Nos acompanhe

Negócios

Prefeitura inaugura Casa do Empreendedor e promove agilidade no tempo para registro de empresas

Publicado

em

O Villa Sanhuá recebe, a partir desta quarta-feira (5), a Casa do Empreendedor. A solenidade de inauguração acontece a partir das 9h e contará com a presença do prefeito da Capital, Luciano Cartaxo. A Casa do Empreendedor será um espaço projetado para facilitar a vida de quem vai abrir ou legalizar sua empresa. O local irá concentrar os serviços de todos os órgãos vinculados ao registro e legalização empresarial no município de João Pessoa. O objetivo é facilitar a abertura de empresas e melhoria de negócios para incrementar o ambiente de desenvolvimento na Capital paraibana.

Todos esses serviços estarão integrados e disponíveis para o registro e legalização de empresas.  Com a Casa do Empreendedor, o governo municipal tem como objetivo reduzir para cinco dias o tempo médio para os interessados em abrir um empreendimento de baixo risco. A implantação desse equipamento transformará o ambiente de negócios no município de João Pessoa e mudará a relação empresarial e seu rito de legalização, refletindo diretamente no fomento da economia da Capital.

Idealizado pelo prefeito Luciano Cartaxo, o projeto tem o objetivo de reunir em um único espaço todos os serviços necessários para a realização de abertura, licenciamento, modificação e baixa de empresas, além de esclarecer dúvidas sobre as questões de registro e licenciamento empresarial. As secretarias da Receita, Planejamento, Meio Ambiente e Vigilância Sanitária estarão nesse ambiente de gestão integrada.

Para o prefeito Luciano Cartaxo, a Casa do Empreendendor promove um modelo de gestão que torna a Capital Paraibana ativa no enfrentamento à crise. “Neste momento em que o Brasil vivencia um alto índice de desemprego, nós estamos aqui oferecendo ambiente seguro para as empresas, o que repercute diretamente na geração de emprego e renda”, disse.

O coordenador da Casa do Empreendedor, Brunno Sintônio, explica que o objetivo do local é fortalecer e desburocratizar o ambiente de negócios da capital paraibana. “Estamos mais uma vez inovando. Neste modelo, reunimos todos estas secretarias em um único ambiente”, explica.

Continue Lendo

Negócios

Bloco Vumbora: Confira todas as informações do maior e mais esperado bloco do Folia de Rua 2019

Publicado

em

No dia 22 de fevereiro, João Pessoa será contagiada por toda energia e carisma de Bell Marques – que será o maior e mais esperado bloco do Folia de Rua 2019. Retornando a trio elétrico na cidade após 15 anos, o cantor comanda o Bloco Vumbora, uma realização da Colônia Produções e MULT Promoções, com o patrocínio da Rede Nord de Hotéis. O cantor gravou um vídeo, lembrando que o público de João Pessoa é um palco importante para ele.

Público e percurso: Com público esperado de 4.500 pessoas, o ponto de encontro será o Posto 99 na Av. Epitácio Pessoa, a partir das 18h, e sairá às 21h até o Busto de Tamandaré, em Tambaú, com um trajeto de 2,5 KM em cerca de três horas de muita festa.

Segurança: O Vumbora contará com mais de mil profissionais de segurança privada, entre eles estão cordeiros, apoio e bombeiros civis, além de duas ambulâncias, uma acompanhando todo o bloco e permanecendo de prontidão para eventuais emergências. Utilizando o reforço de equipamentos de alta tecnologia, dois drones e dez câmeras de alta definição irão monitorar toda a extensão do bloco. Como medida de precaução, será proibido o acesso ao bloco com garrafas, copos e outros utensílios de vidro. Contando com o apoio da Secretaria de Segurança, a 10ª Delegacia Distrital, localizada na Avenida Nego, no bairro de Tambaú, estará aberta na noite do evento para atender quaisquer ocorrências, com profissionais como agentes, escrivães e delegados em plantão para auxílio.

Abadás: A venda de abadás para o Vumbora já está em seu último lote. Os valores são: Abadá Meia – R$ 200,00 (à vista) Estudante, Professor e Idoso, Abadá Amigo Vumbora – R$ 210,00 (à vista) + seguir o perfil oficial do bloco no Instagram, @vumborajp + 2 KG de alimentos (entregues à organização no dia de recebimento do abadá). Compras em cartão apenas nas bandeiras Visa e Master, com parcelamento em até 3x no ponto de venda e em até 12x no site (conferir taxa de juros no ato da compra).  

