Nos acompanhe

Paraíba

Cerca de 90% das penitenciárias da Paraíba apresentam superlotação

Publicado

em

O cenário penitenciário na Paraíba encontra-se em situação preocupante. De acordo com dados do Carcerem Data, do Ministério Público da Paraíba (MPPB), cerca de 90% das unidades prisionais do estado apresentam superlotação neste momento.

Conforme o levantamento, a população carcerária na Paraíba hoje é de quase 12.400 detentos. Na Penitenciária de Segurança Desembargador Flósculo da Nóbrega, por exemplo, mais conhecido como Presídio do Roger, estão 1.108 desses detentos, sendo que apenas 72 cumprem a própria sentença. Enquanto isso, o resto aguarda julgamento na Justiça, que é exatamente uma dos fatores que causa as superlotações, informa reportagem do portal T5.

Algo que poderia ajudar a reduzir esse quadro seriam os mutirões carcerários, quando defensores públicos se reúnem para analisar os casos da população carcerária e reduzir o número de presos. Porém, é algo que não acontece com tanta frequência.

“O último mutirão, salvo engano, foi feito ano passado. Então deveria pelo menos haver dois mutirões em cada presídio”, destaca Valéria Sitônio, presidente da Comissão de Segurança da Ordem dos Advogados do Brasil secção Paraíba (OAB-PB).

O quadro de apenados na Paraíba é bastante revelador. Dos quase 12.400 existentes atualmente, 4.796 deles estão em regime provisório, sendo que outros 5.492 cumprem regime fechado, 1.397 figuram no semiaberto e 650 no regime aberto.

O que diz a Seap-PB

O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, João Paulo Ferreira Barros, destaca que o problema da superlotação de unidades prisionais não é só em nosso estado, sendo observado no Brasil inteiro. Porém, diz que o Governo do Estado está se movimentando para melhorar esse panorama.

“Essa é uma realidade não só da Paraíba, mas do Brasil como um todo, e a Paraíba não poderia ser diferente. Em contrapartida, o Governo do Estado está adotando medidas para minimizar esse problema. Nós teremos uma entrega nos próximos dias de uma unidade penitenciária feminina na cidade de Patos, com 120 vagas novas, e também existe um projeto agora, já em andamento e bem avançado, da construção de uma unidade prisional no município de Gurinhém, que vai ter a capacidade de 600 apenados”, explica.

Continue Lendo

Paraíba

Santa Rita: Lucélio diz que abraço da população mostra força e crescimento

Publicado

em

Durante o Festival Paraibano de Quadrilhas Juninas, em Santa Rita, o pré-candidato ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo (PV), disse que “o abraço da população em todas as regiões mostra a força e o crescimento da pré-campanha”. Na ocasião, ele destacou o que tem sentido ao conversar com milhares de paraibanos do Litoral ao Sertão.

“É uma pré-campanha que tem o diálogo como prioridade. As pessoas têm sentido essa confiança, porque sabem que representamos um projeto novo, que vem dando certo e que pode chegar aos demais municípios. É por isso que essa força e esse sentimento crescem a cada dia, sempre nesse contato direto com a população”, disse Lucélio.

No evento, Lucélio Cartaxo foi recebido pelo prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), pela primeira-dama, Dra. Jane, junto com o presidente Estadual do PSDB, Ruy Carneiro, e outras lideranças da região.

Continue Lendo

Paraíba

Fábio Carneiro é o novo secretário de Gestão de Articulação Política da PMJP

Publicado

em

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou nesta sexta-feira (22) mais um reforço no secretariado. Trata-se do advogado e administrador de empresas Fábio Carneiro, que assume a secretaria de Gestão Governamental e Articulação Política (Segap). A posse será na próxima segunda-feira (25).

Continue Lendo

Paraíba

“Com Lucélio, teremos um Governo integrado à Campina Grande”, diz Micheline

Publicado

em

Às vésperas da festa de São João, a pré-candidata à vice-governadora, Micheline Rodrigues (PSDB), falou da importância de uma gestão estadual que trabalhe em parceria com os municípios, prática distante até das grandes cidades do Estado, como Campina Grande, que mesmo atraindo mais de 2,5 milhões de turistas e movimentando cerca de R$ 200 milhões nesta época do ano, não recebeu incentivos do Governo para realização do Maior São João do Mundo.

“Com Lucélio, teremos uma gestão integrada à Campina Grande e aos demais municípios. A Paraíba não tem mais espaço para essa política que não dialoga, que não senta com os prefeitos para entender as necessidades e propor resultados para a população. Nós planejamos um novo futuro, onde Campina Grande e João Pessoa possam trabalhar lado a lado com o Governo, trazendo esperança e desenvolvimento para a população”.

O pré-candidato ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo (PV), destacou a importância dessas parcerias para se alcançar resultados edificantes. “É inadmissível que um governante não enxergue no São João de Campina seu potencial econômico e cultural. As prefeituras têm investido no desenvolvimento das cidades, mas está faltando uma gestão estadual que tome para si suas responsabilidades e crie ações estruturantes para melhorar a qualidade de vida da população”, disse.

Continue Lendo