Nos acompanhe

Paraíba

Cabedelo: Construtor divulga carta ao povo contando detalhes de golpe sofrido através de Vitor Hugo

Publicado

em

O construtor Fellipe Onofre, da Construtora Boa Nova, responsável pela construção de quatro praças inauguradas pelo prefeito interino de Cabedelo, Vitor Hugo (PSB), resolveu expor o gestor após um acordo que não foi cumprido.

Em uma carta aberta ao povo, Onofre conta detalhes do golpe que sofreu, além de outras acusações. Confira:

 

CARTA AO POVO DA CIDADE DE CABEDELO

Meu nome é Fellipe Cavalcanti Onofre , sou sócio proprietário da Construtora e Incorporadora Boa Nova . 
Diante de tanta repercussão resolvi publicar esse texto de forma resumida a fim de esclarecimento sobre o contrato Boa Nova X Prefeitura de Cabedelo .

O contrato celebrado é basicamente uma permuta onde à Construtora após cumprir a construção de 04 praças recebe uma área da prefeitura para execução de um empreendimento de Flats e Lojas ( compromisso de investir para gerar renda e empregos ) num prazo máximo de 6 anos, ou seja , nosso compromisso além das praças é a execução desse empreendimento e temos um prazo para isso, caso contrário perdemos o terreno .

A motivação do contrato é o fato da área vizinha já pertencer a construtora e ter sido adquirida 2 anos antes o que nos fez buscar a parceria público privada para aumentar o empreendimento.

Ocorre que no decorrer do ano de 2018 e após a operação Xeque-mate quem assumiu foi o vereador , hoje prefeito interino Vítor Hugo Castelliano . Logo que assumiu , e sabendo que a Boa Nova não era citada nas investigações ele pediu para que continuássemos com o contrato e assim o fizemos como é do conhecimento de todos as praças foram muito bem executadas e dentro do prazo contratual. 
Ele recebeu cada uma delas dando como válido o contrato, que não existe motivos para ser cancelado . 
Após receber cada uma das praças e fazer de conta que tinham sido planejadas e feitas por ele , que não foram pois todo o processo foi feito pelo governo anterior, ele começou a dificultar a contrapartida da prefeitura ( assinatura da escritura ) , criou-se um jogo em que ele colocava a mulher dele Daniella Ronconi para atuar em seu lugar criando todo tipo de dificuldade possível, inclusive falando que éramos citados na xeque-mate sem ser , nós apresentamos as certidões negativas do Ministério Público comprovando isso . 
Ocorre que minha Construtora fez e faz tudo de forma muito séria e o que cobramos deles foi o cumprimento total do contrato e assim nosso problema pessoal começou. 
Daniella Ronconi apesar de ter sido afastada pelo Ministério Público continua mandando e agindo como Procuradora do Município de Cabedelo desrespeitando a decisão, propagando a Deus e o mundo que tem muita penetração e circulação no Ministério Público e na Polícia Federal , chegou a me ameaçar dizendo que o pessoal da investigação a confidenciou que eu seria citado , o que é mais uma mentira dela, ela não tem influência em nada ,tudo dela é só blefar e achar que todo mundo cai nas suas mentiras e que todo mundo é burro.

Recentemente , após o problema virar o que virou , ele ( Vítor Hugo) mandou de forma unilateral um projeto para câmara anulando a Lei que tratava do contrato Boa Nova x Prefeitura de Cabedelo querendo antecipar uma decisão que só cabe à justiça pois entramos com uma ação de adjudicação compulsória para obrigá-lo a assinar . 
Então eu pergunto, para que esse desespero ???? Eles querem antecipar um decisão judicial ???? Sei que a justiça resolverá . Será que eles já se consideram capazes até de atropelar uma ação judicial ??? 
Depois ele divulgou uma avaliação da área que foi encomendada por ELES e não respeita aspectos como a contrapartida e a condição de 6 anos para execução da obra de um tipo específico de empreendimento que vá beneficiar o bairro e o município. 
Assim sendo resolvi expor alguns fatos sobre Vítor Hugo e sua esposa :