Entregas: As entregas dos abadás e pulseiras serão realizadas exclusivamente em João Pessoa, na FPB – Faculdade Internacional da Paraíba, no bairro de Tambiá, durante os dias 20, 21 e 22 (quarta, quinta e sexta). É necessária a apresentação do ingresso para identificação. Para aqueles que virão de “bate e volta” já na sexta-feira, a organização disponibilizará um ponto de entrega na sede da Rede Nord de Hotéis, na Rua. Pref. José Leite, 106, em Miramar, à 100 metros da concentração do bloco.

Vendas: Os pontos de venda em João Pessoa são: Stand Lovina, localizado no Mag Shopping, Lojas AppShop (Mag Shopping, Manaíra Shopping, Mangabeira Shopping, Tambiá Shopping, Shopping Sul e Pátio Shopping Altiplano) e na Academia Korpus. Em Campina Grande, na Academia Korpus. Vendas online no site www.ingressonacional.com.br. O Instagram do bloco é @vumborajp. Para outras informações: (83) 99961-0607.

Continue Lendo

Negócios

Assentados comercializam alimentos orgânicos no Campus do IFPB em João Pessoa

Publicado

em

Todas as terças-feiras, há quase dois anos, moradores do bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, e professores e alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) podem comprar hortifrutigranjeiros agroecológicos diretamente dos produtores. A comercialização dos produtos é feita em seis banquinhas instaladas na entrada do prédio do Instituto por agricultores dos assentamentos Rainha dos Anjos, Padre Gino e Santa Helena, localizados no município de Sapé, e Dona Helena, em Cruz do Espírito Santo, na Região Metropolitana de João Pessoa.
Os assentados são ligados à Associação Agroecológica dos Agricultores e Agricultoras da Várzea Paraibana (Ecovárzea), entidade que congrega agricultores de sete municípios do Estado e que mantém outras feiras em João Pessoa, como a que é realizada às sextas-feiras, desde 2002, no Campus central da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

 

Renda certa
A maior parte da renda da família de Juliana Faustino, 26 anos, e de Everaldo Nunes, 39 anos, do Assentamento Santa Helena, em Sapé, a cerca de 55 quilômetros de João Pessoa, vem da venda de alimentos e plantas medicinais na feira do IFPB. Eles vendem cerca de R$ 400 a R$ 500 por semana em produtos como macaxeira, batata-doce, batata-cenoura, jabuticaba, mamão, maracujá, limão, ovos caipiras e folhas, cascas e raízes de plantas como sucupira, eucalipto, urtiga branca, jucá, mucuna, cajueiro roxo e jurubeba.
“Estou montando uma horta de ervas medicinais”, disse Everaldo Nunes, acrescentando que também costuma percorrer regiões de mata nativa em busca das plantas medicinais com que prepara “garrafadas” e óleos da medicina natural.
Quem quer fazer um lanche rápido no intervalo entre as aulas do IFPB encontra tapioca, bolos e sucos variados, e ainda um “pão de queijo” feito com macaxeira e queijo coalho, na barraca mantida por agricultoras do Assentamento Padre Gino, também localizado em Sapé.
Nas outras barracas, a variedade de produtos enche os olhos e as sacolas de compradores de todas as idades. Há mel de abelha, inhame, jerimum, couve, rabanete, cenoura, beterraba, alfaces de várias espécies, rúcula, pimentão, tomate, chicória, nabo, feijão-verde debulhado na hora, além de frutas como jaca, graviola, caju, abacaxi, abacate, pitanga, manga e coco-verde.

 

Qualidade atrai consumidores
A socióloga Amélia Guedes, 55 anos, moradora do bairro Jardim 13 de Maio, descobriu a feira do IFPB há cerca de um ano. Ela também é frequentadora da feira da UFPB e de outras feiras realizadas por assentados da reforma agrária em João Pessoa, onde costuma comprar macaxeira, inhame, hortaliças e frutas. “Gosto de me alimentar de forma saudável e a qualidade dos produtos comercializados nessas feiras é muito boa. Os alfaces e coentros, por exemplo, duram muito na geladeira”, afirmou Amélia.
Silvana Queiroga é arquiteta, professora do curso de Design de Interiores do IFPB e compradora assídua da feira agroecológica. “Procuro mais saúde e menos agrotóxicos. E comprando aqui na feirinha ainda podemos ajudar as comunidades a continuar produzindo alimentos saudáveis”, disse.

