Nos acompanhe

Paraíba

Camila cobra informações ao Governo do Estado sobre reforma em estádios

Publicado

em

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) voltou solicitar informações e a cobrar ao Governo do Estado a conclusão das obras de reforma dos estádios ‘O Almeidão’, em João Pessoa, e o ‘O Amigão’, em Campina Grande. Neste fim de semana, no estádio da capital paraibana, um pedaço de concreto de cerca de 80 centímetros se soltou e atingiu um torcedor. A tucana afirma que vai reiterar o pedido de informações e destaca que espera que o atual governador João Azevedo (PSB) tenha mais respeito ao Poder Legislativa, ao esporte e ao povo da Paraíba.

“O Governo do Estado está brincando com vidas e isso é muito grave. Até que ponto esse início de reforma dos estádios é seguro? Estamos vendo que os mais de R$ 45 milhões investidos não foram compatíveis com o que foi executado. A Paraíba precisa saber sobre os investimentos e o que realmente foi feito nessa obra tão propagada pelo governo e pelos governistas. Poderíamos ter pedido uma vida durante os jogos do final de semana e isso é muito grave”, afirmou a deputada.

As reformas dos estádios foram anunciadas pelo então governador Ricardo Coutinho (PSB) em 2013, com um investimento de mais de R$ 45 milhões, e até agora não foram concluídas, mas mesmo assim foi realizada inauguração. “Tudo não passou de uma grande maquiagem. Na maquete aparece tudo perfeito, obra de primeiro mundo, mas a realidade é triste”, disse a parlamentar.

De acordo com material divulgado pela Secretaria de Comunicação do Estado, a época do anúncio das reformas, o investimento anunciado para o estádio ‘O Amigão’ passava de R$ 17 milhões, sendo R$14.450.081,42 para reforma interna e urbanização da área do entorno do estádio e mais R$ 3,1 milhões para urbanização das ruas de acesso ao equipamento esportivo. Já para o ‘Almeidão’, o investimento teria sido de R$ 28 milhões.

Continue Lendo

Paraíba

Operação Calvário: Alegando questões de foro íntimo, Solon Benevides deixa defesa de Livânia Farias

Publicado

em

EXCLUSIVO: Alegando questões de foro íntimo, o advogado Solon Benevides acaba de se afastar da defesa da ex-secretária de estado, Livânia Farias, alvo da Operação Calvário, do Ministério Público Estadual. Solon esteve na tarde de hoje (22) na 6º Companhia de Polícia Militar, em Cabedelo, onde oficializou à cliente o afastamento do caso.

Na manhã desta segunda-feira (22), setores da imprensa, entre eles o RádioBlog, noticiaram o início do processo de delação premiada de Livânia Farias.

Fontes ligadas ao RádioBlog informam que em depoimento ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), a ex-secretária Livânia Farias teria entregue esquema envolvendo ao menos duas parlamentares estaduais. Livânia Farias se encontra presa no destacamento policial em Cabedelo, desde 16 de março.

Leia também:

Estranho! Presidente da Cruz Vermelha foi chefe de gabinete da deputada Estela Bezerra

Sala alugada por Cida Ramos está entre endereços investigados

Das parlamentes que teriam sido entregues por Livânia ao Gaeco, uma há vários dias já não comparece às sessões na Assembleia Legislativa, tendo a ausência sido notada e comentada nos corredores da Casa. Outra, não deixou plenário, mas faz ameaças de processo contra quem ousar associar seu nome à operação que revelou o maior esquema de corrupção já visto no Estado da Paraíba.

Ainda segundo informações da fonte, o “Big Boss” do esquema criminoso na Paraíba também teria sido entregue pela ex-aliada. “O sonho de gestor municipal poderá ser permutado por líder de cela”, disse a fonte.

Presa há quase 40 dias, Livânia Farias teria iniciado o processo de colaboração com as investigações e pode ganhar liberdade monitorada nos próximos dias.

 

Continue Lendo

Paraíba

Operação Calvário: Ao GAECO, Livânia Farias teria entregue esquema envolvendo duas parlamentares

Publicado

em

Fontes ligadas ao RádioBlog informam que em depoimento ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), a ex-secretária Livânia Farias teria entregue esquema envolvendo ao menos duas parlamentares estaduais. Livânia Farias se encontra presa no destacamento policial em Cabedelo, desde 16 de março.

Leia também:

Estranho! Presidente da Cruz Vermelha foi chefe de gabinete da deputada Estela Bezerra

Sala alugada por Cida Ramos está entre endereços investigados

Das parlamentes que teriam sido entregues por Livânia ao Gaeco, uma há vários dias já não comparece às sessões na Assembleia Legislativa, tendo a ausência sido notada e comentada nos corredores da Casa. Outra, não deixou plenário, mas faz ameaças de processo contra quem ousar associar seu nome à operação que revelou o maior esquema de corrupção já visto no Estado da Paraíba.

Ainda segundo informações da fonte, o “Big Boss” do esquema criminoso na Paraíba também teria sido entregue pela ex-aliada. “O sonho de gestor municipal poderá ser permutado por líder de cela”, disse a fonte.

Presa há quase 40 dias, Livânia Farias teria iniciado o processo de colaboração com as investigações e pode ganhar liberdade monitorada nos próximos dias.

Continue Lendo

Paraíba

Calvário: “É muito bom ver nossa justiça funcionando, mostra que ninguém está acima da lei”

Publicado

em

Procurada pelo RádioBlog para comentar os desdobramentos da Operação Calvário e a prisão da ex-secretária Livânia Farias, que na última semana completou 30 dias atrás das grades, a deputada estadual Camila Toscano (PSBD) disse que “é muito bom ver a nossa justiça funcionando, o que mostra que ninguém está acima da lei, que ninguém é melhor do que ninguém”.

Segundo a deputada, a lei está sendo cumprida. “Aqui na Assembleia nós continuamos o trabalho, a oposição e a situação trabalhando em prol da Paraíba, mas é inevitável que um, ou outro, toque nessa questão da Calvário”, disse. “Não estou aqui comemorando a prisão de ninguém, mas estou comemorando a justiça funcionando”, completou.

Camila Toscano disse ainda esperar que a Operação Calvário continue e que possa desvendar todo o esquema de corrupção montado na Paraíba.

Confira o áudio:

Continue Lendo