Vítor Hugo votou para aprovação da Lei quando era vereador , a mesma lei que ele agora pede para cancelar depois de ter recebido as praças . 
Vítor Hugo esteve junto com Daniella Ronconi não só nas inaugurações de cada praça no ano de 2018 como prefeito , eles estiveram também numa reunião com os moradores e pessoas da vizinhança num condomínio em frente à praça ( João Pereira de Lacerda que foi construída pela Boa Nova ) para explicação do projeto e do contrato para população e a obra que seria celebrada ali .

Vítor Hugo e Daniella Ronconi passaram todo o ano de 2018 recebendo as praças , porque somente em 2019 ele manda fazer uma nova avaliação da área depois de receber tudo ??? Não é estranho ????

Porque somente agora ele manda cancelar a Lei que tratava do contrato ???

Eu vou dizer porque, isso acontece porque Vítor Hugo e sua esposa( Daniella Ronconi ) que é quem manda , são pessoas que não merecem a confiança de ninguém , não tem palavra ( tenho vídeo dele me elogiando na entrega das praças ) , sem caráter nenhum , capazes de se utilizar de qualquer meio possível para satisfazer uma condição pessoal e também quando a condição pessoal não é satisfeita , capazes de tudo para estar onde por um acaso do destino estão e nunca mereceram estar.
Ela usa de mentiras e de todas as formas possíveis e covardes, e eu não sei o que ela sabe dele , mas manda nele e ele obedece rapidinho.

Ontem eles propagaram uma ameaça de morte ( duvidosa ) nas redes sociais e tiveram o atrevimento de marcar minha esposa perguntando se isso tinha partido de nós , querendo tirar de foco o que estou tornando público ( o mal caráter e falta de palavra deles e como eles conduzem a coisa pública) , acontece que eu e minha esposa somos pessoas de bem e não mancharíamos nossas vidas e nossa família com gente da laia deles dois , seja pelo que fosse , então Daniella correu para apagar a publicação do Facebook mostrando que ela não mede o mal que faz as outras pessoas. 
Vítor Hugo e Daniella Ronconi a máscara de vocês vai cair , vocês não conseguem enganar a todo mundo toda hora. 
Vítor Hugo você é a personificação do termo FAKE NEWS você não fez nada por Cabedelo a não ser bater foto nas obras dos outros e falar que eram suas para tentar enganar o povo .

Nossa empresa vai continuar buscando o que é certo na justiça e confiando na justiça da terra e na justiça Divina .

Fellipe Cavalcanti Onofre.

Continue Lendo

Paraíba

Felipe Leitão diz que não foi notificado sobre nova ação de perda de mandato movida por Janduhy

Publicado

em

O deputado estadual, Felipe Leitão (DEM), esclarece que não foi notificado sobre nova ação de perda de mandato movida pelo ex-deputado Janduhy Carneiro, noticiada nesta terça-feira (25) pela imprensa.

A primeira ação por infidelidade partidária, movida pelo diretório Nacional do Patriota, foi solicitado desistência por parte da sigla e do próprio Presidente Estadual na Paraíba,  deputado Walber Virgulino, já que a mesma não apresentava fundamento jurídico.

O parlamentar ainda considera essa nova ação ‘natimorta’ já que o prazo para contestação de desfiliação encerrou-se. Ainda segundo Felipe Leitão, a expectativa é de que o TRE com seus magistrados competentes, arquive essa ação.

Continue Lendo

Paraíba

Cartaxo atende pleito dos moradores dos Bancários e entrega praça com novo padrão de qualidade

Publicado

em

Os moradores do bairro dos Bancários, na Zona Sul da Capital, fizeram uma grande festa para receber a Praça Capitão Ulysses da Silva Costa, entregue pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na noite desta terça-feira (25). O equipamento – o sétimo de um pacote de 14 praças que a atual gestão está entregando à população pessoense, contou com investimento de mais de R$ 343 mil, oferecendo mais uma opção de lazer, ampla área de convivência e estrutura para a prática de atividades físicas.