Saúde para a comunidade

A ideia de levar uma feira agroecológica para o IFPB surgiu a partir de um projeto voltado para a promoção da saúde dos alunos e professores que contou com a participação do nutricionista Paulo Roberto Santos, da Coordenação de Alimentação e Nutrição Escolar (Canutre) do Campus de João Pessoa, e com o apoio da Direção do instituto.
Após conhecerem o trabalho da Ecovárzea na feira promovida na UFPB, o nutricionista, o diretor-geral e o prefeito do Campus do IFPB em João Pessoa visitaram o Assentamento Padre Gino, em Sapé, onde percorreram as hortas e receberam informações sobre o processo de produção agroecológica realizado pelos assentados.
O projeto recebeu o slogan “Comida do Campo no Campus” e começou com a instalação de barracas no pátio do instituto. Para atrair consumidores de fora da comunidade acadêmica, as barracas foram realocadas para uma das entradas do Campus. “São alimentos de qualidade, produzidos sem agrotóxicos. Queremos que este trabalho dê certo e que continue oferecendo saúde para professores e alunos e para as comunidades vizinhas”, afirmou Paulo Roberto Santos.

Continue Lendo

Negócios

Diretor da Massai avalia cenário da construção civil e aposta em inovação e tecnologia para 2019

Publicado

em

O ano de 2018 foi marcado pela retomada do crescimento no setor da construção civil. Na avaliação de Allison Delmas, sócio diretor da Construtora Massai, uma das cem maiores do país, foi um ano importante para evolução e recuperação do mercado. “O setor tem evoluído e isso nos exige maiores e frequentes investimentos. Em 2018, entregamos o Palazzo Di Toscana, empreendimento projetado em alto estilo e reconhecido como referência em arquitetura arrojada e de qualidade, e lançamos o Neo Residence, edifício com um dos maiores sistemas de segurança e automação do país”, lembra Allison. “Estamos com as melhores expectativas para 2019. Será um ano de novos projetos”, adianta. A Massai está sempre em busca de inovar em cada detalhe para proporcionar conforto, segurança e bem-estar aos futuros moradores. Por isso, o ano 2019 já traz novidades em inovação, tecnologia e projetos inéditos.
Para Allison, 2019 dá sinais de que será promissor para todos os brasileiros. “A expectativa é positiva para que, a partir deste ano, a economia volte a gerar renda, empregos e, consequentemente, todos sejam beneficiados”, declara o empresário. Segundo ele, é um ano de retomada. “Estaremos desenvolvendo novos produtos, iniciando grandes obras e trazendo novos fornecedores e tecnologias, aprimorando e melhorando cada vez mais as obras e levando mais qualidade de vida aos nossos clientes”, adianta. “Será um ano para começar a colher frutos. João pessoa é uma das cidades melhores para se viver no Brasil. Então, estamos com tudo na mão, confiando e olhando para frente”, garante.
Antenada com as tendências mundiais de mercado, a construtora já inicia o ano com grandes obras. Dois empreendimentos que prometem movimentar o mercado já começaram a ser construídos. O NEO Residence, projeto futurista que imprime o que há de mais novo na construção civil, no Altiplano, e o Ba’ra Hotel – que significa mar, em tupi-guarani – e pretende não apenas  agregar, mas revolucionar o segmento hoteleiro da Capital, estão sendo construídos em parceria com o jogador paraibano Hulk. “Nós, que fazemos a Massai, estamos muito felizes em ter uma personalidade como Hulk como parceiro e se mostrando preocupado com o desenvolvimento da nossa cidade. Vejo ele como sendo um exemplo de empreendedor e agregando valor à nossa região. Esse é um momento de alegria”, disse o sócio-diretor da Massai, Allison Delmas Nunes. “É um momento especial para mim, que sempre tive um sonho de construir um hotel. Tive algumas propostas e estudei bastante até escolher a Massai. Para qualquer empreendimento, é preciso ter um sócio que se confie. Já temos outros negócios com a Massai e esperamos agora pensar grande e colocar nossos sonhos como objetivos”,  disse Hulk. Assinado pelo escritório internacional de arquitetura Plan B, localizado em Medelín, na Colômbia, o Ba’ra  terá 124 suítes e contará com um ambiente pautado na integração e na sustentabilidade.
Proposta inédita – O ano  começou também com a expectativa da entrega do MHS31, um projeto inédito, nunca visto antes na cidade, que difere em diversos aspectos singulares, com alguns elementos que o fazem único na cidade. Será o primeiro edifício residencial da capital paraibana com iluminação arquitetural ou luz cênica. Foi utilizado no projeto luminotécnico 24 caixas de ACM na cor laranja, que irão acender de forma contínua e homogênea, criando um referencial imponente para a edificação. Outro destaque do empreendimento é a sinalização, que será diferente dos prédios tradicionais, onde se vêem placas com o número do apartamento. Os pavimentos, as unidades habitacionais e as garagens são identificados de forma personalizada. Elas criam uma nova leitura, em um conceito que vem de grandes centros urbanos. Os apartamentos do MHS31 possuem de 47 a 52 metros quadrados e são flexíveis, podendo ser um grande espaço, estilo loft, ou ter características mais típicas com configuração com um ou dois quartos.
Sede compartilhada – Outra novidade da Massai para este ano é a tendência dos espaços compartilhados. “Sabemos que esta é uma tendência mundial. Por isso, decidimos ter uma sede ampla, equipada e atualizada em relação aos projetos e, desta forma, compartilhar o espaço com os principais parceiros”, conta Allison. “A partir disto, já sentimos melhorias na integração e comunicação com parceiros de auditoria, consultoria, administração de condomínios,  advocacia e agência de publicidade. Conseguimos criar um ecossistema muito positivo para a Massai e os parceiros envolvidos”, afirma o empresário.
Segundo Allison, a Massai está seguindo o planejamento estratégico de acordo com um cenário realista. “Avaliamos a necessidade de diversificar os nossos empreendimentos para alcançar outros nichos de mercado. Pensando nisso, tendo como referência o cenário que estamos vivenciando hoje, é necessário se transformar. Por isso, estamos investindo e alcançando a hotelaria, área de incorporações e administração de condomínio”, conta.
Governança corporativa – Uma mudança que demonstra amadurecimento da empresa é a governança corporativa implantada neste início do ano. “Ao longo dos anos, procuramos investir na capacitação dos colaboradores despertando neles o interesse para a melhor gestão e liderança. A partir de agora, estamos executando um processo de implementação de governança corporativa profissionalizada”, conta Allison. “É um processo onde os diretores passam a compor um conselho consultivo e uma oportunidade para que os gestores possam crescer a nível de ter uma liderança com visão”, detalha o empresário.
Segundo ele, é mais uma ação da empresa focada na sua visão, que é ter uma empresa com mais autonomia gerencial. “Acreditamos que esta mudança vai capacitar os colaboradores e prepará-los para um mercado competitivo. Além disso, estamos desenvolvendo fórmulas de participação no resultado por meritocracia. Tudo baseado no planejamento estratégico da empresa, que será atualizado até 2021”, garante.
Visita a Schuco – Recentemente, os sócios da Massai realizaram um benchmarking na fábrica da Schuco, na  Alemanha, para conhecerem inovações, novidades em produtos, processos e estruturas.  “Fomos a convite da Schuco e ficamos muito lisonjeados com a oportunidade. A empresa é muito renomada no mercado de esquadrias e trabalham com sistemas especiais focados no processo de isolamento acústico e térmico”, declara Allison. “A Massai foi a única empresa do Nordeste a participar da visita. Nós tivemos a oportunidade de conhecer os diversos sistemas da marca no Brasil e no mundo”, conta o empresário. Segundo ele, o ponto alto da visita foi conhecer o Centro de Tecnologia e os métodos de desenvolvimento, além de toda a tecnologia e inovação que imprimem em todos os produtos de qualidade”, afirma.
Além de conhecerem a fábrica da Schuco, os diretores da Massai estiveram na feira mais importante para o setor da Construção Civil na Europa, a BAU 2019. “Tivemos a oportunidade de conhecer muitas tecnologias para o mercado da construção civil. Foi excelente. Uma experiência única com muito networking. O nosso desejo é poder nos inspirarmos em tudo que vimos e proporcionar os futuros hospedes do Ba’ra toda a  tecnologia e conforto”, conta.
 
