Nos acompanhe

Paraíba

Nome de Aguinaldo ganha força e paraibano pode reassumir Ministério das Cidades

Publicado

em

Dono da quarta maior bancada da Câmara, com 45 deputados, o PP intensificou nesta segunda-feira, 13, a pressão para indicar o substituto de Bruno Araújo (PSDB-PE) no Ministério das Cidades e ampliar o espaço do partido no governo Michel Temer. Integrantes da cúpula da legenda querem emplacar o atual presidente da Caixa, Gilberto Occhi, mas interlocutores de Temer no Palácio do Planalto defendem o nome do líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), informa reportagem de Igor Gadelha e Vera Rosa, do Estadão.

O PP não abre mão de manter o comando da Caixa e dos Ministérios da Agricultura e Saúde. Caso Occhi vá para Cidades, o partido quer indicar o substituto no banco. Se o Planalto não aceitar, outro nome técnico para a pasta é o do economista Carlos Vieira. Paraibano, ele já foi secretário executivo das Cidades e da Integração Nacional.

Occhi já foi ministro das Cidades durante o segundo mandato da presidente cassada Dilma Rousseff (PT). Ele ficou no cargo entre março de 2014 e abril de 2016, véspera da votação do impeachment da petista na Câmara. De perfil técnico, ele é homem de confiança do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), e sua indicação agradaria à bancada no Congresso. Como não pretende disputar as eleições de 2018, ele não precisaria deixar o ministério no início de abril. “Estou em um projeto de fortalecer a Caixa, mas sou soldado”, afirmou Occhi ao Estadão/Broadcast.

Integrante do Centrão, grupo do qual também fazem parte PR, PTB e PSD, o PP encabeça pressão para que Temer faça o mais rápido possível uma reforma ministerial para diminuir o espaço do PSDB no governo.

Influência. No Planalto, auxiliares de Temer dizem que o nome mais forte para substituir Araújo seria o de Aguinaldo. O argumento é de que o deputado tem influência maior sobre a bancada, o que ajudaria na busca de votos para aprovar a reforma da Previdência. O parlamentar, que passou a segunda-feira na Paraíba, já teria sido, até mesmo, sondado pelo governo.

A interlocutores, porém, Aguinaldo disse não ter interesse de ir para Cidades agora, já que teria de deixar o ministério em abril para disputar eleição.

A saída de Araújo acelerou o início da reforma ministerial em busca de apoio para a reforma da Previdência na Câmara. Além do Centrão, o próprio PMDB, partido do presidente, cobra que Temer diminua o tamanho do PSDB. Até esta segunda-feira, 13, a sigla comandava quatro ministérios – Relações Exteriores, Secretaria de Governo e Direitos Humanos, além de Cidades.

Articulação. A bancada do PMDB na Câmara já avisou a Temer que quer o comando da Secretaria de Governo, pasta responsável pela articulação política com o Congresso.

Peemedebistas nunca aceitaram o fato de Temer ter nomeado um tucano para o cargo, no caso, o deputado licenciado Antonio Imbassahy (PSDB-BA). Segundo um influente parlamentar do PMDB, a bancada quer indicar alguém que não vá concorrer a eleição de 2018, para que fique no cargo até o fim do próximo ano.

Continue Lendo

Paraíba

Santa Rita: Lucélio diz que abraço da população mostra força e crescimento

Publicado

em

Durante o Festival Paraibano de Quadrilhas Juninas, em Santa Rita, o pré-candidato ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo (PV), disse que “o abraço da população em todas as regiões mostra a força e o crescimento da pré-campanha”. Na ocasião, ele destacou o que tem sentido ao conversar com milhares de paraibanos do Litoral ao Sertão.

“É uma pré-campanha que tem o diálogo como prioridade. As pessoas têm sentido essa confiança, porque sabem que representamos um projeto novo, que vem dando certo e que pode chegar aos demais municípios. É por isso que essa força e esse sentimento crescem a cada dia, sempre nesse contato direto com a população”, disse Lucélio.

No evento, Lucélio Cartaxo foi recebido pelo prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), pela primeira-dama, Dra. Jane, junto com o presidente Estadual do PSDB, Ruy Carneiro, e outras lideranças da região.

Continue Lendo

Paraíba

Fábio Carneiro é o novo secretário de Gestão de Articulação Política da PMJP

Publicado

em

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou nesta sexta-feira (22) mais um reforço no secretariado. Trata-se do advogado e administrador de empresas Fábio Carneiro, que assume a secretaria de Gestão Governamental e Articulação Política (Segap). A posse será na próxima segunda-feira (25).

Continue Lendo

Paraíba

“Com Lucélio, teremos um Governo integrado à Campina Grande”, diz Micheline

Publicado

em

Às vésperas da festa de São João, a pré-candidata à vice-governadora, Micheline Rodrigues (PSDB), falou da importância de uma gestão estadual que trabalhe em parceria com os municípios, prática distante até das grandes cidades do Estado, como Campina Grande, que mesmo atraindo mais de 2,5 milhões de turistas e movimentando cerca de R$ 200 milhões nesta época do ano, não recebeu incentivos do Governo para realização do Maior São João do Mundo.

“Com Lucélio, teremos uma gestão integrada à Campina Grande e aos demais municípios. A Paraíba não tem mais espaço para essa política que não dialoga, que não senta com os prefeitos para entender as necessidades e propor resultados para a população. Nós planejamos um novo futuro, onde Campina Grande e João Pessoa possam trabalhar lado a lado com o Governo, trazendo esperança e desenvolvimento para a população”.

O pré-candidato ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo (PV), destacou a importância dessas parcerias para se alcançar resultados edificantes. “É inadmissível que um governante não enxergue no São João de Campina seu potencial econômico e cultural. As prefeituras têm investido no desenvolvimento das cidades, mas está faltando uma gestão estadual que tome para si suas responsabilidades e crie ações estruturantes para melhorar a qualidade de vida da população”, disse.

Continue Lendo