do OD Estadual para a indicação das prioridades, pela população, por meio do Portal da Cidadania (www.portaldacidadania.pb.gov.br), onde as pessoas podem indicar quais obras e ações gostariam que fossem desenvolvidas nas regiões. Cada pessoa pode indicar até três obras, e a validação do voto deve ser feita no dia e no local da audiência.

Investimentos– Saúde, educação e infraestrutura foram as prioridades eleitas no ciclo anterior. João Azevedo apresentou alguns dos investimentos nestas áreas. “Mais de R$ 300 milhões foram destinados para custeios dos hospitais da região. Também construímos a Unidade Mista de Saúde, de Cacimba de Dentro (R$ 4,2 milhões). Na área da educação estão previstos mais de R$ 250 milhões em obras para todo o estado. Vamos reformar a Escola Senador Humberto Lucena, de Cacimba de Dentro (R$ 1,2 milhão) e a Escola Alfredo Pessoa de Lima, em Solânea (R$ 1,2 milhão)”, afirmou o gestor.

Na área da infraestrutura, João Azevedo anunciou que vai licitar as obras para a construção de uma passagem molhada, em Belém, reformar o Núcleo de Produção de Alimentos de Araruna, e recuperar a urbanização de acesso da rua Nova/Giradouro, em Belém. Investimentos que somam quase meio milhão.

Saiba mais– As plenárias do Orçamento Democrático contam com a presença do governador João Azevedo, e de toda a comitiva do governo, e é um momento em que as pessoas elegem as prioridades de investimentos para as suas respectivas regiões, além de quais obras, ações e serviços gostariam que fossem implantados ou melhorados em suas comunidades. O Orçamento Democrático Estadual já deliberou mais de R$ 10 bilhões em obras, ações e serviços demarcados nas peças orçamentárias, ao longo dos últimos anos de existência da ferramenta (2011 a 2018).

Calendário das audiências:

26/04 – Sousa (Ginásio da UFCG, BR-230)

27/04 – Cajazeiras (Ginásio da ECIT Profª Nicéa Claudino Pinheiro, BR-230)

03/05 – Campina Grande (Ginásio da ECIT Bráulio Maia Júnior – Dinamérica)

04/05 – Sumé (Ginásio da E.C.I Professor José Gonçalves de Queiroz, Centro)

10/05 – Catolé do Rocha (Ginásio do Colégio Normal Francisca Mendes, Centro)

11/05 – Pombal (Ginásio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Arruda Câmara, BR-230)

17/05 – Cuité (Ginásio da ECIT Jornalista José Itamar da Rocha Cândido, BR-104)

18/05 – Guarabira (Ginásio da ECIT Professor José Soares de Carvalho, Primavera)

24/05 – Patos (Ginásio “O Gelão”, Jatobá)

25/05 – Soledade (Ginásio da Escola Estadual Dr. Trajano Nóbrega, Soledade)

30/05 – Itabaiana (Pátio interno da ECIT – Dr. Antônio Batista Santiago)

31/05 – Mamanguape (Ginásio da ECIT – João Da Matta Cavalcanti De Albuquerque, Conjunto Nossa Senhora da Penha I)

01/06 – João Pessoa (Espaço Cultural/Praça do Povo, Tambauzinho)

Continue Lendo

Paraíba

João Azevêdo discute Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste

Publicado

em

O governador João Azevêdo recebeu, nesta segunda-feira (22), na Granja Santana, em João Pessoa, o superintendente da Sudene, Mário de Paula Guimarães Gordilho. O encontro teve o objetivo de discutir a elaboração do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste. Participaram da reunião o secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga; o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza; o secretário executivo da Receita, Bruno Frade; o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro; além do geógrafo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, Robson Brandão.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual apresentou as propostas que o Governo da Paraíba entende como fundamentais para o desenvolvimento da Região. “Existem alguns eixos que são importantes para nós, a exemplo da priorização da posição dos Estados na definição dos investimentos do Banco do Nordeste e a implantação de uma malha ferroviária interligando todas as Capitais e parte da Região, passando por João Pessoa, Natal, Maceió, Recife, Aracaju e Salvador que seria de uma urgência muito grande para que a gente possa ter transportes de cargas e de passageiros porque possibilitaria, por meio de Pernambuco, a interligação com a Transnordestina; esses são investimentos que entendemos ser importantes e que precisamos discutir e colocar nesse Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste”, pontuou.

O gestor também ressaltou a importância de fortalecer órgãos envolvidos com o crescimento do Nordeste. “Essa reunião de hoje teve a intenção de fortalecer esse Plano, o Conselho Deliberativo da Sudene e a própria Sudene, por meio de uma maior participação dos governadores do Nordeste nessas reuniões, definindo as prioridades e investimentos por parte do Banco do Nordeste”, avaliou.

O superintendente da Sudene, Mário de Paula Guimarães Gordilho, disse que o encontro teve a finalidade de conhecer as principais demandas da Paraíba. “O grande fator do nosso levantamento são as grandes carências de recursos hídricos dos Estados; além das questões relacionadas à educação e à saúde. Esses dados irão para o Plano de Desenvolvimento que será levado para a presidência da República que encaixará esse planejamento que a Sudene está fazendo no Plano Plurianual do Governo Federal; em seguida, este Plano irá ser votado no Congresso Nacional”, explicou.

Ele também informou que o resumo final do Plano de Desenvolvimento do Nordeste será apresentado aos governadores e às bancadas federais de todos os Estados da Região durante uma reunião que ocorrerá no dia 24 de maio, em Recife.

Continue Lendo

Paraíba

Também pode sair: Ainda na defesa de Livânia, Sheyner Asfora se reúne com ex-secretária nesta terça

Publicado

em

Alegando questões de foro íntimo, o advogado Solon Benevides se afastou da defesa da ex-secretária de estado, Livânia Farias, alvo da Operação Calvário, do Ministério Público Estadual. Solon esteve na tarde de hoje (22) na 6º Companhia de Polícia Militar, em Cabedelo, onde oficializou à cliente o afastamento do caso.

Outro advogado de Livânia Farias, Sheyner Asfora, confirmou que ainda se manterá na defesa da cliente e que irá conversar com a ex-gestora nesta terça-feira (23).

Apesar de confirmar a reunião, não revelou o teor da conversa, o que leva a acreditar que também deve deixar o caso.

Continue Lendo

Paraíba

“CPI do Feminicídio deve unir oposição e situação na Assembleia”, acredita deputado

Publicado

em

O tom é mais ameno, contudo, o deputado estadual Felipe Leitão (DEM) comunga, em parte, com os argumentos da sua colega Cida Ramos (PSB), quando expõe que a CPI do Feminicídio vai além de convicções políticas e partidárias, e que o tema vai unir oposição e situação em defesa da mulher.

Ele cita o artigo 5º da Constituição Federal, que discorre: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.

Leitão também observa com certa restrição a posse de arma, por entender que se trata de um ponto muito polêmico e que deve ser discutido à exaustão em qualquer esfera dos poderes constituídos. Para ele, tolher o cidadão de bem, legalmente capaz de ter em sua residência uma arma de fogo, é algo delicado.

“Por outro lado, é evidente que uma arma de fogo, sendo portada por alguém que não tem capacidade psicológica e técnica para manuseá-la, foge completamente de qualquer discussão. Essa pessoa não pode ter algo desse tipo em suas mãos. É preciso ir à exaustão nesta discussão em todas as esferas de poder”, analisou.

Continue Lendo