Certificação de qualidade – A Massai conta com empreendimentos de luxo e alto padrão em João Pessoa, Campina Grande e Mossoró (RN) e é reconhecida como sendo uma companhia ética, pontual e que essencialmente respeita o cliente e seus colaboradores.  Seu sistema de Gestão da Qualidade é certificado desde 2003 nas Normas PBQP-H nível A e ISO 9001:2015. “As duas normas tem sido extremamente importantes para a empresa. Trabalhamos com processo construtivo artesanal, para isso, é necessário seguir vários padrões. Esses sistemas colaboram muito com esses processos e trazem qualidade e durabilidade nos produtos. Além da redução de custo, cumprir as exigência trazem outros benefícios, como a  minimização de problemas e transtornos que poderiam surgir futuramente”, detalha Allison.
Sobre a Construtora Massai – Uma das cem maiores do País, a Construtora Massai, localizada em João Pessoa, é também uma das empresas mais respeitadas e admiradas no mercado da construção civil paraibano. Criada em 1996, conta com empreendimentos de luxo e alto padrão em João Pessoa, Campina Grande e Mossoró (RN)  Para conhecer melhor a Massai e suas atividades, o site é www.massai.com.br A Massai fica localizada na Avenida Monteiro da Franca, 1092 – Manaíra. Outras informações, pelo telefone 83 3506 6800.

Continue Lendo