No evento, o prefeito Luciano Cartaxo destacou a importância dos investimentos da Prefeitura na criação e recuperação de espaços públicos, com o objetivo de fazer a cidade voltar a ser ocupada pelos seus moradores, proporcionando mais qualidade de vida, bem-estar e convívio social.

“Estamos levando em consideração a qualidade de vida das pessoas. A gente tem aqui as crianças, os jovens, o pessoal da terceira idade, famílias inteiras usufruindo desta bela praça. É um momento muito especial, porque essa demanda foi aguardada durante muito tempo pelos moradores, ou seja, é uma política pública pensada no bem-estar das pessoas”, destacou.

Contando com Academia da Terceira Idade, playground, área verde, calçadas acessíveis, a Praça Capitão Ulysses da Silva Costa atende não só o lazer, mas o conceito de meio ambiente, como destaca Zennedy Bezerra, secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

“É uma nova visão, importante para integração da comunidade, para a qualidade do meio ambiente, com área verde, espaços de convivência, que vem mudando pra melhor a qualidade de vida das pessoas”, afirmou.

Entre os moradores o sentimento era de gratidão, da Prefeitura de João Pessoa transformar um local subutilizado em um belíssimo equipamento em benefício da população. “Aqui era uma lagoa, que enchia de muriçoca”, relatou a dona de casa Maria do Carmo, representando os moradores durante a cerimônia de entrega da praça. “Ficou belíssima, um presente para os Bancários”, concluiu.

Continue Lendo

Paraíba

Calvário: Cruz Vermelha não tem qualificação para atuar como Organização Social

Publicado

em

A Organização Social Cruz Vermelha, com sede no Rio Grande do Sul, responsável pela gestão do Hospital de Emergência e Traumas de João Pessoa no ano de 2013, e que teve as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado, não tem qualificação para funcionar como Organização Social. Ela possuía título de Utilidade Pública Federal, mesmo assim teve seu registro cancelado.

A informação foi prestada ao Tribunal por meio de ofício oriundo do Ministério da Justiça e levada ao conhecimento da Corte na última sessão plenária, pelo conselheiro Nominando Diniz Filho, relator de vários processos de organizações sociais que recebem recursos na Paraíba. O conselheiro lembrou que fez o encaminhamento do relatório e da decisão do TCEPB – resultado da sessão que julgou irregulares as despesas pagas pela Cruz Vermelha, a órgãos e instituições de controle do país.

No Acórdão a Corte de Contas ainda encaminhou notificação ao governador do Estado, João Azevêdo, recomendando a desqualificação da Cruz Vermelha, contratada como Organização Social pela Secretaria de Saúde. O TCE apontou prejuízos, quarteirização e ilícitos na ordem de R$ 8,9 milhões, valores referentes a inúmeras irregularidades levantadas nos contratos firmados pela Cruz Vermelha com empresas locais e de outras regiões do País.

No documento encaminhado ao Tribunal, o Ministério da Justiça – que hoje tem à frente da pasta o ex-juiz Sérgio Moro, colocou-se à disposição para outros esclarecimentos e providencias. Durante a sessão, o conselheiro ainda indagou a respeito de outras questões envolvendo as organizações sociais que atuam na Paraíba, referindo-se, inclusive, aos TACs – Termos de Ajustamento de Conduta, que têm sido firmados pelo Ministério Público junto às organizações sociais. “É importante saber se esses ajustamentos estão sendo cumpridos e se as decisões do Tribunal estão sendo cumpridas”, frisou ele.

Na ocasião, o conselheiro André Carlo Torres Pontes, que é relator das contas do Governo do Estado, exercício de 2019, informou que este ano, dentro do processo de acompanhamento da gestão, já foram emitidos seis alertas, sendo três a respeito das organizações sociais. Para a Secretaria de Saúde foram sete.

Continue Lendo